O segredo está nos detalhes

amante-imagens-corset-06.jpg

Via Amante das Imagens

Estava lendo mais um pouquinho da obra de Clarice Lispector quando me deparei com o seguinte texto, publicado em 14 de outubro de 1960 (Diário da Noite):

Descobrindo o próprio “sex-appeal”

“Às vezes basta  um “nada” – e a descoberta foi feita. Há mulheres que, acentuando um mínino de detalhe, o transformam em arma de sedução.

Lembre-se  não é necessário uma transformação radical, pelo contrário. A modificação é quase invisível: trata-se às vezes do comprimento adequado da cabeleira, de uma nuca bem “acabada”, de um “maquillage” mais sabido dos olhos, d eum desenho mais generoso dos lábios – tudo depende da matéria-prima que é você mesma.

Uma mulher que anda curvada talvez se transforme toda quando aprender a andar melhor. Uma mulher que se veste de um modo impessoal talvez com um mínimo de coragem seja mais individual. Do momento, aliás, em que você se convence de que você mesma é a sua própria matéria-prima, desse momento você já começou a ter um novo encanto…”

É sabia a frase que diz: Deus está nos detalhes. Seja na forma de agir, falar, andar são as pequenas atitudes que despertam o interesse para o outro e revela nele sua sensualidade, seu diferencial, seu ponto de conquista. Isso também vale para as atitudes femininas e sua forma de se apresentar. Muito mais do que beleza, o “sex-appeal”, o apelo sensual está nos detalhes: no acessório interessante que você escolheu, no corte de cabelo ou penteado novo, na cruzada de pernas, no jeito de andar, na voz suave e envolvente, em vários pequenos detalhes divinos. Sem deixar, é claro, de destacar a atitude e a segurança que a auto-estima bem dosada pode proporcionar a qualquer mulher. Ela potencializa seu poder de sedução.

E Clarice, como sempre à frente de seu tempo, surpreendendo-me com sua palavras certeiras e acompanhando-me em meus devaneios.

2 Respostas to “O segredo está nos detalhes”

  1. Concordo que nós lembramos sempre daquele detalhezinho que percebemos naquela mulher… Ela não tinha nada extraordinário, mas uma coisinha estranha que chamava a atenção… o olhar… a maquiagem… uma roupa diferente… aquele brincozinho original…

    A maioria dos homens e das mulheres são comuns… o mundo não é feito de modelos… Então quem se destaque, não pelo excesso, mas pela qualidade, sempre ganha.

    Um beijo,
    Matt.

  2. A mulher quando está se sentindo bem ela consegue fazer de uma simples produção, algo belo e notável.
    Me lembro de ter assistido o filme brasileiro, Avassaladoras, com Giovanna Antonelli. Em uma determinada situação do filme ela conhece um terapeuta que a faz mudar seu pensamento que ninguém a olha e ninguém a quer. Ela testa seu poder de sedução mostrando detalhes que nunca pensou em usar. Sa voz, seu sorriso, o balanço do seu cabelo, a alça de seu vestido. Todos olhavam para ela. O pensamento dela fez isso, a deixou bonita e sensual. Vale a pena testar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 90 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: