Você sabe viver bem?

nu-photo-ilya-handramai.jpg

Responder a essa pergunta é algo muito particular…

Não há fórmula certa para se viver bem, cada um sabe suas metas, seus limites e seus prazeres. Mas a revista Marie Claire desse mês trouxe esse tema para debate e convidou uma série de pessoas para responder a essa pergunta nos seguintes aspectos da vida:

  • Relação Qualidade de Vida versus Trabalho;
  • A harmonia na vida a dois;
  • Saúde e bem-estar.

Cada um sabe em que ponto da vida e que tipo de equilíbrio pode levar ao reconhecimento pessoal de que se vive bem. Para você viver bem significa saber compartilhar o trabalho com um relacionamento gostoso, estável? Ou conciliar sucesso profissional com uma boa saúde e beleza? Os três grandes pilares da discussão foram: vida profissional, vida a dois e saúde.

Nesse cenário, homens e mulheres passam a se preocupar em alcançar a qualidade de vida em diferentes aspectos da vida cotidiana.Os três pilares supracitados preocupam quase todos nós. Como encontrar o equilíbrio e satisfação nessas três áreas é a pergunta que não quer calar. Alguns depoimentos me chamaram atenção e resolvi citá-los aqui:

“As mulheres perseguem suas metas e parecem lidar melhor com as frustrações.” Rosi Campos, atriz.

No bar, eles contam piada, falam de futebol e realmente relaxam. Já as mulheres, quando se encontram, falam sobre problemas – de casa, do trabalo, no amor…” Mônica Waldvogel, jornalista

“Muitas já não querem a posição máxima dentro da empresa. Sabem que os postos de destaque vão exigir viagens, horas a mais de trabalho, muita dedicação. Esse é o conflito feminino de hoje.” Jorge Forbes, psicanalista

“A base de uma relação é a auto-estima, a maneira como cada pessoa se vê. Quando a auto-estima é baixa, a pessoa tende a ser passiva ou até agressiva.” Ana Maria Rossi, psicóloga

“Sou a favor das pequenas gentilezas no dia-a-dia de um casamento. É aí que a relação se renova. Estou falando de gestos de carinho, coisas banais como lembrar de comprar o peito de peru que ele gosta…Ninguém precisa pendurar faixa na rua para declarar seu amor.” Silvia Popovic, jornalista

“Um dia, me dei conta de que podia fazer escolhas. Gosto de praia, de andar descalço na areia. Hoje moro na praia: isso, para mim, é qualidade de vida.” Pedro Kupfer, iogue

Não tenha medo do medo. Observe o que ele faz com você, como muda seus batimentos cardíacos, sua respiração. Relaxe na dor. Lembre-se: ‘Tudo o que eu luto contra gruda em mim’. Monja Coen, zen-budista.

O segredo está no EQUILÍBRIO, como em vários posts aqui o Espartilho frisamos isso. Resta a cada saber qual é o seu ponto de equílibrio para viver com qualidade de vida. Ah, e uma boa dose de auto-estima, otimismo, esperança e prazer não faz mal nenhum nessa luta, pelo contrário, só ajuda.

Um beijo e até a próxima.

Anúncios

3 Respostas to “Você sabe viver bem?”

  1. Olá linda.

    Essa questão de se viver bem é bem complicada.
    às vezes, pode até parecer que vivemos bem, num plano meramente material, mas não quer dizer que estamos felizes… E outras vezes, não temos uma situação tão maravilhosa assim, porem temos uma grande satisfação…

    Acho que o problema de muitos e muitas é que para saber se vivem bem eles se comparam aos vizinhos… Muitas pessoas faltam definir o que é uma vida boa ou completa para ELAS e não com relação ao vizinho… Como dizem a grama do vizinho sempre parece mais verde…

    Pessoalmente, eu acho que vivo bem, e tenho tudo para ser feliz. E muitas vezes, estou.

    Um beijo,
    Matt.

  2. Olá.. nossa adorei vc ter aparecido no meu blog..
    caraca.. como é bom encontrar pessoas que tem os pensamentos parecidos com os nossos né?
    A vida mto nos ensina ….. mto aprendemos e acabamos deixando nosso lado mulher florescer…
    Adorei o “espartilho” idéia revolucionante..
    parabens ..

    Belas imagens
    bjus

  3. Ana Casanova Says:

    Olá Chris,
    Nos dias de hoje mais do que nunca esta questão se põe e é dificil de conciliar os vários factores.Difícil mas não impossível apesar da “ginástica” necessária já que nos tempos modernos se passa grande parte do dia no trabalho, fazendo uma alimentação deficiente,vindo extenuado para casa e com pouco tempo e paciência para relaxar e conviver com a familia.Mas faz-se um esforço e tentasse encontrar o ponto de equilibrio necessário para que tudo funcione.
    Aproveito para voltar a dizer que considero o teu blog com um extremo bom gosto e sempre com temas muito interessantes.
    Beijinhos querida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: