Felicidade demais faz mal. Será?

nu-photo-indman.jpg

 Photo By Indman

A revelação foi feita pelo doutor Edward Diener (o doutor Felicidade) que reviu recentemente sua tese sobre os efeitos da felicidade: “Ser feliz demais não é bom. O contentamento em excesso torna as pessoas menos capazes, menos saudáveis e menos atentas aos riscos”. Segundo o psicólogo, uma margem de insatisfação evita a letargia.

A indústria da felicidade cobra que sejamos felizes o tempo todo e isso acaba levando a um fenômeno comum hoje que é o consumo excessivo de antidepressivos, conforme revela a matéria O valor da tristeza, da Revista Época dessa semana.

O consumo de antidepressivos no Brasil saltou de 20,6 mi em 2005 para 24,4 mi em 2007. Apesar de serem um avanço extraordinário, a prescrição de antidepressivos requer uma avaliação longa e precisa e muitos diagnósticos estão cada vez mais superficiais, revela o psiquiatra Renato Del Sant, Diretor doHospital Dia, o Instituto de Psiquiatria do hospital das Clínicas de São Paulo.

Muitas pessoas querem que você seja mais e mais feliz. Cedo ou tarde atentamos para o fato de que a felicidade completa é irrealizável. E completa o escritor italiano Primo Levy, sobrevivente do holocausto: “Poucos atentam para a reflexão oposta: que a infelicidade completa também é irrealizável”. Outro ponto importante, só conseguimos a percepção de um sentimento em comparação com os outros estados de ânimo.

A importância dos obstáculos já foi defendida também por Nietzsche: O que não me mata me torna mais forte”. Muitas vezes ao passar por um trauma ou uma infelicidade, as pessoas passam a valorizar o que realmente importa. Há quem defenda que as fases de depressão levam a questionamentos que despertam a criatividade. A matéria ainda destaca nomes de personalidades que passaram pela fase depressiva: Ludwig Van Beethoven, Friedrich Nietzsche, Vincent Van Gogh, Edvard Munch, Alberto Santos Dumont, Fernando Pessoa, Clarice Lispector, Elis Regina, Janis Joplin, Wood Allen.

Particularmente acredito muito no pensamento positivo, mas também admito que o descontentamento com algo pode ser uma forma muito eficaz de se lutar para melhorar. Uma espécie de incentivo à mudança e aos novos desafios. Cabe a cada um de nós saber identificar essas oportunidades.

Cuidado para não se tornar refém da felicidade, da mesma forma como hoje as pessoas se tornaram reféns dos padrões de beleza. Todos nós deveríamos fazer terapia em algum momento da vida para tentar nos conhecermos melhor.

Anúncios

5 Respostas to “Felicidade demais faz mal. Será?”

  1. O conceito de felicidade ‘e relativo, o que ‘e bom pra mim pode nao ser pra outras pessoas. O sentimento de bem estar, de paz ‘e o que chamamos de felicidade. Esse, temos que buscar todos os dias nas nossas atitudes e humores.
    Ser feliz pode ser mais facil do que parece, depende de como encaramos os problemas que a vida nos prepara. Devemos nos concentrar mais nas coisas boas, admirar o que temos, agradecer as oportunidades.
    Pra ser feliz temos que querer, querer mudar, querer aprender!
    Estar vivo ‘e ter a oportunidade de ser feliz! Aproveite.

  2. Oi minha linda amiga saudades de tc com vc

    c tiver msn me add lah..

    quero mto falar com vc

    comcerteza poderá me ajudar com seu ssábios conselhos

    grazy.sjc@hotmail.com

    aqui tah tdo lindo como sempre seh??saudades

    bjibnhus}}

  3. Nossa! Que blog fofo!!! Amei! Vou passar aqui sempre!

    Beijocas

  4. Creio que tudo em excesso faz mal.
    Mas em relação a Felicidade tenho a seguinte opinião:
    Ela é como a tristeza, a sorte, a paixão e até mesmo o dinheiro, um dia se tem e no outro já não se tem mais….
    Muito “boa” essa pesquisa..

    beijos

  5. “A felicidade não está no fim da jornada e sim em cada caminho que percorremos para encontrá-la, por isso aproveite cada minuto,viva intensamente como se fosse o último momento mesmo que alguns Obstáculos interfiram,sejas fortes e saiba encará-los com bastante calma, você já é um grande vencedor pelo fato da sua existÊncia.Ame a todos e serás mais feliz ainda.”

    E muitas felicidades para todos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: