Será mesmo difícil encontrar um parceiro?

Photo by Marcus Ohlsson

Inspirada no bate-papo entre duas escritoras Lya Luft e Martha Medeiros (a revista Gloss errou e colocou Mendonça) resolvi escrever esse post. A conversa entre as duas versou sobre os homens que na concepção delas e na minha não são todos iguais, não só pensam naquilo, são legais, nem são todos infantis como costumavam nos convencer nossas avós rsrs.

Vejo várias mulheres reclamando que não encontram um parceiro legal, que os homens são uns cafajestes, que só pensam em futebol e sexo, que querem usar, que não são românticos, que não querem compromisso, etc… Ao mesmo tempo, tenho vários amigos que reclamam que não encontram uma parceira legal. Onde estão essas pessoas que não se conhecem, não se encontram, não enxergam uns nos outros o companheiro que tanto procuram?

Na verdade acho que é tudo uma questão de individualismo, egoísmo e um nível excessivo de exigência e intolerância. Para se relacionar é preciso ceder e amar. Nem sempre isso é aceito pelas pessoas. Muitos querem ter razão o tempo todo, querem apenas satisfazer seus próprios desejos e não ceder em nada…

Martha disse: “Às vezes eu penso que sou muito sortuda, porque os homens com quem convivo não são assim, não reconheço isso neles. São românticos, são amorosos, são parceiros. E mesmo que possam parecer rudes, me tratam como uma lady (risos)”.

Lya completa dizendo tudo: “E com homem que não é assim a gente não se relaciona! Acho que em grande parte dos relacionamentos a mulher tem aquela avidez de ter um cara do lado, parece que não está inteira sem esse aval(…)”

Para Martha, e eu concordo com ela, a felicidade é uma combinação de sorte com escolhas bem-feitas. Isso faz com que as escolhas dêem certo em todas as áreas. Mas a disposição interna de enxergar coisas boas acaba atraindo coisas positivas, completa.

Os relacionamentos em geral são difíceis, mas precisamos estar abertos a conhecer as pessoas, admirar, respeitar e aprender com elas. Ter razão em tudo só nos faz ficar sozinhos e a inflexibilidade também. Amar e estar ao lado de alguém é gostoso e apesar de requerer compreensão, dedicação, carinho e respeito, não inclui anulação.

Meninas, acordem, os homens são bons. Meninos, prestem atenção nas grandes mulheres que estão dando sopa por aí. Abram suas vidas para a oportunidade de se conhecerem e deixem de ser tão presos a crenças discriminatórias e egosístas.

Um beijo e até a próxima!

Anúncios

12 Respostas to “Será mesmo difícil encontrar um parceiro?”

  1. Patrícia Gomes Says:

    Opa, adoro as duas escritoras e gostei do tema, como já está tarde e eu caindo de sono pq madruguei hoje e vou fazer o mesmo amanhã, deixo pra ler com calma amanhã, ok??
    Xerinhos, Chris!

  2. Apoio e assino embaixo!

    Conheço muitos caras superlegais, gentis, educados, charmosos, etc. Caras que apóiam a namorada, que ficam ao seu lado e, como qualquer pessoa neste mundo, tem defeitos plenamente “convivíveis!”!

    E vejo muitas garotas são exigentes em excesso. Elas não apenas desejam ter ao lado um Homem, mas querem um Sr. Perfeitinho. Aquele tipiho que brota em contos de fada e romances água com açucar. Elas simplesmente não ficam felizes em encontrar caras reais, verdadeiros, de carne, ossos e defeitos! E o problema é que o Sr. perfeitinho certamente está buscando a Srta. Perfeitinha para casarem e viverem felizes para sempre…

    E nós não somos nem um pouco perfeitinhas, diga-se de passagem.

    Portanto vamos manter nossas cabeças nas nuvens e nossos pés plantadinhos no chão!

    E aprender que amar aquele homem maravilhoso que está ao nosso lado é muito melhor que sonhar com o amor de um principe encantado inexistente!

    Beijocas!

  3. Paula - Intimidades Says:

    adoro amar

    jokas

  4. Este é m assunto muito polêmico. Mais tenho uma opinião formada sobre o nosso comportamento “homens”.
    Muitos amigos meus reclamam que não conseguem achar uma parceira legal e que queira compromisso, levar adiante um relacionamento que faça inveja a todos.
    Eu digo a eles o seguinte. Frequente lugares diferentes onde tem ido atualmente. Tem uns caras que passa a vida frequentando os mesmos lugares e vendo as mesmas pessoas, mesmos grupos, mesmo barzinho, mesma boate, mesma balada… etc.
    Aconteceu comigo …estava ansioso por achar uma pessoa assim.. um dia sem querer em um aniversário em que eu nem ia porque estava muito cansado, encontrei a minha esposa, namoramos, casamos e somos muito felizes.

  5. Amei o tema do post Chris! Visão muito original na internet!
    E concordo!
    O cara que namoro não é romântico, mas em compensação é honesto,leal,carinhoso,preocupado e apaixonado por tudo o que faz!
    Existe coisa mais gratificante?
    Existem mesmo homens que não prestam, assim como existem mulheres que não prestam. Mas também têm lados bons das duas partes.
    O senso comum muitas vezes atrapalha nossas vidas, ele é o responsável por pré-conceitos que nem esses que no fim das contas nos deixa apenas dentro da solidão.

    Beijo!

  6. gabrielneves Says:

    Acho que existem alguns problemas, e boa parte deles foram citados aí. A intolerância: ninguém quer ceder. As idealizações destrutivas: cria-se a imagem de uma pessoa perfeita (mas ninguém é perfeito). A falta de clareza entre aquilo que se deseja e aquilo que se acaba procurando.

    E a falta de tempo e “disposição” para cultivar relacionamentos. Como a raposa disse para o Pequeno Príncipe: “as pessoas hoje não tem tempo para conhecer nada. Só se conhece bem aquilo que se cativa. Mas como as pessoas compram tudo em lojas, e como não se vende amizade em lojas, não se têm mais amizades”
    (ou algo assim)

    beijos!

  7. Vê Barros Says:

    Chris, respondi o meme… depois veja minhas respostas

    Bom final de semana!

    Bjos

  8. Lívia Abreu Says:

    Chris uma das coisas q eu mais gosto na blogsfera é essa rede q nos leva a conhecer um monte de pessoas. Adorei sua visitinha e mais ainda a possibilidade de conhecer o seu blog q eu me amarrei logo de cara.
    Espero q a visitinha se repita mais vezes, será sempre bem vinda.
    Bjocas

  9. Adorei o cantinho…vai para o roll de prediletos ok?!

    Beijos Doces

  10. Linda, tem tarefa pra vc lá no meu blog. passa lá pra ver o que precisa fazer

    não some, espero que goste

    bjocas

  11. Giselle Augusto Says:

    Eu sofro de uma solidão muita intensa, penso q tenho amigos, penso q posso confiar nas pessoas, penso q a sinceridade é geral. Nossa, como eu me engano. Nunca nenhum relacionamento deu certo, nem meu casamento deu certo. O q eu exijo? Amor, companheirismo, dedicação e atenção. Lógico q adoro romantismo, adoro beijos, adoro sexo, mas não encontrei ainda alguém com vontade de dividir essas coisas comigo. E o tempo está passando…

  12. Olá! Concordo totalmente contigo, pois enquanto eu era exigente e achava que só eu estava com a razão, os meus relacionamentos não davam certo, duravam semanas, meses apenas. Eu sempre pensava no que eu não queria em um homem, e dai o resultado era atrair aquilo que eu não queria, pois direcionava minha energia de forma errada. Assim passei a pensar no que eu gostaria que o meu companheiro tivesse, logo o atrai e estamos a 2 anos juntos e o melhor, felizes. Temos nossas diferenças, pois somos biologiacamente e psicologicamente diferentes, mas com sabedoria toda mulher consegue conduzir o relacionamento, deixando-o da forma como ela deseja. Ter carinho, respeito, admiração, amor é maravilhoso. Amar faz bem, e ter o amor retribuido é melhor ainda.
    Desejo que mais mulheres possam encontrar alguem que as complete!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: