Violência verbal

Louise Brooks

Existem pessoas que usam naturalmente, em seu dia a dia, palavreados ofensivos e agressivos com os que estão ao seu redor. Estão sempre com o pavio supercurto e prontos a explodir sem ao menos pensar um pouco. Todos nós temos nossos defeitos, mas para alguns, as ofensas se banalizaram tanto que palavras extremamente chocantes passam a ser aplicadas da mesma maneira que substantivos comuns.

Hoje o programa Happy Hour no GNT, falou sobre a violência contra a mulher e a lei Maria da Penha e,  durante o programa, uma terapeuta sexual  acompanhou as discussões e incluiu na lista de violências: as agressões verbais. Conheço gente que aplica palavrões de baixo calão para lidar com as mulheres ao seu redor, sem punição. E achei bastante interessante  este tipo de agressão estar dentre as elencadas pela terapeuta como o início de um comportamento inaceitável que deve ser repreendido e denunciado.

Cuidado galera com a maneira com que trata e se dirige ao seu próximo. Pode dar processo, punição e cadeia. Vamos respeitar e ter paciência um com o outro.

Anúncios

Uma resposta to “Violência verbal”

  1. Engraçado que as mulheres podem fazer o que quiserem com os homens, que não acontece nada. Mas esses, se chamarem a mulher de idiota, por exemplo, podem até pegar cadeia. Tenham dó, né? Então o melhor é a separação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: