Mudança

613117_57

Chegou 2013 e com o ano, partilho um texto, que apesar de não ter sido escrito por minha autora predileta (Clarice Lispector), conforme dito equivocadamente na versão anterior, caiu como uma luva…

A informação errada foi retirada da página 6 (Editorial) da Revista UMA, de out de 2011. Peço desculpas ao autor, Edson Marques e o parabenizo pelo lindo texto. Quem quiser mais detalhes sobre o texto na íntegra, acompanhe no comentário que ele postou.

Mudança (Correção, autoria de Edson Marques)

Mude, mas comece devagar, porque a direção é mais importante do que a velocidade.

Sente-se em outra cadeira, no outro lado da mesa. Mais tarde, mude de mesa

(…)

Mude por uns tempos o estilo das roupas. Dê os seus sapatos velhos. Procure andar descalço alguns dias. Tire uma tarde inteira para passear livremente na praia, ou no parque, e ouvir o canto dos passarinhos.

Veja o mundo de outras perspectivas.

(…)

Não faça do hábito um estilo de vida. Ame a novidade. Durma mais tarde. Durma mais cedo. Aprenda uma palavra nova por dia em outra língua.

(…)

Tente de novo todo dia. O novo lado, o novo método, o novo sabor, o novo jeito, o novo prazer, o novo amor.

A nova vida.

Tente.

Busque novos amigos. Tente novos amores. Faça novas relações.

(…)

Ame muito, cada vez mais, de modos diferentes.

(…)

Se você não encontrar razões para ser livre, invente-as. Seja criativo. E aproveite para fazer uma viagem despretensiosa, longa, se possível sem destino.

(…)

Você certamente conhecerá coisas melhores e coisas piores do que as já conhecidas, mas não é isso que importa. O mais importante éa mudança, o movimento, o dinamismo, a energia (…)

Feliz 2013!

Anúncios

3 Respostas to “Mudança”

  1. Que bom que você gostou do meu poema Mude.
    Mude, mas comece devagar, porque a direção é mais importante que a velocidade.
    Que, aliás, não é de Clarice Lispector.

    Se puder, veja o poema todo, assim como o vídeo e o livro Mude, publicado pela Pandabooks, com prefácio de Antonio Abujamra, e à venda nas maiores livrarias.

    E o vídeo Mude pode ser visto aqui, no Comercial da Fiat:

    Ou aqui:

    Devidamente registrado na Biblioteca Nacional do Ministério da Cultura – Registro 294507 – Livro 534 – Folha 167 – em 04/08/2003.
    Até a Revista Veja publicou matéria a respeito: http://veja.abril.com.br/090703/p_103.html
    Além disso, tal poema também já foi publicado por Pedro Bial na faixa 4 do CD Filtro Solar.

    Detalhes em http://Mude.blogspot.com

    /// Para o poeta, o importante é encantar o coração do leitor. Mesmo que este suponha ter sido encantado por Clarice Lispector…

    Gostaríamos de saber onde foi que você viu que é “de Clarice”? Pois queremos passar a informação correta também a essa pessoa, para evitar que tal erro de autoria seja ainda mais disseminado.

    /// Abraços,

    • Edson,
      peço desculpas, pois eu respeito muito a autoria das coisas. Vou fazer a correção no post. mas retirei da página 6, da Revista UMA, de outubro de 2011 que comprei ontem. Achei bem legal o seu texto e adequado ao primeiro dia do ano. O texto está com referência a Clarice Lispector e com as reticências que eu reproduzi no post.
      Obrigada pelos esclarecimentos.
      Estou corrigindo agora mesmo.
      Feliz 2013 e parabéns pelo texto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: