Ócio criativo

676840_63

O nome de um livro escrito por Domenico De Masi, Ócio Criativo, serviu de inspiração para este post, mas o assunto veio à tona depois da leitura da seção da Revista Lola, initulada Corpore Sano – Sexo|Saúde|Bem-estar|Nutrição, que fala sobre as delícias de se fazer o que se gosta…

Nas palavras da revista…

“Ter sempre mil coisas para fazer pode até ser tendência, mas não é bom para o corpo, muito menos para o cérebro…

Ele precisa de ócio para funcionar bem. ‘O lobo frontal é um gerenciador dos recursos cognitivo-emocionais e sua principal tarefa é a soluções de problemas’, explica a psicóloga Ana Paula Cuocolo Macchia. É nessa região que acontecem de alerta, atenção, inibição. Quando fica sobrecarregada  por tarefas em excesso, dá tilt. Os sintomas dessa overdose variam: fadiga, mau humor, baixa autoestima, falta de paciência. ‘O ócio é importantíssimo. Ele protege o sistema desse desgaste’, diz a psicóloga. Mas não pense que ócio é ficar sem fazer nada. É experimentar aquilo que faz a pessoa se sentir autêntica, sem pressão. Pode ser caminhar, pintar, preparar uma comida diferente, ver um filme e até rir com os amigos. (quem assina a coluna é  Ana Gonzaga).

Fica aqui a dica de leitura e de comportamento!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: