Arquivo para abraçar

Opinião de um homem sobre o corpo feminino

Posted in Comportamento, Estética e Beleza with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on agosto 12, 2011 by Psiquê

Via Nu Photos

Hoje, visitando o blog O Adorador de Mulheres, deparei-me com um texto intitulado Opinião de um homem sobre o corpo feminino, que confesso me surpreendeu ser de autoria do Paulo Coelho. O texto revela alguns dos vários conflitos pelos quais nós, mulheres, passamos em diversos momentos da nossa vida em relação ao corpo e tenta apresentar a opinião dos homens sobre esses dilemas.

Embora acredite que devamos manter nossos cuidados em relação ao corpo, algumas dicas sobre relaxar e não levar a questão da beleza para uma via obsessiva são válidas. Reproduzo o texto abaixo para partilhar com vocês, embora não concorde com todas as afirmações dele, algumas carregadas de clichês quanto ao comportamento feminino ou, quem sabe, machistas. Porém, em geral, o texto traz uma visão bem bacana.

Opinião de um homem sobre o corpo feminino

Não importa o quanto pesa. É fascinante tocar, abraçar e acariciar o corpo de uma mulher. Saber seu peso não nos proporciona nenhuma emoção. 

Não temos a menor idéia de qual seja seu manequim. Nossa avaliação é visual, isso quer dizer, se tem forma de guitarra… está bem. Não nos importa quanto medem em centímetros – é uma questão de proporções, não de medidas. 

As proporções ideais do corpo de uma mulher são: curvilíneas, cheinhas, femininas

Essa classe de corpo que, sem dúvida, se nota numa fração de segundo. As magrinhas que desfilam nas passarelas, seguem a tendência desenhada por estilistas que, diga-se de passagem, são todos gays e odeiam as mulheres e com elas competem. Suas modas são retas e sem formas e agridem o corpo que eles odeiam porque não podem tê-los. 



Não há beleza mais irresistível na mulher do que a feminilidade e a doçura. A elegância e o bom trato, são equivalentes a mil viagras. 

A maquiagem foi inventada para que as mulheres a usem. Usem! Para andar de cara lavada, basta a nossa. Os cabelos, quanto mais tratados, melhor. 



As saias foram inventadas para mostrar suas magníficas pernas… Porque razão as cobrem com calças longas? Para que as confundam conosco? Uma onda é uma onda, as cadeiras são cadeiras e pronto. Se a natureza lhes deu estas formas curvilíneas, foi por alguma razão e eu reitero: nós gostamos assim. Ocultar essas formas, é como ter o melhor sofá embalado no sótão. 



É essa a lei da natureza… que todo aquele que se casa com uma modelo magra, anoréxica, bulêmica e nervosa logo procura uma amante cheinha, simpática, tranqüila e cheia de saúde. Entendam de uma vez! Tratem de agradar a nós e não a vocês. porque, nunca terão uma referência objetiva, do quanto são lindas, dita por uma mulher.

Nenhuma mulher vai reconhecer jamais, diante de um homem, com sinceridade, que outra mulher é linda.

As jovens são lindas… mas as de 40 para cima, são verdadeiros pratos fortes. Por tantas delas somos capazes de atravessar o atlântico a nado.

O corpo muda… cresce. Não podem pensar, sem ficarem psicóticas que podem entrar no mesmo vestido que usavam aos 18. Entretanto uma mulher de 45, na qual entre na roupa que usou aos 18 anos, ou tem problemas de desenvolvimento ou está se auto-destruindo. 



Nós gostamos das mulheres que sabem conduzir sua vida com equilíbrio e sabem controlar sua natural tendência a culpas. Ou seja, aquela que quando tem que comer, come com vontade (a dieta virá em setembro, não antes; quando tem que fazer dieta, faz dieta com vontade (sem sabotagem e sem sofrer); quando tem que ter intimidade com o parceiro, tem com vontade; quando tem que comprar algo que goste, compra; quando tem que economizar, economiza. 


Algumas linhas no rosto, algumas cicatrizes no ventre, algumas marcas de estrias não lhes tira a beleza. São feridas de guerra, testemunhas de que fizeram algo em suas vidas, não tiveram anos ‘em formol’ nem em spa… viveram!

O corpo da mulher é a prova de que Deus existe.

É o sagrado recinto da gestação de todos os homens, onde foram alimentados, ninados e nós, sem querer, as enchemos de estrias, de cesárias e demais coisas que tiveram que acontecer para estarmos vivos. 


Cuidem-no! Cuidem-se! Amem-se! 



A beleza é tudo isto. 
 
(Texto de autoria de Paulo Coelho)

Tudo tem seu tempo!

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , , , , , , on agosto 8, 2011 by Psiquê

Katarina Ivanovska

Nada de novo aconteceu nos últimos dias em minha vida…mas eu sei que o universo está girando e cada dia é uma nova oportunidade de realização.

Claro que nos últimos anos, a minha vida tem mudado a todo o momento, o que alimenta a minha esperança de que as coisas sempre hão de melhorar! Não sei de onde vem a esperança que sempre carreguei de que as coisas sempre caminham para o melhor. Isso não quer dizer que eu não me sinta triste com várias coisas, que não me aborreça com acontecimentos cotidianos, que eu não sofra com atitudes pequenas, que eu não falhe com as pessoas. Apesar de todas as intempéries, tenho a convicção de que nossos problemas, lágrimas, dores e apertos fazem parte do nosso processo de amadurecimento e evolução.

Muita coisa boa acontece todos os dias e ao tirar desses dias, uma oportunidade de aprendizado, nutrimos a esperança de que dias melhores virão.

É bíblica a citação que resume muito bem o tempo das coisas:

  • Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu:
  • há tempo de nascer e tempo de morrer; tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou;
  • tempo de matar e tempo de curar; tempo de derribar e tempo de edificar;
  • tempo de chorar e tempo de rir; tempo de prantear e tempo de saltar de alegria;
  • tempo de espalhar pedras e tempo de ajuntar pedras; tempo de abraçar e tempo de afastar-se de abraçar;
  • tempo de buscar e tempo de perder; tempo de guardar e tempo de deitar fora;
  • tempo de rasgar e tempo de coser; tempo de estar calado e tempo de falar;
  • tempo de amar e tempo de aborrecer; tempo de guerra e tempo de paz… (Eclesiastes 3:1-8)