Arquivo para amam

Seja a mulher que seu ex vai sentir falta

Posted in Comportamento, Relacionamento with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on janeiro 16, 2014 by Psiquê

8c7040ef69a6fbadc35dfa41cda1c166

Hoje, por acaso, descobri um blog muito legal, o MPJ – Mariliz Pereira Jorge, ou seja, são as iniciais de sua autora, uma jornalista que vive no Rio e hoje atua como editora na TV Globo para o programa Encontro com Fátima Bernardes. Eu adorei o texto que compartilho aqui com vocês, de autoria da Mariliz.

“Já faz algum tempo, recebi uma mensagem de um ex-namorado, que dizia: “vou passar o resto da vida me perguntando por que não deu certo”. Eu tinha todas as respostas, mas achei que nem era mais hora de falar.

Depois de oito anos de namoro, ele ficou em dúvida. Sofri com a dúvida dele. Mas a dúvida dele acendeu um ponto de interrogação dentro de mim. Terminei o namoro e não olhei pra trás. Nunca olho.

Sofro como um cachorro por um amor que quero que dê certo, mas quando desisto, deixo de lado como meia lata de cerveja quente. Você sabe que era bom, mas jamais será novamente.

Nem vem ao caso se sou ou não uma namorada inesquecível, mas fiquei pensando o que faz uma mulher se tornar assim tão singular para um homem. E nem estou falando de homens atormentados, daqueles que gostam de sofrer nas mãos de mulheres malvadas, aquelas que gostam somente delas e nada além delas mesmas. Homens se deixam seduzir por criaturas assim. Bem, quem não deixa?

Mas, então, me lembrei de um amigo que, depois de anos de libertinagem barata, começou a namorar. Sumiu, desapareceu, escafedeu-se, um dos maiores baladeiros e pegadores que já conheci na noite paulistana. “Ela não é a mulher que mais amei, mas é a que me faz mais feliz. Vou casar”, me disse.

Ela me ama; ri das merdas que eu falo; não é linda, mas se cuida; tem um cheiro gostoso; cuida da vida dela; é independente, mas me pede ajuda pra usar um pendrive; está sempre ocupada, mas nunca deixa de atender quando eu ligo; é parceira, descolada, maluquete; aguenta meus ataques de mau humor; quer sexo sempre; é ciumenta, mas até acho graça, eu era um galinha. “Sabe como é, mulher tá fácil hoje, mas dessas que fazem a gente feliz mais do que uma semana… encontrei poucas.”

Sempre penso no que faz uma história dar certo ou não. E, no fundo, acho uma bobagem quando dizem que melhor do que ser amado, é amar. Não tem nada melhor na vida do que sentir, ver, ouvir, ler, que alguém perde seu precioso tempo pensando, querendo, gastando, amando você.

Mas é verdade que amar alguém é uma arte. Quem ama abre mão de si mesmo muitas vezes. Esquece convicções. Pede desculpas mesmo quando acha que está certo. Sofre de saudade. Morre de ciúme. Parcela passagem em 12 vezes. Sorri quando o telefone toca. Tem dor de barriga quando ele lê sua mensagem no whatsapp – e não responde. A gente fica praticamente ridícula.

Mas o outro, que também ama (e essa é a melhor parte), acha a gente, que no fundo é ridícula, o último biscoito do pacote, a última cerveja gelada do deserto, os últimos 5% de bateria no celular.

Amor é isso.

O importante é que a gente nunca seja mais ou menos. Que a gente faça tudo mesmo por amor. Que seja especial. Que seja inesquecível. Seja o tipo de mulher, que os nossos ex-namorados vão sempre lembrar e pensar: que pena que não deu certo.”

Um beijo a todos os meus queridos seguidores do Espartilho.

Amem muito, leiam muito, vejam muitos filmes maravilhosos, pois a vida é enriquecida cada vez que abrimos nossos corações para novas experiências, novas sensações, novas maneiras de olhar.

 

Não se esqueça o quanto vale

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on junho 2, 2010 by Psiquê

Hoje recebi uma mensagem muito bonitinha por email. Achei tão legal que resolvi até partilhar com vocês. Como estou em clima de descanso, já que vou passar 4 dias fora do ar, deixo aqui um recadinho para todas as mulheres desse mundo.

UM DEFEITO NA MULHER

Quando Deus fez a mulher já estava em seu sexto dia de trabalho fazendo horas extras.

Um anjo apareceu e Lhe disse: ‘Por quê leva tanto tempo nisto?’

E o Senhor respondeu: ‘Já viu a minha ficha de especificações para ela?’

Deve ser completamente lavável, mas sem  ser de plástico, ter mais de 200 peças móveis e ser capaz de funcionar com uma dieta de qualquer coisa, até sobras, ter um colo que possa acomodar quatro crianças ao mesmo tempo, ter um beijo que possa curar desde um joelho arranhado até um coração partido e fará tudo isto somente com duas mãos.’

O anjo se maravilhou com as especificações:  ‘somente duas mãos….Impossível!’ E este é somente o modelo básico?

É muito trabalho  para um dia…Espere até amanhã para terminá-la.’

Isso não, protestou o Senhor. Estou tão perto de terminar esta criação que é favorita de Meu próprio coração.

Ela se cura sozinha quando está doente e pode trabalhar jornadas de 18 horas.’ O anjo se aproximou mais e tocou a mulher.

‘mas o Senhor a fez tão suave…’

‘É suave’, disse Deus, mas a fiz também forte. Você não tem idéia do que pode agüentar ou conseguir.

‘Será capaz de pensar?’ perguntou o  anjo.

Deus respondeu: ‘Não somente será capaz  de pensar, mas também que raciocinar e de negociar’

O anjo então notou algo e estendendo a mão tocou a bochecha da  mulher….

‘Senhor, parece que este modelo tem um vazamento…

Eu Lhe disse que estava colocando muita coisa nela…’

‘Isso não é nenhum vazamento… é uma lágrima’ corrigindo-o  o Senhor..

‘Para que serve a lágrima,’ perguntou o anjo.

e Deus disse: ‘As lágrimas são sua maneira de expressar seu destino, sua pena, seu desengano, seu amor, sua solidão, seu sofrimento, e seu orgulho.’

Isto impressionou muito ao anjo ‘O Senhor é um gênio, pensou em tudo. A mulher é  verdadeiramente maravilhosa’

Sim é!

A mulher tem forças que maravilham aos homens.

Agüentam dificuldades, levam  grandes cargas, mas têm felicidade,  amor e  alegria.

Sorriem quando querem gritar.

Cantam  quando querem chorar, choram quando estão  felizes e riem quando estão nervosas.

Lutam pelo que crêem.

Enfrentam à  injustiça.

Não aceitam ‘não’ como resposta quando elas crêem que há uma solução melhor.

Privam-se para que a sua família possa ter.

Vão ao médico com uma amiga que tem medo de ir.

Amam incondicionalmente.

Choram quando seus filhos triunfam e se alegram quando seus amigos ganham prêmios.

Ficam  felizes quando ouvem sobre um nascimento ou um casamento.

Seu coração se parte quando morre uma amiga.

Sofrem com a perda de um ente querido, entretanto são fortes quando pensam que já não há mais forças.

Sabem que um beijo e um abraço podem ajudar a curar um coração partido.

Entretanto, há um defeito na mulher: É que ela, as vezes, se esquece o quanto vale.