Arquivo para aprender

Vida e presente

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , , , , , , , on maio 18, 2016 by Psiquê

42dd11aec326fd2e6e4bba2852cdf018

A vida da gente é sempre uma escolha e devemos estar conscientes de que depende de nós decidirmos por caminhos que nos permitem buscar a felicidade. Existem algumas decisões que funcionam, a meu ver, como presentes que nos damos.

Nos amarmos e respeitarmos nossos limites, são os pontos mais importantes. A partir daí, estaremos mais preparados para enfrentar as intempéries da vida. Parece clichê, mas, independente de sua crença, sempre que agradecemos ao longo da vida, uma sucessão de outros motivos de gratidão parecem se suceder.

Há decisões que tomo diariamente que funcionam como um presente para mim mesma, dentre elas:

  • cuidar da minha saúde física e mental,
  • estar ao lado de pessoas que me fazem bem e que amo,
  • fazer exercícios diariamente (ainda que muitas das vezes o depois seja muito mais importante para o meu bem-estar do que o durante – afinal, sou humana),
  • conhecer e praticar yoga (atualmente pelo menos 3 vezes por semana),
  • praticar pilates,
  • me analisar e procurar, dentro das minhas limitações me conhecer e melhorar,
  • ter consciência de que uma boa alimentação e boas escolhas fazem bem ao meu organismo,
  • ler bastante, estudar e escolher bons programas que me façam aprender e refletir,
  • buscar relações equilibradas e respeitosas, procurando entender o outro e evitando pensar somente no meu lado da história,
  •  lutar por um mundo melhor e uma vida mais justa…

É obvio que nem todas as coisas que acontecem em nossa vida dependem de nós, mas grande parte delas é influenciado por nossas escolhas. E com base nisso, temos o dever que sempre tentar fazer as melhores escolhas possíveis.

 

 

Quando menos se espera…

Posted in Comportamento, Curiosidades with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on março 14, 2014 by Psiquê

0e547fe96f24babea1882cfb849110ee

Muitas vezes somos tão ansiosos em esperar resultados, que as coisas mudem, que as respostas cheguem, mas não nos damos conta que os resultados não vêm apenas quando queremos, mas quando estamos preparados…

Derramamos lágrimas, roemos unhas, brigamos, desistimos e de repente, algo inesperado acontece, uma resposta surge e as coisas parecem se encaixar tão perfeitamente que nos parece impossível não ter algo ou alguém no controle.

Muitas vezes queremos algo, mas ainda não estamos preparados para recebê-lo e se nos fosse dado antes da hora, provavelmente teríamos dificuldade de administrar com o nosso melhor aquela oportunidade.

Precisamos sempre correr atrás dos nossos objetivos e sonhos, sabendo viver as experiências, aprendendo com elas quando forem boas ou ruins, pois com certeza o resultado será sempre para melhor. Mesmo sofrendo, ficamos mais fortes para enfrentar situações posteriores similares.

Quantas vezes queremos muito algo e não conseguimos e logo em seguida, quase sem percebermos, uma outra porta se abre, talvez até melhor do que aquela. As oportunidades podem até levar um tempo, mas cabe a nós sabermos sempre aprender com aquilo que vivemos. Essa é a grande sabedoria. Difícil, talvez, mas sábio.

“Eu aprendi que tudo nessa vida tem um propósito. As vezes até pensamos que o mundo está desabando em nossa cabeça ou que Deus está contra nós, por isso que já vi tanta gente perdendo a fé. Mas acredite, vai passar, sempre passa… Eu sei, as vezes demora, para mim também já foi assim, mas isso não significa que o mundo está contra você. Ou você tem coisas a mais para aprender ou tem coisa muito melhor reservada pra ti. Ou uma ou outra. Pode crer, no final das contas você vai sair ganhando!” Adriana Mayer

Bom final de semana a todos!

Boas dicas!

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on janeiro 31, 2014 by Psiquê

O projeto Yoga na Laje foi criado em julho de 2012 e tem por objetivo levar a prática do yoga às comunidades pacificadas da cidade do Rio de Janeiro. A primeira unidade está em funcionamento na Rocinha, São Conrado – Rio de Janeiro. Ontem, conheci o projeto pelo facebook e gostei muito da ideia. Espero que ela seja ampliada para outras áreas.

13290249bed65a3e14d0e804af37da0e

Resolvi compartilhar, aqui, algumas boas dicas, escritas no perfil do projeto no facebook. Vejam a seguir:

Saúde:

1. Pratique Yoga;
2. Durma 8 horas por dia;
3. Coma o que nasce em árvores e plantas, e menos comida produzida em fábricas;
4. Viva com os 3 E’s: Energia, Entusiasmo e Empatia;
5. Ande mais a pé e de bicicleta;
6. Brinque com seus irmãos, filhos e netos;
7. Leia mais livros do que leu em 2013;
8. Sente-se em silêncio pelo menos 15 minutos por dia;
9. Arranje tempo para orar;
10. Beba muita água, menos açúcar, menos sal.

Personalidade:

11. Não compare a sua vida a dos outros. Ninguém faz ideia de como é a caminhada dos outros;
12. Não tenha pensamentos negativos ou coisas de que não tem controle;
13. Não exceda. Mantenha-se nos seus limites;
14. Não se torne demasiadamente sério;
15. Não desperdice a sua energia preciosa em fofocas;
16. Sonhe mais e faça planos;
17. Inveja é uma perda de tempo;
18. Esqueça questões do passado. Não lembre seu parceiro dos seus erros do passado. Isso destruirá a sua felicidade presente;
19. Não odeie;
20. Faça as pazes com o seu passado para não estragar o seu presente;
21. Ninguém comanda a sua felicidade a não ser você;
22. Tenha consciência que a vida é uma escola e que está nela para aprender. Problemas são apenas parte do curriculum, que aparecem e se desvanecem como uma aula de álgebra, mas as lições que aprende, perduram uma vida inteira;
23. Sorria e gargalhe mais;
24. Não necessite ganhar todas as discussões. Aceite também a discordância;

Sociedade:

25. Entre mais em contato com sua família e amigos;
26. Dê algo de bom aos outros diariamente;
27. Perdoe a todos por tudo;
28. Passe tempo com pessoas acima de 70 anos e abaixo de 6;
29. Tente fazer sorrir pelo menos três pessoas por dia; até os seus colegas de trabalho;
30. Não te diz respeito o que os outros pensam de você;
31. O seu trabalho é UMA parte da sua vida;

A Vida:

32. Faça o que é correto;
33. Desfaça-se do que não é útil, bonito ou alegre;
34. Agradeça sempre;
35. Por muito boa ou má que a situação seja…. Ela mudará;
36. Olhe-se nos espelho e diga: – Eu posso !!!!
37. O melhor ainda está para vir;
38. Assim que acordar espreguice, estique o corpo e tenha um pensamento positivo;
39. Mantenha seu coração sempre feliz.

Achei as dicas excelentes, compartilhe. E se tiverem outras, estamos abertos a ouvi-los.

Metas e persistência

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , on novembro 29, 2013 by Psiquê

f7428b2851b3ca8922fc8b5f509d0cd9

 

Hoje estava refletindo sobre metas, expectativas e persistência, associado ao nível de frustrações que nos deixamos sentir e o quanto ela interfere na nossa trajetória. Há uma máxima muito interessante que não pode ser levada exatamente ao pé da letra, mas é válida para nos guiar e evitar perdas de tempo com choramingos desnecessários: “sem expectativas não há frustrações”.

É evidente que as expectativas nos movem, sempre. Mas devemos nos mover em direção a um objetivo, conscientes de que tudo pode acontecer, sucesso, fracasso, um pouco dos dois. Porém a certeza do aprendizado em todas as atitudes nos move a dar valor ao caminho e não ao ponto de chegada. Assim ganhamos muito mais. Hoje eu só tenho a agradecer, por minha vida não ser fácil, por ralar muito todos os dias, por chorar, sorrir, gritar e até me frustrar um pouco, mas aprender!!!!

Aprender sempre. Tenham um excelente final de semana e busquem a eficiência e o bom desempenho em tudo, sem expectativas excessivas, pois assim, o ganho – em satisfação e felicidade – é sempre certo!

O que realmente é nosso…nunca se vai para sempre…

Posted in Geral with tags , , , , , , , , , on outubro 19, 2012 by Psiquê

Mohammed Alhmoud

Os ventos que às vezes tiram algo que amamos, são os mesmos que trazem algo que…aprendemos a amar…

Por isso não devemos chorar pelo que nos foi tirado e sim, aprender a amar o que nos foi dado.

Pois tudo aquilo que é realmente nosso, nunca se vai para sempre…
Bob Marley

Sapateado

Posted in Comportamento, Estética e Beleza, Saúde with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on agosto 12, 2009 by Psiquê
André Brito
André Brito

Pasmem, desde os 12 anos sonhava em dançar flamenco ou sapateado, mas nunca tive coragem de entrar no curso.

Eis que esta semana eu dei de presente o livro Pílulas de Neurociência para uma vida melhor para meu marido (um presente que eu já dei dizendo que ia tirar uma casquinha!) – de Suzana Herculano-Houzel.

O livro é ótimo e trata de uma maneira descontraída de vários assuntos que nos envolvem no dia-a-dia. Ele é divido em 10 seções: Sozinho, A dois, Em família, Em sociedade, Exercício & outros remédios, Lazer, Música, Decisões, Corpo & cérebro, Mente & espírito, com vários artigos cada uma.

2845983

Ao começar a ler o livro me deparei com a seção Sozinho e o artigo Prazer em aprender, no qual a autora fala sobre um desejo da filha em trocar as aulas de balé por sapateado e que ela resolveu seguir. Eis o relato  de sua experiência:

” Logo nas primeiras aulas já aprendemos a transformar o clop-clop desorganizado das chapinhas metálicas sob os sapatos nos sons ritmados dos passos mais básicos. (…) E então surgiu um problema inusitado: a vontade de passar o dia todo batendo ritmadamente os pés no chão. Até que eu me controlo, mas me vi com uma versão humana do pinguinzinho Happy Feet dentro de casa que não consegue manter os pés quietos sob a mesa de jantar e que , em vez de andar, sapateia – e de chinelos, daqueles bem barulhentos.”

“(…) O aprendizado depende ao menos de três fatores: repetição, base das mudanças sinápticas que implementam a nova maneira de agir, pensar ou sentir; retorno negativo, que informa quando se erra e é preciso tentar quando se fez a coisa certa que deve ser repetida no futuro”.

Desde então comecei a voltar a sonhar com os sapatinhos com chapinha e no andar ritmado de uma percursonista com os pés. Cheguei a visitar o blog: Divulgando o sapateado por aí e começarei minha semana  ligando para as academias mais próximas. Ai, ai, tomara que dessa vez eu aprenda uma modalidade sonhada que me dê prazer, paz, felicidade e boa forma.