Arquivo para bem

Alma livre

Posted in Comportamento, Literatura with tags , , , , , on novembro 11, 2014 by Psiquê

“A alma livre é rara, mas você as reconhece quando vê – basicamente, porque você se sente bem, muito bem, quando está perto ou com eles” – Charles Bukowski

e425ff80e4cc5214d9ad5a0e63f942d8

A frase de Bukowski é muito significativa para esse encontro de almas. Quando almas livres se identificam, elas se sentem muito bem, ainda mais livres  e dispostas a explorar o universo de possibilidades que o momento e a vida oferecem. Às vezes me pergunto, como e por que nos permitimos certas “prisões”, “vícios”, “medos”, “preocupações”. Reconhecer a existência destas “algemas” e se negar a carregá-las é o primeiro passo para a liberdade. E agradeço todos os dias por esta consciência.

Namastê!

Sempre em busca do equilíbrio

Posted in Comportamento, Saúde with tags , , , , , , , , , , , , , , , , on novembro 2, 2014 by Psiquê

3108478A busca por uma vida saudável envolve a adoção e conquista diárias de pequenas metas que levam a um objetivo maior. Nos últimos anos, venho procurado adotar hábitos mais livres de toxinas, com uma alimentação mais orgânica, leve e equilibrada. A rotina de exercícios cresceu, ingestão de legumes e verduras aumentou, muita hidratação, suplementação vitamínica e proteica em níveis equilibrados.

Ainda estou em busca da retomada de um acompanhamento nutricional que tente conjugar todas essas minhas necessidades. Não adianta ficarmos impressionados com ideias que se adequam à realidade dos outros e não à nossa. A tendência será sempre abandonarmos ou ficarmos insatisfeitos e frustrados no longo prazo. Seja por um estilo de vida que fuja dos nossos padrões com a ingestão excessiva de produtos e suplementos para alcance rápido de objetivos físicos, seja por um radicalismo exacerbado que nos impeça de ingerir alimentos, que em doses comedidas nos satisfazem: um docinho, uma cervejinha, etc.

Eu me sinto bem feliz comendo equilibradamente. De segunda a sexta consigo seguir com muita facilidade uma dieta alimentar bem balanceada, uma rotina de exercícios intensa e isso me faz muito bem, tanto física quanto mentalmente, mas nem todo mundo consegue seguir sem dificuldade essa rotina e isso precisa ser levado em conta. Não adianta ficar paranoico e se cobrando em função de modelos que podem pesar demais inicialmente.

Comece com calma, tente perceber o que te faz bem, se conheça, compartilhe ideias, pesquise, busque informações de especialistas, mas não se impressione com tudo o que te dizem, pois pode não ser o melhor caminho para a sua realidade.

Equilíbrio sempre!!! Namastê!

Hoje eu quero agradecer…

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on setembro 9, 2014 by Psiquê

870db71a9d9996b31455e8c886be3bc3

Pode até parecer clichê, mas hoje eu só quero agradecer…

Há alguns dias de celebrar mais um ano de vida, eu me sinto verdadeiramente agraciada pela vida que tenho. Não digo que não tenho problemas, ou momentos em que não vejo o brilho das coisas…

Muitas vezes estou cansada, querendo desistir, descansar,  mudar o rumo, mas a verdade é que me sinto uma vitoriosa por cada dia vivido. Sinto-me mais forte todas as vezes que acordo quando ainda está escuro para cuidar da minha saúde e sigo em direção ao meu treino matinal, meu pilates, meu trabalho, minhas leituras, meu yoga…

Sinto-me agraciada todas as vezes em que acendo um incenso e permito que as energias fluam, desfrutando da possibilidade de sentar no sofá, fazer meu dejejum com alimentos saudáveis, que me fazem bem…

A possibilidade de viver bem esta vida e ser grata por cada dia que recebemos é uma dádiva. Para completar meus dias, eu ainda gostaria de completar ainda mais duas metas: conseguir antes dos meus treinos ou antes de deitar, meditar por alguns minutos diários – desafio que ainda não consegui cumprir, seja porque acordo muito cedo, ou porque à noite ainda não me organizei – e conseguir encaixar mais alguns dias de yoga na minha semana, pois sinto necessidade de mais tempo de prática.

Eu não consigo entender como alguém pode não conseguir enxergar as maravilhas que temos a cada dia de vida:

  • Podem ser as forças da natureza, seja pela chuva, pela linda luz da lua ou o sol maravilhoso. No último domingo, depois de meses, diante de um lindo dia de sol e não muito quente, fui à praia e confesso que foi uma experiência maravilhosa. Curtir o sol ainda que fraquinho, o vento e o som do mar;
  • Conseguir vencer diariamente do desafio da preguiça e me exercitar para diminuir o estresse, dar ao meu corpo físico e mental uma oportunidade de relaxar e liberar toxinas;
  • Alimentar-me com cuidado e amor, sabendo que tudo o que ingiro traz consequências positivas ou negativas ao meu organismo;
  • Ser atenta aos limites do meu corpo, ao cansaço, às dores físicas e às suas necessidades de descanso, massagem, repouso, carinho, sono, etc. 
  • Agradecer, agradecer, agradecer por todas as experiências pelas quais passo e passei e que me tornam esta pessoa que sou hoje;
  • Ser grata a todas as pessoas que conheci ao longo da vida e que dividiram comigo um pouco de suas percepções e experiências, fazendo com que eu pudesse enxergar todas estas maravilhas…
  • Por todas as minhas escolhas rumo a uma vida mais saudável: boa alimentação, yoga, treino funcional, pilates, livros, cinema, família, terapia, amor, o Espartilho, gratidão…

Obrigada! Obrigada! Obrigada!

Namastê!

09b6c83f55263805e62869c408e2a2bc

Seu corpo, seu templo, sua responsabilidade!

Posted in Comportamento, Estética e Beleza, Saúde with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on fevereiro 24, 2014 by Psiquê

51d3dcbfae1827b820f60198b692dddf (1)

Muitas vezes escuto as pessoas reclamarem que precisam comer coisas saudáveis e não gostam, que estão com sobrepeso, mas não conseguem parar de comer doces, gorduras, frituras, pães, refrigerantes, açúcares diversos…

Somos responsáveis por tudo o que fazemos com nosso corpo, e apesar de muitas vezes não estarmos imunes ao estresse e à correria do dia a dia, podemos sim, exercer nosso controle sobre aquilo que ingerimos, sobre o movimento que fazemos com o corpo, sobre hábitos bons e ruins aos quais nos submetemos.

Há alimentos que tenho total consciência que não me fazem bem e que, se não posso, eliminá-los, posso ao menos reduzi-los. Tudo aquilo que ingerimos refletirá na saúde do nosso corpo!

Se bebemos água, sucos naturais, frutas, alimentos saudáveis e com pouco ou nenhum glúten, produtos com baixo teor de lactose (principalmente nos casos de intolerância a estes dois últimos itens), sei que meu corpo reagirá muito melhor…Então por que insistir em comer farinha demais, ingerir bebidas alcoólicas em excesso, comer açúcar e gordura além da conta, se meu corpo fica muito melhor sem esses ingredientes?

É preciso ter consciência de que somos responsáveis por aquilo que ingerimos e pelo que queremos do nosso corpo. As sensações que buscamos, a saúde que almejamos, o bem-estar que desejamos depende de tudo aquilo que consciente ou inconscientemente oferecemos ao nosso corpo.

Não adianta nos encher de alimentos que sugam nossa energia e nossa saúde e querer ter uma boa digestão, boa circulação, o intestino funcionando bem, a pele livre de acne e alergias. Se queremos manter boa saúde, peso ideal, pernas sem inchaço, eliminar a retenção de líquido, manter o intestino funcionando bem, ter um sistema digestivo em bom funcionamento, precisamos atentar para aquilo que colocamos em nosso corpo.

Quando entendemos que devemos tratar nosso corpo, como nossa morada, nosso templo, nosso refúgio, teremos consciência de que somos totalmente responsáveis por tudo o que colocamos nele e consequentemente pelas reações que ele apresenta.

É fundamental assumir a responsabilidade por tudo aquilo que fazemos com o nosso corpo para termos uma relação melhor com ele. A vida é feita de escolhas e muitas vezes, é uma questão de mudança de perspectiva e de hábitos. Se sei que algo me traz uma satisfação imediata, mas logo trará mal estar, arrependimento, má digestão, gases, asia, dores de cabeça ou dores em geral, por que abrir mão de me sentir bem no longo prazo?

Vamos pensar a respeito? Que hábitos saudáveis você tem para compartilhar conosco?

5888f1106b681a17edbebcf1f9dd1df1

Leia também:

Seu corpo – seu templo

Nosso corpo, nosso templo

O corpo é seu templo

Seu corpo, templo de sua alma

Seu corpo, seu templo, seu prazer

10 Maneiras de ser mais feliz no trabalho

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on novembro 26, 2013 by Psiquê

O portal Nibo trouxe um post sobre as 10 Maneiras de Ser Mais Feliz no Trabalho. O blog 99jobs também compartilhou e eu também resolvi colocar aqui no nosso Espartilho. Leia na íntegra e fique à vontade em comentar:

f57e5d90a3ae44b62bc6b624779c7a75

Felicidade é uma busca constante do ser humano. Ser feliz depende em grande parte de como você lida com outros e com as suas próprias emoções. A maior parte de nosso dia, passamos no trabalho, por isso é extremamente importante para nos sentirmos de “bem com a vida” que isso comece nos momentos mais simples, mas que exigem produtividade. Nessa lista de regras básicas juntamos 10 maneiras para ser feliz no trabalho.

1. Não se compare com os outros!!!

Todo mundo tem uma história de vida diferente, sendo diferente, não existe comparação. A trajetória da sua carreira é exclusivamente sua! Estipular comparações é uma perda de tempo enorme, além de desgastante para a cabeça.

2. Não dê importância demais a coisas fora do seu controle!!!

É claro que é importante que você esteja informado sobre a economia, seu mercado de atuação, etc. Mas não deixe que situações fora do seu controle te corroam por dentro. O seu foco deve se manter nas coisas que você tem domínio: seus pensamentos e suas atitudes.

3. Conheça seus limites!!!

Embora seu trabalho possa parecer a principal fonte de sobrevivência, não é a coisa mais importante do mundo. É necessário que mantenha sua integridade e privacidade. Nunca deixe que seu trabalho te jogue para baixo.

4. Não se comprometa com mais do que pode cumprir!!!

Compreenda e reconheça o que você pode fazer em um determinado prazo de tempo. Se algo parecer muito complexo, expresse isso a sua equipe com clareza e reorganize os prazos e tarefas de maneira adequada.

5. Comunique-se com clareza!!!

A maior parte do estresse em qualquer trabalho de equipe é resultado de má comunicação. E-mails mal interpretados, projetos mal explicados, expectativas mal alinhadas (entre outros) são causadores de mal estar. Tome medidas simples para ter certeza de uma boa comunicação.

6. Seja educado!!!

Parece simplista, mas não é. No dia a dia, agradeça as pessoas que fazem parte do seu cotidiano e torne a convivência mais agradável.

7. Pare de reclamar e ache soluções!!!

Ser a pessoa que está sempre reclamando é uma forma de propagar energia negativa. Isole o problema que você está observando e gere uma solução eficiente ou envolva sua equipe para encontrar uma solução em grupo.

8. Seja responsável pelo seu próprio bem!!!

Ninguém é mais interessado no seu bem-estar que você próprio. Faça algo ame todos os dias, seja tomar um café no meio da tarde ou criar um ambiente de trabalho confortável.

9. Procure por feedback!!!

Você é responsável pela sua carreira. Caso deseje ser cada vez mais um bom profissional, saiba suas qualidades, mas principalmente em que precisa melhorar mais. Peça feedback não apenas aos seus superiores, porém de colegas e clientes. Muitos profissionais procuram se aconselhar com mentores da mesma empresa, buscando inspiração naqueles que já percorreram um árduo caminho.

10. Seja flexível!!!

Com os outros e com você mesmo. Reajuste-se e readapte-se às novas funções, pessoas e projetos. Empresas passam por fases e reestruturações. Aprenda a tirar o máximo de cada situação, repensando no seu próprio desempenho conforme as mudanças ao seu redor.

Fonte: nibo.com.br

Cautela, uma virtude?

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , , , , , , , on novembro 17, 2013 by Psiquê

Imagem

Hoje, li uma reflexão do médico-psiquiatra e psicoterapeuta Flávio Gikovate, que achei bem coerente e interessante:

A cautela nas relações interpessoais implica estar sempre atento ao efeito das ações sobre os outros e não crer apenas nas boas intenções.

Alguns crêem que, por agirem com boa intenção, sempre farão o bem: preocupam-se mais com seus gestos do que com a repercussão sobre o outro.

A pessoa generosa que dá muito de si a outra mais egoísta pode achar que, agindo assim, estará sendo um bom exemplo e ajudando. Não é fato!

Alguns estão tão convencidos que a generosidade é uma virtude que se o egoísta fizer uso nefasto da ajuda que recebe isso será problema dele.

Se pensarmos apenas no aspecto pessoal, a generosidade será sempre virtude; mas em termos interpessoais, vai depender do que causar no outro.

Se a generosidade reforçar a pior parte da alma de um interlocutor mais egoísta, ela será nociva: pensando assim, ela nem sempre é virtude!

A reflexão é uma espécie de degustação de uma análise mais ampla que o autor faz na obra O MAL, O BEM E MAIS ALÉM – EGOÍSTAS, GENEROSOS E JUSTOS

Fiquem bem!

Não dê poder a quem não tem…

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on novembro 1, 2013 by Psiquê

08

Ontem estava bem desanimada de cumprir com minha rotina diária, cansada tanto física quanto mentalmente…tendo que lidar com picuinhas e comportamentos desagradáveis de pessoas que pensam que a vida é eterna.

Compartilhei com alguns poucos amigos íntimos minha falta de vontade de seguir em frente no compasso normal das minhas tarefas. Quis desmarcar o encontro com uma amiga,  faltar ao curso de idiomas, deixar de ir ao aniversário de outra amiga e só queria ficar sozinha, na minha. Queria cuidar dos meus amigos, dos meus afazeres pessoais e das várias coisas que acontecerão nos próximos dias e que precisam do meu apoio: aniversários, chá de panela, casamento, compra de presentes, etc.

Foi neste momento que uma dessas pessoas importantes na minha vida me disse a seguinte frase: “não dê poder a quem não tem…”. Fiquei pensando na força desta frase, pois só nós somos capazes de dar ao outro o poder de nos atingir, de nos magoar, de nos afligir, de nos tirar do sério. Se não damos a eles este poder, eles não conseguem exercê-lo. E isso tem que ser uma lembrança constante…deve nortear nossos dias para que não deixemos que os outros exerçam sobre nós um poder que não são capazes de exercer naturalmente.

A amiga insistiu para que nos encontrássemos e falamos exatamente de talentos e de como esses podem e devem ser usados para lidar com pessoas e situações desagradáveis como as da conjuntura atual, até porque tudo não passa de oportunidades de aprendizado. Ao longo da vida, em outros lugares, novas situações como essas ocorrerão e talvez, em outro momento, eu esteja mais bem preparada para lidar com as mesmas, em função desta experiência.

Tenham todos um excelente dia e lembrem-se que ninguém pode te deixar mal a não ser que você permita. Isso é difícil, é um exercício contínuo, mas é a mais pura verdade.

Abundância…

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on março 24, 2013 by Psiquê

Michaelb Burke 30

Estou em uma madrugada inspirada…são 3h55 e ainda estou aqui escrevendo para meus amados leitores do Espartilho, talvez porque algo dentro de mim esteja gritando neste momento…

Certa vez li que felicidade partilhada é felicidade multiplicada. Seja qual for a sua crença religiosa, eu tenho uma religiosidade e uma fé tão abundante dentro de mim, de que a vida é muito maior, ampla e tão repleta de possibilidades, caminhos, ideias, oportunidades, que muitas vezes, não caibo dentro de mim.

Acredito, com uma força interior que não sei onde vem, que todos somos capazes de construir e viver momentos de felicidade plena, de grandes conquistas e realizações. Obviamente que ao longo do caminho, algumas ou até várias intempéries podem surgir, mas a certeza de que somos pessoas abençoadas e protegidas alimenta a minha crença de que cada segundo de nossas vidas é um motivo de celebração.

Devemos sempre buscar dentro de nós, seja por intermédio da fé, de alguma religião ou até mesmo da busca por pensamentos positivos, acreditar e lutar por uma superação diária de nossos limites, sempre pelo bem e para o bem.

Há momentos em que essa sensação de abundância, de força, de vontade de lutar transborda minha finitude humana e quer gritar dentro de mim, na certeza de que dias cada vez melhores virão…

Nossas vidas trazem possibilidades e oportunidades de prosperidade, de partilha, de superação  tão fortes que podem e devem ultrapassar nossas limitações humanas. Para isso, creio que o caminho de maior plenitude seja partilhar com os outros as chances de acreditar que todos somos plenamente capazes de fazer o bem e vencer.
Graças a Deus algo me fez dotada de uma vontade tão grande de ser feliz, de vencer e de partilhar esta felicidade, que à medida que tento mostrar ao outro esta felicidade ela parece aumentar ainda mais.
Sejamos capazes de entender que juntos somos melhores, que no mundo há espaço para todos sermos fortes, felizes, prósperos e vencedores. Não há necessidade de querer tirar nada de ninguém, pois há espaço para todos, cada um a seu modo, cada um com suas particularidades, seus defeitos, seus medos e suas falhas.
Desejo a todos os meus queridos leitores, que compartilhem comigo aqui no Espartilho, desejos de enriquecimento, conforto, confiança, luta, sabedoria, persistência, fé e empenho para fazer com que seus sonhos se tornem realidade. Podemos até não saber, de imeditado, qual o caminho, pois nossa vida é um eterno aprendizado e uma eterna escola para o autoconhecimento. Mas a certeza de que nossos sonhos, nossas lutas, se perpetradas com amor, confiança e garra serão conquistados, deve ser constante.
Abram-se ao novo, ao conhecimento, à expansão, à liberdade, à falta de preconceitos tolos e imobilizantes…
Apreciem  a beleza de cada ser humano com quem convivem e tenham piedade e paciência com suas falhas ao invés de desejar o mal…
Acima de tudo amem e respeitem uns aos outros…a abundância deste sentimento começa a transbordar em nosso peito e com certeza contagia os demais e nos traz ainda mais felicidades.
Sejam muito felizes…

Viver ultrapassa qualquer entendimento…

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on janeiro 23, 2013 by Psiquê

Autoestima

É muito difícil encontrar fidelidade nas citações da internet…

Eu gostei muito do trecho que cito entre aspas a seguir, porém encontrei atribuições a Clarice Lispector e a Bob Marley. Na minha opinião ele não pertence integralmente a nem um nem outro. Mas foi feito um mix de frases de vários autores. É triste que as citações não tenham sua autoria preservada, mas eu achei as palavras, tão bem escolhidas que resolvi partilhar aqui com vocês.

“Eu gosto do impossível, tenho medo do provável, dou risada do ridículo e choro porque tenho vontade, mas nem sempre tenho motivo. Tenho um sorriso confiante que às vezes não demonstra o tanto de insegurança por trás dele. Sou inconstante e talvez imprevisível. Não gosto de rotina. Eu amo de verdade aqueles pra quem eu digo isso, e me irrito de forma inexplicável quando não botam fé nas minhas palavras. Nem sempre coloco em prática aquilo que eu julgo certo. São poucas as pessoas pra quem eu me explico…”

“Correr atrás daquilo que realmente queremos é uma obrigação nossa!! Viva.. ame.. pense.. erre.. e depois do erro corra atrás de refazer o seu acerto.. nada é pra vida toda… O importante é ser feliz sempre! Não pense no mal, pense apenas no bem, que assim a felicidade um dia vem.. Renda-se, como eu me rendi… Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei…”

“Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento – esta frase com certeza é da Clarice.”

Desejo a todos uma excelente semana!

Agora sim: Espartilho na ELO FM

Posted in Curiosidades with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on dezembro 17, 2009 by Psiquê

Via CU CU

Esse mês de dezembro tem sido mega agitado, com muitas atividades. Além do tradicional mês de Natal e Ano Novo, meu marido e minha sogra fazem aniversário 6 dias depois do outro e eu tive que organizar a comemoração de um e a festa do outro. Graças a Deus já passou e deu tudo certo. Ainda consegui dar conta das confraternizações de final de ano do ex-trabalho e do novo trabalho. Sem contar com os amigos ocultos e comemorações entre amigos e familiares.

Nossa que mês atribulado, mas gostoso e compensado!

As alegrias também são várias e o importante é o nosso espírito estar bem, em alfa, esperançoso e agradecido de todas as bençãos conquistadas.

Uma ótima notícia que recebi para completar o espírito positivo e esperançoso deste mês foi o destaque do Espartilho na Rádio ELO FM.  Finalmente consegui o link com o programa  Blog da Vez em que o Espartilho foi destacado. Ouçam vocês também: aqui

Que venha 2010 e seja ainda melhor!!!