Arquivo para carreira

Chegou o momento de mudar!

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on março 26, 2014 by Psiquê

Imagem

 

Chegou, finalmente o tão esperado momento de mudar.

Apesar de a mudança ser uma constante em minha vida e de normalmente eu ser favorável às transformações, por acreditar que elas nos impulsionem, nos transformem, nos incentivem…

Eu estou ao mesmo tempo muito feliz, esperançosa e ansiosa, mas também com medo e com algumas incertezas, nada que não seja perfeitamente esperado diante de qualquer mudança.

A Marcela Pimenta Pavan, escreveu um texto bem legal sobre o tema Mudar é preciso, o qual defendo, acredito e compartilho com vocês. Desejo e propago excelentes energias para que vivamos sempre dando o melhor de nós mesmos.

Compartilho o texto abaixo:

“As mudanças fazem parte da vida. Ir para uma nova cidade, decidir por uma carreira internacional, mudar de profissão, de estado civil, de emprego, de casa, de vida.

Existem as mudanças desejadas e também as imprevistas. Independente do jeito que for as novas situações nos levam a buscar diferentes formas de adaptação e nos dá a oportunidade de ampliar nossas experiências e amadurecer.

Às vezes a vontade de mudar existe, é legítima, mas o indivíduo se vê paralisado frente às transformações que deseja realizar.

Isso é muito comum ocorrer ao longo do processo terapêutico. À medida que o sujeito começa a se perceber e se conhecer melhor, ganha autonomia e tem vontade de reformular para melhor algumas áreas da vida.

No entanto, deixar um estado conhecido para atingir um novo traz consigo aspectos desafiadores.

Junto com a vontade da mudança surgem também as sensações de medo e insegurança. Será que vale a pena? Será que eu consigo? Essas indagações são naturais e é importante estar atento, para evitar possíveis boicotes e, assim, conseguir realizar as mudanças desejadas.

Vontade, coragem e estratégia

O anseio de mudar é importante, pois serve como motivador e encorajador para realizar as ações necessárias. Para isso, é fundamental ter um bom planejamento. Refletir, ponderar, criar estratégias e prazos é essencial para alcançar aquilo que se quer.

Alguns aspectos nesse processo merecem uma atenção especial. Abaixo estão alguns deles:

  • Toda mudança leva a algum tipo de perda. É preciso colocar isso em perspectiva. Para morar em uma nova cidade, por exemplo, é preciso perder o conforto do ambiente conhecido. As perdas são naturais e positivas em certa medida, fazem parte do movimento da vida e são necessárias para que novas situações possam de fato acontecer.
  • Por mais que haja planejamento e estratégias de ação, por mais que haja vontade, existe um elemento essencial para fazer a passagem da situação antiga para a nova: Coragem! Essa capacidade de enfrentamento dos desafios é essencial para abrir o caminho e chegar onde é preciso. A coragem junto à fé, de que a mudança é o melhor caminho a seguir, é o que sustenta a travessia. Quando abrimos mão da situação segura e estamos construindo uma nova, as dúvidas tendem a surgir intensamente: Será que fiz certo? Será que vou dar conta? Isso acontece porque a situação nova ainda está se formando, não é possível colher frutos ainda, é preciso investir tempo, energia e esperar com coragem e fé.
  • Mudar deve atender o anseio de levar o sujeito para uma realidade mais condizente com aquilo que traz sentido para a sua vida e consequentemente mais satisfação e alegria, mas isso não quer dizer que não haverão dificuldades. Problemas existirão sempre, o que muda é a condição emocional da pessoa. Quando se faz uma escolha em direção a uma nova situação e a mudança é concretizada, a sensação de realização traz contentamento e a pessoa tende a se tornar mais tolerante perante as adversidades e mais capaz de superar os próprios desafios.

A essência

Uma vez li uma frase que me chamou a atenção e cabe bem nesse momento: “É importante não perder de vista as coisas que te encantam, pois ali há um pouco da tua essência.”

Quanto mais nos distanciamos daquilo que nos encanta em função do que é puramente conveniente, mais a vida perde seu sentido. Ás vezes não percebemos esse distanciamento e quando nos damos conta estamos muito longe daquilo que nos traz alegria. Nesse momento a semente de uma transformação é plantada e é importante olhar para ela com coragem e avaliar se é a hora de iniciar uma transição com todos os desafios e satisfações que essa mudança irá trazer.”

Escrito por Marcela Pimenta Pavan todos os direitos reservados.

10 Maneiras de ser mais feliz no trabalho

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on novembro 26, 2013 by Psiquê

O portal Nibo trouxe um post sobre as 10 Maneiras de Ser Mais Feliz no Trabalho. O blog 99jobs também compartilhou e eu também resolvi colocar aqui no nosso Espartilho. Leia na íntegra e fique à vontade em comentar:

f57e5d90a3ae44b62bc6b624779c7a75

Felicidade é uma busca constante do ser humano. Ser feliz depende em grande parte de como você lida com outros e com as suas próprias emoções. A maior parte de nosso dia, passamos no trabalho, por isso é extremamente importante para nos sentirmos de “bem com a vida” que isso comece nos momentos mais simples, mas que exigem produtividade. Nessa lista de regras básicas juntamos 10 maneiras para ser feliz no trabalho.

1. Não se compare com os outros!!!

Todo mundo tem uma história de vida diferente, sendo diferente, não existe comparação. A trajetória da sua carreira é exclusivamente sua! Estipular comparações é uma perda de tempo enorme, além de desgastante para a cabeça.

2. Não dê importância demais a coisas fora do seu controle!!!

É claro que é importante que você esteja informado sobre a economia, seu mercado de atuação, etc. Mas não deixe que situações fora do seu controle te corroam por dentro. O seu foco deve se manter nas coisas que você tem domínio: seus pensamentos e suas atitudes.

3. Conheça seus limites!!!

Embora seu trabalho possa parecer a principal fonte de sobrevivência, não é a coisa mais importante do mundo. É necessário que mantenha sua integridade e privacidade. Nunca deixe que seu trabalho te jogue para baixo.

4. Não se comprometa com mais do que pode cumprir!!!

Compreenda e reconheça o que você pode fazer em um determinado prazo de tempo. Se algo parecer muito complexo, expresse isso a sua equipe com clareza e reorganize os prazos e tarefas de maneira adequada.

5. Comunique-se com clareza!!!

A maior parte do estresse em qualquer trabalho de equipe é resultado de má comunicação. E-mails mal interpretados, projetos mal explicados, expectativas mal alinhadas (entre outros) são causadores de mal estar. Tome medidas simples para ter certeza de uma boa comunicação.

6. Seja educado!!!

Parece simplista, mas não é. No dia a dia, agradeça as pessoas que fazem parte do seu cotidiano e torne a convivência mais agradável.

7. Pare de reclamar e ache soluções!!!

Ser a pessoa que está sempre reclamando é uma forma de propagar energia negativa. Isole o problema que você está observando e gere uma solução eficiente ou envolva sua equipe para encontrar uma solução em grupo.

8. Seja responsável pelo seu próprio bem!!!

Ninguém é mais interessado no seu bem-estar que você próprio. Faça algo ame todos os dias, seja tomar um café no meio da tarde ou criar um ambiente de trabalho confortável.

9. Procure por feedback!!!

Você é responsável pela sua carreira. Caso deseje ser cada vez mais um bom profissional, saiba suas qualidades, mas principalmente em que precisa melhorar mais. Peça feedback não apenas aos seus superiores, porém de colegas e clientes. Muitos profissionais procuram se aconselhar com mentores da mesma empresa, buscando inspiração naqueles que já percorreram um árduo caminho.

10. Seja flexível!!!

Com os outros e com você mesmo. Reajuste-se e readapte-se às novas funções, pessoas e projetos. Empresas passam por fases e reestruturações. Aprenda a tirar o máximo de cada situação, repensando no seu próprio desempenho conforme as mudanças ao seu redor.

Fonte: nibo.com.br

Virgem

Posted in Comportamento, Curiosidades with tags , , , , , , , , , , , , , , , , on maio 19, 2010 by Psiquê

Eu, como boa virginiana, adoro o meu signo, ainda que ele carregue alguns pesos. Não ia postar isso, pois sou muito cética com horóscopos de revistas, mas não resisiti, pois as “previsões” são muito positivas.

Revista Marie Claire publicou o horóscopo semanal de 17 a 23 de maio, destaco o do meu signo, mas quem quiser ver o seu, clique aqui.

Virgem 23/8 a 22/9

Reveja amigos no início da semana e faça contatos com pessoas de outros lugares. Amor em alta na terça: aproveite conexão positiva entre Lua e Júpiter para expressar o seu carinho por alguém especial. A fase promete otimismo e sucesso profissional. A entrada do Sol na sua área da carreira aumentará sua visibilidade. Ótimo período para se expor e ocupar mais espaço. Vênus atrairá novas relações. Aceite convite de amigos para se divertir e brilhe nos eventos sociais, estará poderosa!

Maternidade: quando?

Posted in Maternidade with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on junho 8, 2009 by Psiquê
Кирилл Змурчук
Кирилл Змурчук

Há mais ou menos três anos, meus amigos entraram no ciclo dos casamentos. Entre 2006 e 2009, muitos deles casaram. Era casamento atrás de casamentos. Em janeiro deste ano foi a minha vez…

Agora, muitas das minhas amigas entraram no ciclo da maternidade. Entre 2006 e 2009 foram cerca de 15 gestações e atualmente 6 amigas estão grávidas, algumas do segundo filho, outras do primeiro. Parte desse grupo tem apenas um ou dois anos de casado. Até aí, nada demais. Porém quando todo mundo começa a só falar em gravidez, a cobrar a gravidez dos outros eu me pergunto: será a hora certa de ser mãe?

Será que existe hora certa? Se existe ou não eu não sei, mas no momento eu não sinto que deva ser mãe. Ainda tenho que realizar coisas na minha profissão, curtir alguns aninhos de casada ao lado do meu husband, poder viajar por aí, mas o que me incomoda é que algumas pessoas só falam nisso.

A meu ver: decidindo ser mãe agora ou não a escolha é de cada um e devemos respeitar…

Hoje cada vez mais mulheres engravidam com mais idade, seja por causa da carreira e da busca de alguma estabilidade financeira, seja por não se sentir madura antes dessa idade, ou por não ter encontrado o parceiro ideal para fazê-la se sentir pronta. Há inclusive, quem decida ser mãe indepedentemente de parceiro.

Segundo o portal Mais Vida não há idade certa para ser mãe e existem prós e contras em todas as faixas etárias. A matéria fala da tendência das mulheres europeias e brasileiras de engravidar cada vez mais tarde:

“Na Inglaterra, por exemplo, o número de mulheres que se tornam mães pela primeira vez entre os 40 a 44 anos aumentou em 50% na última década, aponta o Departamento de Estatísticas Nacionais do Reino Unido. No Brasil, de acordo com o IBGE, as mães pela primeira vez entre 40 a 49 anos têm aumentado especialmente nos grandes centros urbanos. São mulheres de um segmento populacional com alta escolaridade (59,1% tem oito anos ou mais de estudo) e de alto poder aquisitivo ( 25,7% com rendimento mensal familiar de mais de 10 salários mínimos).

O portal Bebe.com também fala sobre a tendência das mulheres que trabalham de engravidar cada vez mais tarde.

O portal da Revista Vida Simples, trouxe a matéria Filhos na hora certa que trata também do dilema das mulheres na sociedade atual, que por motivos diversos, adiam cada vez mais o momento de ser mãe.

Segundo a reportagem,  o problema é que essa liberdade de escolhas está ligada a algo muito atraente, mas perigoso como dinamite: o sonho (de homens e mulheres) de que se pode ter tudo na vida ao mesmo tempo. “Atualmente a mulher quer ser mãe, profissional de sucesso, boa esposa e ótima amante. O homem quer ser pai e marido presente, profissional empenhado na carreira e ainda ter tempo suficiente para praticar hobbies, viajar e aproveitar a vida. Na prática, isso é difícil. Quase insustentável”, diz o filósofo Renato Janine Ribeiro (Em entrevista à Revista Vida Simples).

A matéria continua: “O preço desse sonho inatingível é muita angústia e ansiedade. Se a mulher escolhe a carreira, sabe que tem um reloginho interno biológico que lhe diz que pode estar passando a melhor época para ter filhos sem maiores riscos…”. E vai além: “Para ter filhos, é preciso já ter encontrado seu lugar no mundo”, diz Beatriz Vidigal, psicóloga especializada em terapia de casais. Em outras palavras, é saudável, sim, buscar uma base firme antes de ter filhos, embora seja provável que uma boa estrutura só seja alcançada depois dos 30 ou mesmo a caminho dos 40 anos. Mas também é prudente admitir que perfeição não existe e que não é preciso esperar por uma situação superideal para se ter uma criança.

Outras dicas interessantes:

Existe hora certa para ser mãe?

Acompanhe a gravidez mês a mês

O corpo da mulher na gravidez

Perguntas e Respostas sobre o parto

Sexo na gravidez: posições confortáveis e prazeirosas

Estrias: como prevenir?

Alimentação na gravidez

Seis razões para tentar parto normal

Receitas para grávidas

Exercícios de Pilates para grávidas

Comendo certo na gestação

A hora certa de ter filhos, para a revista Crescer

Escalda-pés

Guia da futura mamãe

Os ensinamentos do Feng Shui

Posted in esoterismo with tags , , , , , , , , on abril 8, 2009 by Psiquê

bagua-23


Como tenho refletido sobre ambiente de trabalho, energia, vibração e relações pessoais, nada mais adequado do que aplicar um pouco de Feng Shui no local de trabalho. Na semana passada, coloquei em prática algumas dicas dessa arte em minha mesa de trabalho, o que inspirou meus amigos de sala a fazerem o mesmo…

O Baguá acima é bem didático: você deve posicionar a área trabalho sobre a porta principal da casa ou do cômodo (no caso de sua mesa de trabalho, a posição em que senta é a área trabalho) e a partir daí se guiar sobre as demais áreas conforme a figura acima.

Nessas minhas pesquisas na net, acabei conhecendo vários sites interessantes, dentre eles o Feng Shui Lógico, da Stella Vechi.

A Stella Vechi faz uma abordagem muito interessante sobre o Feng Shui no trabalho, trazendo uma série de dicas interessantes que valem para todas as áreas de nossa vida.

Um projeto de Feng Shui tem como objetivo criar harmonia e bem estar em todas as situações da vida humana.

O trabalho é uma das mais importantes funções e responsável por grande parte de nossa satisfação. Como ensina Buda, trabalhe no que você gosta que não precisará trabalhar nenhum dia de sua vida…

Sabemos que muitas coisas podem contribuir para nossa satisfação e bem-estar, e vestir-se com conforto e beleza, nessa ordem, cuidar de si com carinho, aceitar-se, podem fazer maravilhas por nossa disposição interior. Vamos conhecer algumas regras do Feng Shui Pessoal:

  • Ser feliz é uma decisão pessoal. A chave é querer viver melhor e ter boa vontade para tentar formas de encarar nossa realidade;

  • Com que vibração você está sintonizado? Dentro de você está a habilidade e o poder de fazer tudo que precisa ser feito;

  • Este poder estará à sua disposição a partir do momento que você assumir a responsabilidade pelas pequenas decisões que você toma no dia a dia.

Para saber mais sobre Feng Shui:

Harmonia Feng Shui

Harmonize sua casa com Feng Shui

Especial – Feng Shui

Instituto Brasileiro de Feng Shui

Dicas para passar em concursos

Posted in Comportamento, Profissão with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on março 22, 2009 by Psiquê

12894686Photo Klaus Kraiger

Acreditem, hoje no supermercado resolvi comprar uma dessas revistinhas expostas no caixa, de R$1,99 (Revista Ana Maria, nº 649). Algumas das matérias da capa me atraíram…. Ao folheá-la cheguei à matéria: 29 dicas para passar em concursos e resolvi falar sobre isso aqui.

Obviamente não há fórmulas prontas para isso, mas como disse aqui, há alguns posts: estou refletindo sobre minha vida e  achei que isso poderia entrar no contexto e ajudar algumas pessoas.

1. Descubra sua vocação – antes de se inscrever nas provas, procure saber em que área você se daria melhor. Para escolher, pesquise, converse com quem já trabalha na área, assista palestras, etc.

2. Considere as opções – Se for prestar concurso para uma vaga em outro estado, reflita. Será que você topa mudar de cidade? Pense bem.

3. Concorra a várias vagas ao mesmo tempo – preste todos os concursos que quiser, mesmo se não for o emprego dos seus sonhos. Além de ser um ótimo treino, você pode ser aprovada!Assim, dá para continuar estudando para a carreira desejada – com mais tranqüilidade e dinheiro no bolso.

4. Confie em você – Ninguém confia mais em você do que…você mesma! Acredite: passar no concurso depende mais do seu esforço pessoal do que de sorte. Ser aprovada é fruto de estudo e dedicação.

5. Mantenha o foco – Lembre-se dos motivos que levaram você a escolher uma carreira pública. Se foi por causa da remuneração e da estabilidade, cole um cartaz com o salário e a palavra “estabilidade” próximo ao seu canto de estudos. isso a estimulará a ir em frente!

6. Prepare-se com antecedência – Normalmente o edital é publicado de 45 a 90 dias antes das provas. Então, o ideal é iniciar os estudos logo cedo. Reveja as matérias básicas, comuns à maior parte dos concursos pelos quais se interessa. Evite assuntos muito específicos.

7. Organize seu tempo – Faça um planejamento do quanto estudará por dia ou semana, sem deixar de lado o tempo para o descanso e o lazer. Dê prioridade ao que você acha mais difícil. Acompanhe seu progresso: o que falta estudar?

8. Estude conforme o edital – Mantenha o foco no que será exigido na prova. Dedique-se mais a conteúdos que têm peso maior na nota: uma matéria com peso 2 merece o dobro de atenção de uma com peso 1.

9. Você pode aprender qualquer matéria – às vezes, parece impossível estudar algumas disciplinas. Mas não se desespere, com esforço e paciência dá para ter sucesso! Se puder, peça ajuda a um amigo que seja bom na área.

10. Resolva provas anteriores – Ao fazer isso, você conhece vários estilos de prova e percebe o que os examinadores exigem – entender o significado de uma lei ou decorá-la, por exemplo. E você ganha a velocidade necessária para resolver as questões.

11. Não se assuste com a concorrência – è melhor não ficar pensando em quantos candidatos disputam a mesma vaga que você. Isso dá desânimo. pense que muita gente não se preparou para a prova – pelo menos não como você!

Setembro: Mês de Virgem

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , , , , , on setembro 9, 2008 by Psiquê

Photo by fmk photodesign

Segundo as previsões de NOVA para o signo mais feminino do zodíaco (tudo bem estou puxando brasa paraa minha sardinha!), os sinais vitais de VIRGEM (23/08 a 22/09) são:

  1. Pontos fortes: objetividade e organização;
  2. Pontos fracos: implicância e apego a detalhes;
  3. Apelo erótico: seu temperamento misterioso desperta a libido dos homens;

Atividade que precisa fazer até seu aniversário de 2009: Nos próximos meses trate de curtir a vida no que ela tem de melhor. Em 2009, você irá trabalhar bastante e ganhar mais!

Mais dicas de VIRGEM:

Você é objetiva e sente prazer em ajudar os outros. Rápida e perspicaz, tem espírito crítico e dificilmente se ilude com amigos ou com o namorado.

  • CARREIRA: Organizada, competente e perfeccionista, você nasceu para ter êxito. Tende a se sair bem como secretária, economista, administradora, veterinária, médica, farmacêutica, biológa ou nutricionista.
  • AMOR: Sua discrição e elegância atraem como ímã os homens ao redor. É que , por trás da aparente timidez, a virginiana esconde uma libido para lá de incendiária. A vida a dois correrá às mil maravilhas se você conseguir ser mais flexível e não implicar tanto com o amado.
  • CONSELHO CÓSMICO: A atitude esperta é ver além da superfície.