Arquivo para economia

10 Maneiras de ser mais feliz no trabalho

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on novembro 26, 2013 by Psiquê

O portal Nibo trouxe um post sobre as 10 Maneiras de Ser Mais Feliz no Trabalho. O blog 99jobs também compartilhou e eu também resolvi colocar aqui no nosso Espartilho. Leia na íntegra e fique à vontade em comentar:

f57e5d90a3ae44b62bc6b624779c7a75

Felicidade é uma busca constante do ser humano. Ser feliz depende em grande parte de como você lida com outros e com as suas próprias emoções. A maior parte de nosso dia, passamos no trabalho, por isso é extremamente importante para nos sentirmos de “bem com a vida” que isso comece nos momentos mais simples, mas que exigem produtividade. Nessa lista de regras básicas juntamos 10 maneiras para ser feliz no trabalho.

1. Não se compare com os outros!!!

Todo mundo tem uma história de vida diferente, sendo diferente, não existe comparação. A trajetória da sua carreira é exclusivamente sua! Estipular comparações é uma perda de tempo enorme, além de desgastante para a cabeça.

2. Não dê importância demais a coisas fora do seu controle!!!

É claro que é importante que você esteja informado sobre a economia, seu mercado de atuação, etc. Mas não deixe que situações fora do seu controle te corroam por dentro. O seu foco deve se manter nas coisas que você tem domínio: seus pensamentos e suas atitudes.

3. Conheça seus limites!!!

Embora seu trabalho possa parecer a principal fonte de sobrevivência, não é a coisa mais importante do mundo. É necessário que mantenha sua integridade e privacidade. Nunca deixe que seu trabalho te jogue para baixo.

4. Não se comprometa com mais do que pode cumprir!!!

Compreenda e reconheça o que você pode fazer em um determinado prazo de tempo. Se algo parecer muito complexo, expresse isso a sua equipe com clareza e reorganize os prazos e tarefas de maneira adequada.

5. Comunique-se com clareza!!!

A maior parte do estresse em qualquer trabalho de equipe é resultado de má comunicação. E-mails mal interpretados, projetos mal explicados, expectativas mal alinhadas (entre outros) são causadores de mal estar. Tome medidas simples para ter certeza de uma boa comunicação.

6. Seja educado!!!

Parece simplista, mas não é. No dia a dia, agradeça as pessoas que fazem parte do seu cotidiano e torne a convivência mais agradável.

7. Pare de reclamar e ache soluções!!!

Ser a pessoa que está sempre reclamando é uma forma de propagar energia negativa. Isole o problema que você está observando e gere uma solução eficiente ou envolva sua equipe para encontrar uma solução em grupo.

8. Seja responsável pelo seu próprio bem!!!

Ninguém é mais interessado no seu bem-estar que você próprio. Faça algo ame todos os dias, seja tomar um café no meio da tarde ou criar um ambiente de trabalho confortável.

9. Procure por feedback!!!

Você é responsável pela sua carreira. Caso deseje ser cada vez mais um bom profissional, saiba suas qualidades, mas principalmente em que precisa melhorar mais. Peça feedback não apenas aos seus superiores, porém de colegas e clientes. Muitos profissionais procuram se aconselhar com mentores da mesma empresa, buscando inspiração naqueles que já percorreram um árduo caminho.

10. Seja flexível!!!

Com os outros e com você mesmo. Reajuste-se e readapte-se às novas funções, pessoas e projetos. Empresas passam por fases e reestruturações. Aprenda a tirar o máximo de cada situação, repensando no seu próprio desempenho conforme as mudanças ao seu redor.

Fonte: nibo.com.br

Anúncios

10 Dicas para Economizar Luz

Posted in Comportamento, Curiosidades with tags , , , , , , , , , on janeiro 5, 2011 by Psiquê

Bekah Jenkins by Carter Smith

Ganhei uma agenda ecológica supermaneira e com ela aprendi e relembrei algumas dicas bem interessantes.

Vou partilhar algumas ideias aqui com vocês aos poucos. Hoje começamos por 10 dicas para economizar luz. Algumas eu já pratico em minha casa, outras vou passar a adotar.
Vamos lá às 10 dicas para economizar luz:

1. Troque lâmpadas comuns por lâmpadas eletrônicas. Além de serem mais econômicas, têm maior durabilidade;
2. Desligue os aparelhos eletrônicos quando não estiver usando. Eles consomem energia mesmo em “stand by“. (Isso é verdade, economizei muito depois que passei a desligar e não deixar em stand by!);
3. Reduza o tempo do banho e deixe o chuveiro sempre ligado na posição “verão”;
4. Desligue o ventilador quando sair do ambiente. Reduza a potência do ar condicionado e veja se ele está sendo realmente necessário antes de ligar;
5. Evite abrir demais a porta da geladeira, ou deixá-la aberta por muito tempo, pensando antes no que vai pegar;
6. Abra as janelas para entrar luz natural e ar;
7. Procure acumular a roupa para usar o ferro de passar apenas uma vez por semana;
8. Limite também a uma vez por semana a utilização do aspirador e da máquina de lavar roupa;
9. Evite ligar vários aparelhos eletrônicos ao mesmo tempo sem estar utilizando: TV, aparelho de som, computador;
10. Não durma com a TV ligada.

Depois teremos mais dicas de como economizar água e combustível, além de dicas sobre coleta seletiva.

Beijo e boas práticas em 2011!

O mundo é feito de boas idéias

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on maio 15, 2009 by Psiquê

Hoje, navegando pelo Ladybugbrazil encontrei dicas muito interessantes de se Mudar o Mundo e conscientizar os amigos a fazer sua parte também.

Também hoje ao pegar minha conta de luz, tive outro incentivo…

76964765ms5

No último mês resolvi desligar todos os aparelhos não usados das tomadas (ao sair de casa e ao deitar), ao invés de deixá-los em stand by. O resultado foi bastante satisfatório no preço da minha conta de luz. Caiu bastante e isso é muito animador. Reduzir os gastos com energia alegram o bolso e o ambiente.

No que diz respeito ao ambiente, e a conscientização ambiental, o site Mude o Mundo lançou no Natal passado uma série de cartões virtuais que incentivam o consumo consciente, a economia de água, o consumo de alimentos orgânicos, a economia de luz, deixar o carro em casa, utilizar menos papel e sacolas plásticas, ser voluntário, salvar o mundo…

Não precisa nem dizer que EU APOIO ESSA IDEIA  e  que defendo a tese de que, em 2009, esses cartões poderiam ser relançados.

24913737pw8

Como disse, as pequenas novas atitudes podem ser adotadas em nossa rotina diária. Por exemplo, se no seu condomínio, casa ou edifício não há coleta seletiva que tal implementar?

Coleta Seletiva de lixo: separação e recolhimento dos resíduos descartados. Os materiais são separados do lixo orgânico (restos de carnes, frutas, verduras e demais alimentos), o qual é descartado em aterros sanitários para a fabricação de adubos orgânicos. Nesse sistema de coleta seletiva, os itens recicláveis são separados pelo material com que são produzidos: papéis,   plásticos, metais e vidros.

38162235qr2

Outros lixos não recicláveis também devem ser separados, pois ao serem depositados no meio ambiente provocam contaminação do solo: a) pilhas, baterias. Elas devem ser separadas e entregues em postos de coleta para que tenham um destino específico; b) lixos hospitalares também costumam estar infectados com vírus e bactérias e devem ser armazenados de forma segura e levados para incineração em locais apropriados.

 Além de ser uma fonte de renda, a coleta seletiva é uma ação que pode beneficiar as gerações futuras e reaproveitar de modo sustentável o nossos bens naturais.

89926855yg0

Outra iniciativa importante do Mude o Mundo, foram as 50 dicas contra o Aquecimento Global adaptadas e traduzidas do Global Warming Facts.

  1. Troque suas lâmpadas incandescentes por fluorescentes
    Lâmpadas fluorescentes gastam 60% menos energia que uma incandescente. Assim, você economizará 136 quilos de gás carbônico anualmente.
  2. Limpe ou troque os filtros o seu ar condicionado
    Um ar condicionado sujo representa 158 quilos de gás carbônico a mais na atmosfera por ano.
  3. Escolha eletrodomésticos de baixo consumo energético
    Procure por aparelhos com o selo do Procel (no caso de nacionais) ou Energy Star (no caso de importados).
  4. Não deixe seus aparelhos em standby
    Simplesmente desligue ou tire da tomada quando não estiver usando um eletrodoméstico. A função de standby de um aparelho usa cerca de 15% a 40% da energia consumida quando ele está em uso.
  5. Mude sua geladeira ou freezer de lugar
    Ao colocá-los próximos ao fogão, eles utilizam muito mais energia para compensar o ganho de temperatura. Colocar roupas e tênis para secar atrás deles então, nem pensar! Mas isso ninguém mais faz hoje em dia… faz?
  6. Descongele geladeiras e freezers antigos… se é que você ainda tem um!
    Se for o caso, considere trocar de aparelho. Os novos modelos consomem até metade da energia dos modelos mais antigos, o que subsidia o valor do eletrodoméstico a médio/longo prazo.
  7. Feche suas panelas enquanto cozinha
    Simples, não? Ao fazer isso você aproveita o calor que simplesmente se perderia no ar. Já as panelas de pressão economizam cerca de 70% do gás utilizado!
  8. Use a máquina de lavar roupas/louça só quando estiverem cheias
    Caso você realmente precise usá-las com metade da capacidade, selecione os modos de menor consumo de água. Se você usa lava-louças, não é necessário usar água quente para pratos e talheres pouco sujos. Só o detergente já resolve.
  9. Tome banho de chuveiro
    E de preferência, rápido. Um banho de banheira consome até quatro vezes mais energia e água que um chuveiro.
  10. Use menos água quente
    Aquecer água consome muita energia. Para lavar a louça ou as roupas, prefira usar água morna ou fria.
  11. Pendure ao invés de usar a secadora
    Você pode economizar mais de 317 quilos de gás carbônico se pendurar as roupas durante metade do ano ao invés de usar a secadora.
  12. Nunca é demais lembrar: recicle
  13. Faça compostagem
    Cerca de 3% do metano que ajuda a causar o efeito estufa é gerado pelo lixo orgânico doméstico. Aprenda a fazer compostagem: além de reduzir o problema, você terá um jardim saudável e bonito.
  14. Reduza o uso de embalagens
    Embalagem menor é sinônimo de desperdício de água, combustível e recursos naturais. Prefira embalagens maiores, de preferência com refil. Evite ao máximo comprar água em garrafinhas, leve sempre com você a sua própria.
  15. Compre papel reciclado
    Produzir papel reciclado consome de 70 a 90% menos energia do que o papel comum, e poupa nossas florestas.
  16. Utilize uma sacola para as compras
    Sacolinhas plásticas descartáveis são um dos grandes inimigos do meio-ambiente. Elas não apenas liberam gás carbônico e metano na atmosfera, como também poluem o solo e o mar. Quando for ao supermercado, leve uma sacola de feira ou suas próprias sacolinhas plásticas.
  17. Plante uma árvore
    Uma árvore absorve uma tonelada de gás carbônico durante sua vida. Plante árvores no seu jardim ou inscreva-se em programas como o SOS Mata Atlântica ou Iniciativa Verde.
  18. Compre alimentos produzidos na sua região
    Fazendo isso, além de economizar combustível, você incentiva o crescimento da sua comunidade, bairro ou cidade.
  19. Compre alimentos frescos ao invés de congelados
    Comida congelada consome até 10 vezes mais energia para ser produzida. É uma praticidade que nem sempre vale a pena.
  20. Compre orgânicos
  21. Coma menos carne
    O metano, emitido por bois e vacas é um dos maiores responsáveis pelo efeito estufa. Além disso, a produção de carne demanda uma quantidade enorme de água e terras.
  22. Ande menos de carro
    Use menos o carro e mais o transporte coletivo (ônibus, metrô) ou o limpo (bicicleta ou a pé). Se você deixar o carro em casa 2 vezes por semana, deixará de emitir 700 quilos de poluentes por ano.
  23. Não deixe o bagageiro vazio em cima do carro
    Qualquer peso extra no carro causa aumento no consumo de combustível. Um bagageiro vazio gasta 10% a mais de combustível, devido ao seu peso e aumento da resistência do ar.
  24. Mantenha seu carro regulado
    Calibre os pneus a cada 15 dias e faça uma revisão completa a cada seis meses, ou de acordo com a recomendação do fabricante. Carros regulados poluem menos. A manutenção correta de apenas 1% da frota de veículos mundial representa meia tonelada de gás carbônico a menos na atmosfera.
  25. Dirija com atenção e não desperdice combustível
    Escolha as marchas corretas, utilize o freio de mão ao invés do pedal quando possível, desligue o carro quando ele ficar mais de 1 minuto parado. Dessa forma, você economiza dinheiro, combustível e o meio-ambiente.
  26. Lave o carro a seco
  27. Quando for trocar de carro, escolha um modelo menos poluente
  28. Use o telefone ou a Internet
    A quantas reuniões de 15 minutos você já compareceu esse ano, para as quais teve que dirigir por quase uma hora para ir e outra para voltar? Usar o telefone ou skype pode poupar você de stress, além de economizar um bom dinheiro e poupar a atmosfera.
  29. Voe menos
    Deixar de pegar um avião apenas uma ou duas vezes por ano faz uma diferença significativa para a atmosfera. Se você não pode se dar esse luxo, que tal neutralizar suas emissões?
  30. Incentive sua escola, trabalho ou condomínio a reduzir suas emissões
  31. Economize CDs e DVDs
    CDs e DVDs sem dúvida são mídias eficientes e baratas, mas você sabia que um CD leva cerca de 450 anos para se decompor e que, ao ser incinerado, ele volta como chuva ácida (como a maioria dos plásticos)?
    Utilize mídias regraváveis, como CD-RWs, drives USB ou mesmo e-mail ou FTP para carregar ou partilhar seus arquivos. Hoje em dia, são poucos arquivos que não podem ser disponibilizados virtualmente ao invés de em mídias físicas.
  32. Proteja as florestas
    Por anos os ambientalistas foram vistos como “eco-chatos”. Mas em tempos de aquecimento global, as árvores precisam de mais defensores do que nunca. O papel delas no aquecimento global é crítico, pois mantém a quantidade de gás carbônico controlada na atmosfera.
  33. Considere o impacto de seus investimentos
    O dinheiro que você investe não rende juros sozinho. Isso só acontece quando ele é investido em empresas ou países que dão lucro. Na onda da sustentabilidade, vários bancos estão considerando o impacto ambiental das empresas em que investem o dinheiro dos seus clientes. Informe-se com o seu gerente antes de escolher o melhor investimento para você e o meio ambiente.
  34. Informe-se sobre a política ambiental das empresas que você contrata
  35. Desligue o computador
    Muita gente tem o péssimo hábito de deixar o computador de casa ou da empresa ligado ininterruptamente, às vezes fazendo downloads, às vezes simplesmente por comodidade. Desligue o computador sempre que for ficar mais de 2 horas sem utilizá-lo e o monitor por até quinze minutos.
  36. Considere trocar seu monitor
    O maior responsável pelo consumo de energia de um computador é o monitor. Monitores de LCD são mais econômicos, ocupam menos espaço na mesa e estão ficando cada vez mais baratos. O que fazer com o antigo? Doe a instituições como o Comitê para a Democratização da Informática.
  37. Não troque o seu iPod ou celular
  38. No escritório, desligue o ar condicionado uma hora antes do final do expediente
    Num período de 8 horas, isso equivale a 12,5% de economia diária, o que equivale a quase um mês de economia no final do ano. Além disso, no final do expediente a temperatura começa a ser mais amena.
  39. Não permita que as crianças brinquem com água
  40. No hotel, economize toalhas
    Em alguns hotéis, o hóspede tem a opção de não ter as toalhas trocadas diariamente, para economizar água e energia.
  41. Participe de ações virtuais
    A Internet é uma arma poderosa na conscientização e mobilização das pessoas. Um exemplo é o site ClickÁrvore, que planta árvores com a ajuda dos internautas. Informe-se e aja!
  42. Instale uma válvula na sua descarga
    Instale uma válvula para regular a quantidade de água liberada no seu vaso sanitário: mais quantidade para o número 2, menos para o número 1!
  43. Economize água em suas viagens
    Ao viajar para regiões onde a água é escassa, economize mais ainda.
  44. Recicle árvores e cartões de Natal
  45. Não peça comida para viagem
    Se você já foi até o restaurante ou à lanchonete, que tal sentar um pouco e curtir sua comida ao invés de pedir para viagem? Assim você economiza as embalagens de plástico e isopor utilizadas.
  46. Regue as plantas à noite
    Ao regar as plantas à noite ou de manhãzinha, você impede que a água se perca na evaporação, e também evita choques térmicos que podem agredir suas plantas.
  47. Frequente restaurantes naturais/orgânicos
  48. Vá de escada
    Para subir até dois andares ou descer três, que tal ir de escada? Além de fazer exercício, você economiza energia. Se você vai de elevador, a boa-educação manda que você espere quem ainda está chegando, certo?
  49. Faça sua voz ser ouvida pelos seus representantes
    Use a Internet, cartas ou telefone para falar com os seus representantes em sua cidade, estado e país. Mobilize-se e certifique-se de que os seus interesses – e de todo o planeta – sejam atendidos.
  50. Divulgue essa lista!

Vamos nessa, meus amores. Cada um de nós pode fazer a sua parte. BOM TRABALHO!

82571574xc3

Case, mas economize

Posted in Casamento with tags , , , , , , , , , , , , , , on julho 5, 2008 by Psiquê

Mesmo planejando a festa dos seus sonhos, seguindo dicas interessantes você pode poupar aqui e ali, sobrando verba para reinvestir ou curtir de outra maneira. O portal Noivinha Feliz, traz dicas bem interessantes de economia.
Veja abaixo algumas dicas de economia que podem ser facilmente aplicadas com um pouco de pesquisa, criatividade e planejamento.

Convites de Casamento
Façam vocês mesmos seus próprios convites de casamento. Os convites não precisam ter muitos detalhes desnecessários –lembre-se que a maioria dos convidados recebem os convites e só vêem naquele momento, depois ele vai pro fundo da gaveta ou pro cesto de lixo. A simplicidade também fica de bom gosto. Você pode ser a calígrafa dos seus convites se tiver uma letra bonita e fique atenta aos erros de ortografia –se não quiser fazer à mão, faça no computador, existem várias fontes grátis e muito bonitas para serem usadas num convite (duas fontes muito utilizadas são Antique Roman e London Script). Ah, e não esqueçam de como direcionar os convites de maneira correta aos seus convidados.

Ajuda dos Amigos
Aceite ajuda das amigas e familiares. Todos irão se sentir especiais em compartilhar esses momentos. Aceite, por exemplo, uma casa de algum amigo que seja bonita e que comporte uma festa ou a ajuda de alguma pessoa próxima que tenha dotes culinários para fazer os docinhos, salgadinhos, bolo da noiva, bem casados, etc. Não esqueça de sempre agradecer o carinho das pessoas que estão lhe ajudando. Ofereça um jantar especial em sua casa logo após a lua de mel. Todos ficarão muito felizes

Comida
Os horários mais baratos para se fazer a recepção são de manhã e a tarde. Ao invés de servir um jantar completo, você poderá servir um coquetel ou um Bolo com Champanhe com uma mesa de frios, o que torna uma recepção mais leve –também para o bolso. Sem falar que a redução de bebidas alcoólicas nesses horários, diminuem bastante no orçamento. (Mas pesquise, pois festas nesses horários também podem sair caras)

Bebidas
Uma opção para inovar nas bebidas, é usar o champanhe com vários tipos de sucos naturais formando assim os coquetéis de diversos sabores e cores. Além de gostoso, visualmente fica muito bonito. Saiba também o cálculo certo de bebidas para uma festa para não faltar e nem sobrar.

Bolo e Doces
Em alguns casamentos, muitas vezes o bolo da noiva sobra. O motivo é que, com tantos doces, o bolo acaba sendo dispensado. Então, a sugestão é que diminua a quantidade de doces para poder distribuir o bolo do casamento aos seus convidados. E os doces nem farão falta –mas não deixe de tê-los à sua mesa, ok? Voltando ao bolo de casamento, encomende dois, um bem bonito para cortarem na hora das fotos e o outro de mesmo sabor, só que menos elaborado e sem efeites (mais barato) para oferecer com uma calda de chocolate aos convidados.

Fotografia
Reúna vários amigos e convidados e peçam pra que eles tirem várias fotos do seu casamento. Hoje em dia, as máquinas digitais fazem milagres e tiram fotos com bastante qualidade. Mas é sempre aconselhável ter algum fotógrafo profissional para se ocupar dessa tarefa. Você pode economizar juntando ao álbum as fotos de seus amigos, poupando na quantidade de fotos do profissional. Para um efeito mais artístico, tire fotos em preto e branco ou sépia. (Isso mesmo todos devem levar máquina no nosso casamento, depois peça para eles te mandarem!)

Música
Evite as bandas e djs, para quem prefere um casamento barato. As grandes bandas e dj’s cobram um valor relativamente alto para uma festa de casamento. A opção seria uma música ambiente, ou algo mais íntimo como amigos músicos que possam tocar alguma música que os noivos queiram. Você pode também improvisar um dj, gravando as suas músicas prediletas e tocá-la na sua recepção. Se alguém na família souber cantar, convide-a para fazer uma apresentação na cerimônia. (É um presente e tanto!)

Decoração das Mesas
Troque os tradicionais centros de mesa florais por ramos de cereais (trigo, por exemplo), pinte os galhinhos com spray prateado. Use ervas aromáticas, como alecrim, cereja, maçãs. Fica um charme. Uma outra opção é que você mesma faça seus arranjos.

Lembrancinhas do Casamento
Economize nas lembrancinhas do casamento comprando lembranças mais baratas, que tenham a ver com a cara dos noivos. Ou, se preferir, invista nos bem-casados como lembrancinha e envolva-o em uma embalagem bem caprichada que você mesma pode fazer. (Eu voto nos bem-casados!)

Lua-de-Mel
Pesquise antecipadamente o pacote de lua-de-mel. Não vá só pelos lugares “da moda”, existem outras opções muito mais baratas e que irão aproveitar da mesma forma. Veja também que os meses de dezembro, janeiro, junho e julho são os meses mais caros para viajar. (Antecedência é tudo, minha gente. Até passagem de alta temporada pode cair pela metade se pensar antes!)

Veja outras dicas em Dicas para Casamento.