Arquivo para espiritual

Que venha 2015!

Posted in Comportamento, Conscientização with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on dezembro 20, 2014 by Psiquê

a97d5afb3cb1e1128daed48ca7c27dc0

Eis que faltam alguns dias para 2014 chegar ao fim. Um ano de muitas mudanças, transformações, evoluções, rupturas, amadurecimentos. Agradeço por todas esta fases…por todas as etapas vividas e deposito em 2015  esperanças pela consolidação das boas escolhas e de alteração das más.

Estava lendo um pouco sobre as previsões do meu signo no livro: Seu horóscopo pessoal para 2015, de Joseph Polansky e gostaria de compartilhar com vocês as tendências gerais que o autor apresenta para o meu signo: Virgem. Achei interessante, pois esta visão geral coincide com um ciclo que estou vivendo desde 2013 e que se aprofundou bastante em 2014 de uma busca espiritual intensa.

“Desde que Júpiter entrou em sua Décima Segunda Casa em julho do ano passado, você vive um período espiritual intenso. Você está evoluindo espiritualmente – isto é, internamente. Suas capacidades estão sendo ampliadas. Muitos de seus objetivos, que antes pareciam inalcançáveis, agora parecem viáveis. Seu entendimento acerca da vida e de si mesmo está cada vez maior. Entretanto, isso não é visível no exterior, permanecendo ainda como um segredo. (…) Você entrará em um ciclo anual de prosperidade.

(…) Quando uma espécie de sinal espiritual acontece (você viveu muitos no ano passado, e viverá ainda mas este ano), a experiência é muito feliz. A alma sente-se livre. Toda a visão é modificada. Certos pensamentos opressivos são deixados para trás e jamais retornam para atordoá-lo.”

Gostei muito, e alimento ainda mais a esperança de que dias ainda melhores virão. Porque viver é bom demais e saber viver bem e agradecer pelas oportunidades diárias, melhor ainda.

Tenham um excelente final de dezembro e que venha 2015!

Namastê!

Plenitude

Posted in Comportamento, Poesia Erótica with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on setembro 10, 2014 by Psiquê

6dacedb18a161906d1bf72486a91f45d

 

A sensualidade está no todo, no corpo, no gesto, no ar, no gosto, na atitude…

E algo no seu jeito consegue me fazer sentir a plenitude

O que me nutre não pode ser consolidado em palavras, mas está além do entendimento

É sensorial, é sentimental, é espiritual e é imenso, transcende a lógica e a essência das palavras…

Simplesmente você me faz me sentir maior, completa…

Você, Espartilho, me faz inteira… e me faz chegar a cada um que ao se identificar me segue, me acompanha, me nutre e me completa. É como se fosse uma extensão dos meus membros, do meu corpo, do meu ser…

Porque o que trago dentro de mim, exige a expansão, a transcendência, a partilha

Só me sinto completa quando partilho com você o meu eu, minha essência, meu interior, meu coração…

Ao compartilhar, ganho o universo, a completude e a plenitude.

Boa noite, queridos!

 

O que deixar em 2013 e o que levar para 2014?

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on dezembro 20, 2013 by Psiquê

Compartilho mais um texto do site Somos todos um, sobre um tema que já falei aqui há poucos dias, mas que é sempre válido refletir, uma vez que o ano se finda e temos várias expectativas em relação ao novo que se aproxima.

74e621cfdf8bca7e4aea0f72295e34bc

Refazendo as malas: o que deixar em 2013 e o que levar para 2014?, autoria de Rosana Braga

Impossível não pensar que o Ano Novo traz consigo, mesmo que simbolicamente, uma nova chance, um recomeço, uma oportunidade de fazer diferente e melhor! Claro, os mais céticos dirão que dia primeiro de janeiro nada mais é que o dia seguinte ao 31 de dezembro. Pode até ser! Porém, no final das contas, cada dia é o que você acredita que ele seja. Então, por que não aproveitar a data para, de fato, abrir um novo capítulo na sua história?

Há quem, sabiamente, faz um planejamento detalhado, com desejos descritos nas diversas áreas da vida, tais como amor, saúde, profissional, espiritual, alimentação, corpo, entre outras. Não tenho dúvidas de que debruçar-se sobre o exercício de escrever suas metas, colocando datas para alcançá-las, é altamente eficiente para organizar a mente e facilitar o processo de realização de seus sonhos.

Há os que preferem outros rituais. Existem muitos. Desde meditar sobre as perdas e os ganhos durante o ano atual e visualizar melhorias para o ano vindouro, até pular 7 ondas na virada, comer lentilhas, fazer oferendas, assistir à Missa do Galo, doar presentes, usar calcinha nova, entre muitas outras ideias populares ou personalizadas.

Minha sugestão para um Ano Novo que realmente valha a pena tem muito a ver com as lindas dicas de Carlos Drummond de Andrade, no texto Receita de Ano Novo: “(…)para você ganhar um ano não apenas pintado de novo, remendado às carreiras, mas novo nas sementinhas do vir-a-ser; novo até no coração das coisas menos percebidas (a começar pelo seu interior) novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota, mas com ele se come, se passeia, se ama, se compreende, se trabalha, (…) Não precisa fazer lista de boas intenções para arquivá-las na gaveta. Não precisa chorar arrependido pelas besteiras consumadas nem parvamente acreditar que por decreto de esperança a partir de janeiro as coisas mudem e seja tudo claridade, recompensa, justiça entre os homens e as nações, (…) Para ganhar um Ano Novo que mereça este nome, você, meu caro, tem de merecê-lo, (…) É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre.”

Ou seja, Ano Novo não tem a ver com perfeição ou virar tudo às avessas. Tem a ver com consciência, aprendizado. Refazer as malas para esta nova viagem da vida aproveitando o que ainda serve, o que é bonito e nos cabe muito bem, e abrindo mão do que já não serve mais, já não condiz com quem nos tornamos depois de tudo o que vivemos neste Ano que está ficando para trás.

Então, desapegue-se das crenças limitantes. Construa algumas novas, edificantes. Reescreva seu perfil. Mude de ideia, sim, se considerar que a nova é mais a sua nova cara. Não há nada de errado em se refazer de um jeito diferente. Como diz o sábio Zé Simão, “quem fica parado é poste”. E tem mais: síndrome de Gabriela (“(…) Eu nasci assim, eu cresci assim. E sou mesmo assim, vou ser sempre assim (…)” – Gal Costa) nunca levou ninguém ao oásis de si mesmo.

E no que se refere ao amor que você deseja viver em 2014, saiba que primeiro precisa acreditar, de fato e de direito, que merece! Depois, reflita sobre o que pensou, até então, a respeito de si mesmo, de seu par (ou futuro par) e sobre relacionamento ou casamento. Em geral, quem não vive o amor que deseja é porque está se comportando com base em crenças equivocadas e que servem bem mais como armadilhas e obstáculos do que como trampolim ou atraentes desse amor! Encha-se e preencha-se de alegria e entusiasmo e viva um Ano Novo de luz, paz e amor, literalmente!

Mercúrio na casa 8

Posted in Astrologia, Comportamento, esoterismo, você with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on março 14, 2013 by Psiquê

157837161912294147_yaVyL49u_c

O Personare trouxe uma matéria analisando a relação entre a astrologia e a maneira como você usa a sua mente, eu tenho que confessar que adoro estas coisas e resolvi partilhar com vocês.

O meu resultado é, Mercúrio na casa 8, mas quem quiser consultar a reportagem do site, fique à vontade.

Utilização Positiva

Pessoas com Mercúrio na 8ª casa do Mapa têm a mente profunda, penetrante e habilitada a lidar com temas mais densos e complexos. Os variados assuntos ligados à vida espiritual também são de seu agrado. Vivem querendo descobrir a chave do “baú do inconsciente”. Falam com segurança e assertividade sobre assuntos considerados tabus. Escolhem a dedo o que é proibido ou velado como: sexo, morte, questionamentos psicológicos, temas subjetivos e preconceitos. São estrategistas inatos, de mente analítica, observadora e super atenta. Planejam tudo com grande cuidado para que possam atingir o alvo desejado, sem nenhuma possibilidade de erro. Em alguns casos, podem organizar e montar negócios associativos e propiciar grandes lucros a todos os sócios.

Utilização negativa

Com Mercúrio mal utilizado nesta posição, a pessoa pode ser dona de uma língua ferina, sarcástica e aquela que não hesita em magoar profundamente o outro quando quer se vingar. Há uma tendência obsessiva de manipular a maneira de ser e pensar das pessoas, tentando dominá-las, para que elas sigam e concordem com suas ideias e ações. Resistem às mudanças e às ideias dos outros, e têm um mórbido prazer de controlar, inibir e influenciar por meio de seus pensamentos. Correm o risco de passar por sérios e traumáticos desentendimentos com associados ou parentes, por causa de questões legais, contratuais, heranças ou testamentos. Fascinados pelos assuntos ligados à sexualidade, leem, escrevem e vivem à procura de relatos que contenham algum tipo de informação para abastecer a sua curiosidade insaciável e recorrente sobre estes temas.