Arquivo para experiências

Feliz Ano Novo!

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , on janeiro 1, 2017 by Psiquê

681220_70

Chegamos a 2017, rapidamente, chegamos ao décimo ano de vida. E com ele, mais uma página em branco, livre para escrevermos 365 novos dias de histórias, ideias, sonhos, realidades, experiências, desejos.

Evidentemente, que a passagem do ano, não passa de uma convenção em que diversas partes do mundo celebram de formas, em momentos e intervalos diferentes…

…apesar do simbolismo da passagem, ela nos traz sempre uma oportunidade de reflexão para repensarmos o que vivemos, fazer balanços sobre o que foi bom e ruim e escrever novos capítulos ou novas formas de viver.

Que venha 2017, com muitas novas chances de sermos felizes.

 

Tempo

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on agosto 30, 2015 by Psiquê

Tomasz Dziubinsk 6

Recentemente alguns amigos têm falado muito sobre envelhecer, embora ainda estejam na flor da idade. E isso tudo tem me feito pensar na importância de se viver bem cada minuto, valorizar as coisas que realmente importam e, essencialmente, ser grato pela oportunidade de viver cada dia.

Evidentemente, sinto-me privilegiada em vários pontos: ter saúde, me achar uma pessoa bonita, interessada e interessante, amar a minha vida, querer sempre mais, buscar ter uma vida com hábitos saudáveis, ser respeitosa para com o outro, lutar pela igualdade e respeito ao próximo, procurar sempre conhecer mais coisas, lugares e pessoas.

Não consigo entender como as pessoas optam por perder tempo, pensando em não deixar o tempo passar ou lamentando por sua passagem.

Nossa vida, em termos relativos, é muito curta e não faz nenhum sentido, deixar esse pouco tempo passar reclamando, lamentando ou vivendo infeliz. Quantas coisas boas podemos fazer com nossa vida. Mesmo que nem tudo dependa de nossa vontade, é de nossa inteira responsabilidade a maneira como escolhemos viver cada segundo e encarar as experiências pelas quais passamos. Podemos viver bem ou perder tempo sofrendo por não gostar das escolhas que fazemos diariamente. Para mim, definitivamente, viver assim é uma perda de tempo.

Assuma as rédeas de sua vida e seja grato pela oportunidade de viver cada novo dia, como uma nova oportunidade de viver melhor.

Let’s be grateful! Namastê.

Novos tempos, novos ventos, novos afazeres…

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on abril 14, 2014 by Psiquê

2814132

Novos tempos, novos ventos, novos afazeres…

Sabe quando você acolhe uma mudança em sua vida e, por mais que os benefícios ainda sejam iminente, a sensação é de estar no caminho certo?

A certeza de que aquela mudança, correção de rumo, ou até aquele sacrifício faz parte de sua trajetória em busca de algo maior é compensador…

Hoje vi uma frase bem legal atribuída à personagem Carrie Bradshaw, “maybe you have to let go of who you where to become who you will be“. Uma tradução  livre diria que: “talvez você tenha de abrir mão de quem você era para se tornar quem você ser“…

É exatamente essa a minha sensação, quando me perguntam se as mudanças que aceitei para a minha vida neste mês valeram a pena, se sinto falta do que passou eu digo e reafirmo: tudo o que vivi foi fundamental para o que me tornei hoje, mas foi bom enquanto durou…

Sabedoria é reconhecer que cada uma das experiências pelas quais passamos é parte integrante do que nos tornamos ao vivenciá-las. Não devemos nos arrepender, nem lamentar, nem viver uma nostalgia constante, pensando que somente o passado era bom, confortável, etc.

Tudo o que vivemos faz parte da nossa formação, do nosso amadurecimento.

Estou muito animada com os dias que estão por vir, pelo que estou vivendo agora, mas sinto-me gratificada por tudo o que passei até aqui, mesmo os vários momentos em que sofri, chorei, me entristeci…

Obrigada por tudo!

Quando menos se espera…

Posted in Comportamento, Curiosidades with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on março 14, 2014 by Psiquê

0e547fe96f24babea1882cfb849110ee

Muitas vezes somos tão ansiosos em esperar resultados, que as coisas mudem, que as respostas cheguem, mas não nos damos conta que os resultados não vêm apenas quando queremos, mas quando estamos preparados…

Derramamos lágrimas, roemos unhas, brigamos, desistimos e de repente, algo inesperado acontece, uma resposta surge e as coisas parecem se encaixar tão perfeitamente que nos parece impossível não ter algo ou alguém no controle.

Muitas vezes queremos algo, mas ainda não estamos preparados para recebê-lo e se nos fosse dado antes da hora, provavelmente teríamos dificuldade de administrar com o nosso melhor aquela oportunidade.

Precisamos sempre correr atrás dos nossos objetivos e sonhos, sabendo viver as experiências, aprendendo com elas quando forem boas ou ruins, pois com certeza o resultado será sempre para melhor. Mesmo sofrendo, ficamos mais fortes para enfrentar situações posteriores similares.

Quantas vezes queremos muito algo e não conseguimos e logo em seguida, quase sem percebermos, uma outra porta se abre, talvez até melhor do que aquela. As oportunidades podem até levar um tempo, mas cabe a nós sabermos sempre aprender com aquilo que vivemos. Essa é a grande sabedoria. Difícil, talvez, mas sábio.

“Eu aprendi que tudo nessa vida tem um propósito. As vezes até pensamos que o mundo está desabando em nossa cabeça ou que Deus está contra nós, por isso que já vi tanta gente perdendo a fé. Mas acredite, vai passar, sempre passa… Eu sei, as vezes demora, para mim também já foi assim, mas isso não significa que o mundo está contra você. Ou você tem coisas a mais para aprender ou tem coisa muito melhor reservada pra ti. Ou uma ou outra. Pode crer, no final das contas você vai sair ganhando!” Adriana Mayer

Bom final de semana a todos!

Meu prazer em criar e manter o Espartilho

Posted in Comportamento, você with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on dezembro 18, 2013 by Psiquê

15a0ebd3a51cc9d8fc332b43cd558661

Ontem estava fazendo um balanço de 2013 e começando a alinhavar minhas expectativas para 2014, quando comecei a pensar sobre o quanto este espaço aqui tem sido e é importante para mim. Um espaço de compartilhamento de coisas e ideias que acho legais. Às vezes um tanto quanto confessional, às vezes reflexivo, às vezes apenas contemplativo. O importante é que ele me acompanha, com todas as mudanças, dificuldades, alegrias e sonhos que vivo ao longo dos anos…

Eu simplesmente tento concretizar em imagens, palavras e dicas,  tudo aquilo que pulsa em meu coração e que muitas vezes não posso dizer abertamente. Para vocês que por livre e espontânea vontade resolveram me seguir, me acompanhar…surge uma espécie de cumplicidade. Alguns levam meses sem falar nada e numa palavra se identificam por alguma situação que também estão vivendo. Muitas vezes são experiências pelas quais todos nós estamos suscetíveis a passar…

Obrigada a todos vocês que silenciosa ou abertamente me seguem, me lêem, me “ouvem”, me acompanham, me amam, me odeiam, me admiram, me respeitam…e entendem a importância que esse espaço tem para mim.

Este é um espaço que construí exatamente para isso, para expor ideias que pudessem ajudar alguém mesmo atemporalmente, compartilhar experiências que me impulsionaram e que podem impulsionar alguém, enfim…Se deparar com uma vida que pudesse ao ler o que escrevo, encontrar um afago, uma esperança, uma motivação.

Eu sou apaixonada pelo Espartilho e quero que vocês cresçam e se multipliquem (rsrs). E continuem me seguindo secreta ou abertamente, do jeito que preferirem.

Agradeço imensamente pelas experiências que vivi em 2013 e que 2014 seja um ano de muitas, muitas conquistas e transformações. Afinal é a mudança que nos move!

As experiências e o valor das coisas…

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , on maio 31, 2013 by Psiquê
Yoga

Yoga

 

Não é novidade para quem me conhece que sou pouco deslumbrada em relação certas coisas. Claro que dou valor à alguns luxos, confortos, lugares, comidas, bebidas e opções de boa qualidade…gosto muito e sou bastante exigente em relação a boas escolhas…porém há coisas que deslumbram as pessoas que definitivamente não me enchem os olhos.

Na última semana passei por situações que, a princípio, podem ter sido mal interpretadas, mas que no final se revelaram coerentes com o contexto. Há pessoas de meu convívio que acreditam e defendem que “fama”, “mídia”, “status”, “dinheiro” são suficientes para preencher seus vazios existenciais. A meu  ver esses elementos são tão fugazes, quanto a sensação de prazer instantânea que sentimos ao comprar um objeto que desejamos.

Posso parecer sonhadora ou pedante demais, mas a meu ver nenhuma “celebridade”, “liderança”, “autoridade” ou “pessoa possuidora de mais posses” é melhor ou pior que outrem, pelo contrário, existem “riquezas não mensuráveis” que apreendemos quando conversamos, partilhamos experiências ou ao menos damos chance de conhecer o outro. É claro que nem todo mundo tem algo a acrescentar a nossas vidas, mas muitas vezes não cabe a nós julgar o porquê de uma pessoa ter ou não cruzado o nosso caminho. A minha experiência (e/ou meu modo de ver a vida) tem me mostrado que todas as experiências , sejam elas boas ou ruins, dignas de sorrisos ou lágrimas, tem sempre algo a nos ensinar…

Me entristece ver que ao meu redor existem pessoas que tratam as outras ou vivem sob influência do empobrecedor: “você sabe com quem está falando?”, resquício de nosso passado escravocrata, que foi objeto de tantas reflexões e análises ainda no tempo da minha faculdade…

Há pessoas, famosas ou não, lideranças ou não, exemplos ou não, que infelizmente se contentam em passar pela vida com este e outros modelos preconceituosos, limitados e pobres de ver o mundo, ao invés de agradecer e viver a oportunidade de crescer com as diferenças, as experiências, a diversidade cultural…quando enxergamos a riqueza da vida e da convivência com os outros e suas diferentes experiências, chegamos a lamentar a velocidade com que a vida passa e a demora com que enxergamos a possibilidade de, através dela, nos tornarmos seres melhores, mais evoluídos e mais felizes.

Namastê!

Que venha 2013!!!

Posted in Comportamento, Geral with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on dezembro 28, 2012 by Psiquê

2959328
Essa semana que fiz uma brincadeira no trabalho. Tirei o calendário de 2012 da minha mesa, coloquei o de 2013 e atirei o deste ano na lixeira, dizendo assim: cansei! Chega deste ano, que venha 2013!
Claro que isso foi uma brincadeira, mas já estou me abrindo para o novo ano. Ainda faltam 3 dias inteiros de 2012 para vivermos e nestes dias é importante AGRADECER por tudo que passamos no ano que finda.
Todas as experiências, boas ou más fazem parte do nosso processo de amadurecimento e nos tornam pessoas mais fortes.

Por isso devemos sempre agradecer.

Agradecer por…
… cada dia;
… por cada um que conhecemos;
… cada pessoa que chegou e partiu, aquelas que ainda permanecem;
… cada minuto vivido;
… cada sorriso estampado;
… cada lágrima escorrida;
… por todas, todas as experiências…
Afinal, mudamos o tempo todo a partir daquilo que experimentamos na vida e esta oportunidade é única e fantástica!

Antes de começar a traçar suas metas para 2013, o que também é muito importante, pare um minutinho durante estes três dias para agradecer!!!
Que todos nós tenhamos um excelente 2013!