Arquivo para família

Equilíbrio

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , , , on maio 24, 2015 by Psiquê

72e4ca62541a738733231e335b106e85

 

O equilíbrio é uma necessidade na vida de muitas pessoas, se não de todas. Nós mulheres somos muito cobradas em vários aspectos e quando alimentamos o sonho de ser bem sucedidas em todos os aspectos, a busca do equilíbrio diário parece, para mim, o melhor meio de encontrar a felicidade.

Quando me refiro a equilíbrio, quero dizer, dedicar tempo para todas as questões que envolve sua vida: o trabalho, o cuidado com o corpo e a saúde, o amor, a família…mas não é tão fácil assim…

Várias mudanças vêm acontecendo e isso acabou me tirando um pouco daqui, o que para mim, parece um erro…

Por outro lado, a busca do equilíbrio, é diário e a forma que entendo ser a melhor a não sucumbir às pressões desnecessárias que o dia a dia nos impõe.

Ainda não consegui adotar a prática diária da meditação, mas forço-me a pensar o máximo possível que o que importa é o momento presente, apesar de fazer muitos planos. Ao pensarmos no agora, reduzimos a ansiedade de querer cuidar do futuro, nos angustiando com aquilo que ainda não aconteceu…

Trata-se de um exercício constante…

Anúncios

Hoje eu quero agradecer…

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on setembro 9, 2014 by Psiquê

870db71a9d9996b31455e8c886be3bc3

Pode até parecer clichê, mas hoje eu só quero agradecer…

Há alguns dias de celebrar mais um ano de vida, eu me sinto verdadeiramente agraciada pela vida que tenho. Não digo que não tenho problemas, ou momentos em que não vejo o brilho das coisas…

Muitas vezes estou cansada, querendo desistir, descansar,  mudar o rumo, mas a verdade é que me sinto uma vitoriosa por cada dia vivido. Sinto-me mais forte todas as vezes que acordo quando ainda está escuro para cuidar da minha saúde e sigo em direção ao meu treino matinal, meu pilates, meu trabalho, minhas leituras, meu yoga…

Sinto-me agraciada todas as vezes em que acendo um incenso e permito que as energias fluam, desfrutando da possibilidade de sentar no sofá, fazer meu dejejum com alimentos saudáveis, que me fazem bem…

A possibilidade de viver bem esta vida e ser grata por cada dia que recebemos é uma dádiva. Para completar meus dias, eu ainda gostaria de completar ainda mais duas metas: conseguir antes dos meus treinos ou antes de deitar, meditar por alguns minutos diários – desafio que ainda não consegui cumprir, seja porque acordo muito cedo, ou porque à noite ainda não me organizei – e conseguir encaixar mais alguns dias de yoga na minha semana, pois sinto necessidade de mais tempo de prática.

Eu não consigo entender como alguém pode não conseguir enxergar as maravilhas que temos a cada dia de vida:

  • Podem ser as forças da natureza, seja pela chuva, pela linda luz da lua ou o sol maravilhoso. No último domingo, depois de meses, diante de um lindo dia de sol e não muito quente, fui à praia e confesso que foi uma experiência maravilhosa. Curtir o sol ainda que fraquinho, o vento e o som do mar;
  • Conseguir vencer diariamente do desafio da preguiça e me exercitar para diminuir o estresse, dar ao meu corpo físico e mental uma oportunidade de relaxar e liberar toxinas;
  • Alimentar-me com cuidado e amor, sabendo que tudo o que ingiro traz consequências positivas ou negativas ao meu organismo;
  • Ser atenta aos limites do meu corpo, ao cansaço, às dores físicas e às suas necessidades de descanso, massagem, repouso, carinho, sono, etc. 
  • Agradecer, agradecer, agradecer por todas as experiências pelas quais passo e passei e que me tornam esta pessoa que sou hoje;
  • Ser grata a todas as pessoas que conheci ao longo da vida e que dividiram comigo um pouco de suas percepções e experiências, fazendo com que eu pudesse enxergar todas estas maravilhas…
  • Por todas as minhas escolhas rumo a uma vida mais saudável: boa alimentação, yoga, treino funcional, pilates, livros, cinema, família, terapia, amor, o Espartilho, gratidão…

Obrigada! Obrigada! Obrigada!

Namastê!

09b6c83f55263805e62869c408e2a2bc

Não sei como ela consegue

Posted in Casamento, Comportamento, Maternidade, Profissão, Relacionamento, Romance with tags , , , , , , , , , on dezembro 25, 2011 by Psiquê

O filme Não sei como ela consegue estrelado por Sarah Jessica Parker trata dos dilemas da mulher moderna que tentar conciliar beleza, forma física, casamento, trabalho e filhos. Confesso que esses são alguns dos dilemas que afligem não apenas a minha vida, mas a de várias amigas e olha que eu não tenho filhos e tenho dúvidas de como poderia lidar bem com a decisão de conciliar todas essas coisas.

No filme, Kate Reddy (Sarah Jessica Parker) é o modelo de mulher moderna. Divide habilmente seu tempo entre os afazeres domésticos como mãe de família e os profissionais, decorrentes de seu trabalho como analista financeira. Quando a grande oportunidade de ascender na carreira aparece, vê sua vida virar do avesso por causa das inúmeras viagens que têm de fazer ao lado de Jack Abelhammer (Pierce Brosnan), charmoso banqueiro com quem passa a desenvolver um projeto. Kate se vê, então, diante de um dilema: como conciliar amor, trabalho e família e não sucumbir aos encantos do colega de trabalho bonitão?

Meninas, vale a pena assistir!

Visões de mim!

Posted in Curiosidades with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , on julho 10, 2011 by Psiquê

Carla Ossa - via Things That Excite Me

Hoje navegando pelo Facebook, me deparei com a seguinte mensagem: Insista, persista, mas nunca desista que um dia você conquista! A seguir vinha a seguinte recomendação:

“Desligue o seu piloto automático… Planeje melhor e procure viver com mais intensidade pois a vida é feita de momentos e estes devem ser os melhores de usa vida!”

Também na última semana recebi, por email, um jogo em que a mensagem pedia ao destinatário que me descrevesse em apenas uma palavra. Achei tão interessante perceber a diversidade de definições que nossos amigos podem ter de nós mesmos. Aqueles que não são muy amigos sequer responderam, outros não o fizeram por não gostarem de jogos, mas os que o fizeram me deixaram muito feliz. Vejam algumas das respostas:

“Muito legal saber que as pessoas nos veem de maneira tão diferente. Veja algumas das respostas que recebi: persistente, perseverante, coragem, responsável, sexy, linda, multitasking, iluminada, família, ansiosa, transparente, inteligente, admirável… Todas elas se complementam de alguma forma.

Esta é mais uma oportunidade de auto-reflexão!

2011: o ano!

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , , , on janeiro 19, 2011 by Psiquê

Lydie Pages

Que venha 2011!

2011 começou há 19 dias e este mês de janeiro tem sido usado para planejamento.

São novos os planos, as estratégias, as expectativas, as alternativas, as propostas, os sonhos…

Alguns antigos sonhos voltaram à tona, novas estratégias se configuram e o negócio é aproveitar cada segundo que resta desse janeiro para planejar, planejar, planejar. Depois o negócio vai ser se organizar, aproveitar toda e qualquer brecha de tempo e estudar, estudar, estudar. O mais importante é manter o equilíbrio para dosar as expectativas e o trabalho em busca da concretização desses sonhos sem esquecer da saúde, da família, do descanso, do lazer.

Como sempre começo meu ano cheia de esperança de novas conquistas.

Muito obrigada Senhor por todas essas bençãos!

Pare para pensar no que você quer para 2011 nesse comecinho de ano e corra atrás dos seus sonhos!

Chegou 2010!

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on janeiro 2, 2010 by Psiquê

Via Blogando por prazer

Começou mais um ano. E com ele, surgem esperanças renovadas, novos projetos e novas estratégias para alcançar todos os objetivos. 2009 foi maravilhoso e 2010 promete ser ainda melhor.

Quero falar um pouco sobre o significado do número 3, pois a soma de 2010 dá o número 3. E segundo a numerologia, esse é o número do crescimento.

Criatividade pessoal, Ação, Poder de persuasão, Iniciativa, Prestação de serviço. Simbolicamente o número TRÊS é a soma do UM com o DOIS, e é também o resultado harmonioso do efeito da união do UM sobre o aspecto da dualidade do DOIS. O ato criativo resolve o conflito da dualidade visto que o UM indica o “ser” e o DOIS representa o “ser ou não ser”, o número TRÊS vem caracterizar o “fazer”, quer se trate de criatividade pessoal, de ação, de iniciativa ou de prestação de serviço.

Há um sentido de plenitude no número TRÊS, onde quer que seja encontrado. Nas principais religiões mundiais, podemos encontrar Deus descrito de Três maneiras diferentes. Por exemplo, no Cristianismo o Pai, O Filho e o Espírito Santo – No hinduísmo o Brama (o Criador), Vixnu (o Defensor) e Xiva (o Destruidor). A criatividade pessoal é simbolizada pelo número TRÊS, e, quando existe um forte elemento deste número no nome de uma pessoa, pode esperar-se que ela realize e crie mais do que a média das pessoas. Como o número TRÊS simboliza a atividade em si, pode significar que uma pessoa com forte vibração deste número no nome atua em diversos campos. Normalmente estas pessoas tem dificuldade em exprimir-se e pode esperar-se dela atitudes agressivas, negativas e destrutivas.”  Veja mais aqui.

Também não poderia deixar de lado algumas previsões para meu tão querido signo de VIRGEM.

Características

As virginianas possuem uma capacidade instintiva de separar o útil do inútil. Críticas, gostam de colocar seus talentos a serviço dos outros. O problema é que focam tanto nos detalhes que podem se atrapalhar.

Regido por: Mercúrio
Pedras: Ágata amarela e citrino
Cores: Azul, preto e tons pastel
Flores: Açucena, cravo e jasmim
Perfumes: Lavanda e jasmim
Elemento: Terra

História

Deusa da colheita e da fertilidade, Deméter gostava de passear pela Terra. De um romance com Zeus ela teve uma filha, Perséfone. Certo dia, a moça chamou a atenção do senhor do subterrâneo, Hades, que a raptou. Furiosa, Deméter pediu a intervenção de Zeus. Este decidiu que Perséfone viveria nove meses com a mãe, na terra, e três meses com Hades, no reino dos mortos. A partir daí, quando sofre de saudade, Deméter não exerce sua influência sobre a natureza: é o inverno, época em que nada floresce.

Segundo o site MdeMulher, algumas previsões – coerentes, outras nem tanto – em diversas áreas dizem o seguinte:

Profissão

Você só se considera realizada quando se sente indispensável. Por isso, pode atuar como enfermeira ou terapeuta. Não deixe seu perfeccionismo prejudicá-la.

Se o chefe é virginiano: Se há um chefe paranóico por organização e a fim de saber tudo o que acontece ao seu redor, é esse. Quer aumento? Mande um e-mail enumerando pelo menos 12 motivos que provem seu merecimento. Provavelmente não funcionará na hora, mas ele vai adorar saber quanto é eficiente, detalhista e crítica. Quanto à sua criatividade, demonstre-a com modéstia, pois para ser reconhecida é mais importante ficar atenta aos pormenores. Ele não tolera descuido.

Dinheiro

Não costuma arriscar seu dinheiro. Separa uma parte do salário para não ser pega de surpresa. Ótimos parceiros: Leão, Peixes e Libra. Fuja: Touro e Virgem.

Família

A mãe virginiana considera que o erro faz parte do aprendizado. Tudo que você quer é que seu filho seja uma pessoa melhor. Mas evite impor tantas regras.

Mãe: Cumpre as obrigações e espera que os filhos cumpram as deles. Quanto mais organizados eles forem, melhor. Prestativa (às vezes em excesso), não sabe dizer “não” e fica triste quando não é reconhecida. Não há problema, dos filhos ou seus, que não tenha solução rápida. É prática para lidar com tudo. Tem tolerância de sobra, mas faz exigências e críticas com muita freqüência. Filhos criados? Dever cumprido. Um pouco mais de toque físico pode ser um passo para maior aconchego entre todos.

Saúde

Você se cobra demais e isso gera uma indisposição. Permita-se relaxar para prevenir uma gastrite.

Beleza

Gosta de manter um visual impecável, de quem acabou de sair do banho. Invista em uma boa limpeza de pele para ter um rosto de bebê.

Exercícios indicados: Preocupada, deve buscar atividades que gastem energia mas também relaxem, como ioga, tai chi chuan ou hidroginástica.

Dieta: Disciplinada e atenta, você pode – e deve – investir em uma reeducação alimentar.

Dicas: Como gosta da rotina, fica mais fácil cuidar da pele e dos cabelos se estipular dia e hora para passar hidratante, fazer tratamentos, etc. Atenção especial aos cabelos, que devem estar sempre limpos e brilhantes.

Cuidado: Beba muita água, especialmente para o intestino funcionar bem.

Agora que 2010 chegou, é tempo de pegar meu caderninho e listar todas as minhas metas para esse ano, lendo e relendo diariamente, buscando os meios de realizar todos os planos traçados. Sejam felizes e tenham muito sucesso neste novo ano!

Repare nas coisas que possui, e não no que lhe falta

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on dezembro 9, 2009 by Psiquê

Барабанов Максим

Essa frase veio impressa em um calendário antigo do Seicho No-Ie que vi na casa de um tio meu, o que chamou a atenção dele e minha. Decidi tirar uma cópia e colocá-la em minha mesa de trabalho para ler e reler todos os dias.

Repare nas coisas que possui, e não no que lhe falta“.

“Se você tem o hábito de se queixar de tudo, trate de se corrigir. Em vez de pensar no que lhe falta, repare nas coisas que desfruta fartamente e agradeça; “Graças a Deus, tenho isto!”, “Que bom ter isto e aquilo!”. Manifeste em palavras essa alegria e verá como ocorrerão fatos gratificantes e felizes”.  (Do livro Viver com Pureza – Seicho Taniguchi)

Muitas vezes, deparamos-nos em momentos de ansiedade e de lamentação que nos impedem de ver com outros olhos o quão abençoados somos. Reparamos mais no que nos falta do que no que nos abunda. Nossa vida já é um milagre e muitas das coisas que já possuimos não são reconhecidas como bençãos, por nos atermos muito mais ao que nos falta.

Todas as vezes que olhamos para nossa vida com mais cuidado e gratidão, agradecendo por tudo o que somos e conquistamos, acabamos sendo ainda mais agraciados. “Repare nas coisas que possui, e não no que lhe falta“.

Olhe bem, reflita pela manhã: tenho saúde? tenho uma família? tenho onde morar? tenho onde dormir nos dias de chuva? tenho um emprego? tenho um amor? tenho um filho? tenho o mínimo para meu sustento? vivo dignamente? sou honesta? sou feliz?

Mesmo que não tenhamos tudo o que desejamos, há muitas coisas que nos são dadas diariamente, mas que esquecemos de agradecer. Por isso, vamos agradecer todos os dias de nossas vidas por aquilo que já possuímos. Sejam felizes!