Arquivo para gengibre

Para acelerar o metabolismo…

Posted in Estética e Beleza, Saúde with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on fevereiro 13, 2014 by Psiquê

9ecd7dfb32735252e710f2c104fcdf7f

Para emagrecer rápido é preciso além de manter uma alimentação saudável conseguir acelerar o metabolismo para que o corpo queime a gordura acumulada. Muitas pessoas tem o metabolismo lento e mesmo seguindo a dieta corretamente não alcança bons resultados na perda de peso, nesses casos acelerar o metabolismo é necessário para conseguir perder peso. Leia o texto abaixo, retirado do site Dieta e Receitas (com adaptações), para descobrir como acelerar o seu metabolismo.

Acelerar o metabolismo com alimentos termogênicos…

Os alimentos termogênicos aumentam a temperatura interna corporal e estimulam o corpo a queimar calorias o que resulta em um emagrecimento rápido.

O gengibre, pimenta, chá verde, chá de hibisco, canela, cravo, salmão, e água gelada são exemplos de termogênicos que se consumidos diariamente se tornam grandes aliados da dieta e traz resultados rápidos na perda de peso.

Mas além do uso de alimentos e chás termogênicos outras práticas também pode acelerar o metabolismo. (já falei sobre Termogênicos naturais aqui no Espartilho, leia mais)

Coma sempre e bem…

(Essa é a grande dica, quando comecei a ir na nutricionista, apenas reorganizar os horários de alimentação, me fez perder 1kg)

Comer de 3 em 3 horas como sabemos é um excelente meio de acelerar o metabolismo já que além de manter o corpo na ativa para digerir os alimentos estará fornecendo os nutrientes necessários ao organismo a cada 3 horas, com isso irá acelerar o metabolismo e evitar que o corpo estoque gordura para períodos críticos de longo jejum.

Procure sempre dar preferência a alimentos saudáveis e ricos em fibras, fique longe das farinhas brancas e doces (um alimento que tenho gostado muito, além de uma delícia, não contém glúten e substitui muito bem o carboidrato do pão ou de biscoitos, é a tapioca).

Nos intervalos das refeições coma frutas, beba vitaminas e chás termogênicos.

Beba Água…

 A água tem um papel muito importante no organismo, precisamos da água para hidratar nosso corpo, para a digestão e para manter todos os órgãos funcionando corretamente.

Beba no mínimo 2 litros de água por dia e aproveite para beber ela bem gelada assim o corpo precisa trabalhar mais para deixá-la na temperatura adequada ao corpo isso acelera o metabolismo e queima mais gordura. (Dica muito boa e útil essa!)

Exercite-se para acelerar o metabolismo…

Os exercícios físicos trazem grandes benefícios à saúde como melhora do sistema circulatório, força e resistência física, diminui os níveis de estresse, fortalece o coração contra diversas doenças e melhora a respiração, oxigena o sangue, etc. (Para mim servem como uma espécie de terapia, saio bem melhor depois de praticá-los!)

Quem se exercita acelera o metabolismo. Os exercícios aeróbicos como caminhar, correr, dançar, pedalar contribuem para a queima de gordura e os anaeróbicos que são os exercícios de musculação estimulam o crescimento e fortalecimento dos músculos a massa muscular queima muita caloria. (No meu treino funcional, combinamos os exercícios aeróbicos com anaeróbicos o tempo todo e a queima é muito eficiente, fora o suadouro que dá, parece que as gordurinhas e as energias ruins estão sendo todas expelidas pelos poros, muito boa a sensação, adooooro!)

Durma bem e desestresse…

Nada como uma boa noite de sono para recuperar nosso corpo das atividades diárias, o sono não é apenas importante para o descanso do corpo. Uma noite de sono tranquilo pode acelerar o metabolismo porque o corpo vai trabalhar melhor, mas se estiver cansado e mal disposto o metabolismo será lento.

Uma boa noite de sono também te deixa menos estressado e o estresse nos deixa também ansiosos o que na maioria dos casos significa comer mais. Isso porque durante os períodos de estresse o corpo libera uma substância chamada cortisol que faz com que sinta muita fome e deseje comer sempre os alimentos mais calóricos. Isso é um comportamento primitivo do organismo sobre o qual não vamos entrar em detalhes agora. Mas o fato é que o estresse te põe em estado de alerta e assim o corpo se prepara para enfrentar situações extremas acreditando que tem a necessidade de comer muito para conseguir energias suficientes para uma fuga ou enfrentamento de situação drástica.

Outras dicas para acelerar seu metabolismo…

Mastigue bem os alimentos, coma devagar. (Este é o meu grande desafio. Como muito rápido e às vezes sem mastigar o suficiente, portanto, eis uma dica que deve ser exercitada diariamente)

  • Coma doces somente na sobremesa para não aumentar o índice glicêmico e aumentar a sensação de fome. (A gelatina é uma boa substituição para a sobremesa, na versão diet, tem baixa caloria e sacia a vontade imediata de doce. Se mesmo assim, mais tarde, quiser muito um doce, um chocolatinho ao leite ou amargo, vai bem, mas apenas 1 e pequeno)
  • Comece a refeição pelos alimentos fibrosos como saladas e legumes. Eles aumentam a saciedade e você comerá menor quantidade dos outros alimentos.
  • Nunca coma somente saladas nas refeições. Esses alimentos não fornecem energia suficiente para queima calórica, sempre acrescente proteína magra e carboidratos complexos em suas refeições, bem como gorduras boas como o ômega 3.

Siga essas dicas para acelerar seu metabolismo e emagrecer mais rápido. Você tem mais alguma dica para compartilhar?

Termogênicos naturais

Posted in Estética e Beleza, Saúde with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on novembro 30, 2013 by Psiquê

4b6b8385bfec47f2835dee51aedc54af

Eu sou adepta de formas naturais de emagrecimento: alimentação balanceada, exercícios físicos, ingestão de bastante água, tratamentos estéticos como drenagem linfática, etc. Mas recentemente fui questionada sobre quais são os alimentos que funcionam naturalmente como termogênicos sem que se ameace a saúde e o bom funcionamento do organismo.

Dois portais apresentaram uma lista de termogênicos, digamos, mais naturais. A revista Corpo a Corpo na matéria 5kg em 1 mês e o Guia de Dieta com a matéria ‘Conheça sete alimentos termogênicos que te ajudam a emagrecer’.

Alimentos termogênicos exigem que o metabolismo trabalhe em um ritmo acelerado, facilitando a queima das gorduras indesejadas. A Corpo a Corpo fez uma lista desses alimentos que te ajudarão a ativar o metabolismo e abandonar a canga no próximo verão

Os alimentos termogênicos despendem mais energia do corpo para serem digeridos. Por isso, estimulam o metabolismo a trabalhar em ritmo acelerado e aumentam a temperatura corporal, facilitando a queima de gordura”, explica Daniela Hueb, nutróloga (SP). veja abaixo uma  lista recheada de termogênicos que te ajudarão no combate aos indesejáveis pneuzinhos. Confira!

Principais Alimentos Termogênicos:

  1. Pimenta Vermelha: ela é a rainha entre os termogênicos. Com apenas 3 gramas desse legume por dia, haverá um aumento de até 20% das funções metabólicas. E como é rica em capsaicina, aumenta a quebra de gordura e do tecido adiposo. Pode ser consumida em pratos quentes e em saladas. uma das substâncias presentes no fruto, a capsaicina, tem ação termogênica comprovada e é considerada um dos melhores auxiliares no controle de peso. Também contribui para a retirada de gorduras das artérias. No entanto, tome cuidado: o ingrediente é contraindicado para quem sofre de gastrite ou hemorroida.
  2. Chá Verde: do mesmo modo que a pimenta vermelha, promove a aceleração do metabolismo e a queima de gordura para transformá-la em energia. 5 xícaras por dia são o suficiente para conhecer os seus resultados, mas cuidado para não ingeri-las à noite, caso sofra de insônia, porque são ricas em cafeína.
  3. Canela: além de aumentar consideravelmente o metabolismo, a canela tem cálcio mineral, que também ajuda no emagrecimento. Além da ação estimulante, age como facilitadora da digestão e combate a flatulência. “Também auxilia o tratamento de problemas de pele”, acrescenta Daniela Hueb. Pode ser consumida em pó ou em forma de chá, no caso da canela em pau.
  4. Gengibre: o gasto calórico com essa raiz pode aumentar em até 10% com apenas 2 fatias pequenas, que podem ser acrescentadas a cozidos ou bebidas como chá. O gengibre rambém melhora a digestão.
  5. Chá de Hibisco: durante a digestão, ele aumenta a temperatura do corpo e também, do metabolismo. Sendo assim, é preciso beber 1 litro de chá feito com 1 colher de sopa dessa flor.
  6. Café: contém cafeína, estimulante e termogênico natural, que te auxilia a se manter em estado de alerta. Mas nada de exagerar na dose, ou você pode sofrer com problemas do estômago, insônia e ansiedade. O ideal é consumir até 3 xícaras por dia.
  7. Cacau: possui propriedades estimulantes e antioxidantes devido ao seu teor de cafeína e polifenóis. A combinação dessas substâncias faz bem ao coração, à circulação sanguínea e contém atividade antialérgica, antiviral e anti-inflamatória.
  8. Mate: um estudo desenvolvido por pesquisadores do curso de nutrição da Universidade do Vale do Itajaí (Univali) apontou que o consumo de erva-mate ajuda na perda de peso, no aumento da taxa de HDL (bom colesterol) e na diminuição da taxa de glicemia.
  9. Linhaça: no quesito controle de peso, oferece dois grandes auxílios: acelera a queima calórica e regulariza o intestino. E não para por aí: ela também proporciona o aumento da defesa orgânica e reduz o ritmo de envelhecimento celular, prevenindo várias doenças.
  10. Óleo de coco: estimula o metabolismo, atua na redução do colesterol ruim e melhora a função intestinal. “Esse tipo de gordura potencializa a absorção de nutrientes”, afirma Daniela Hueb. Uma boa opção é alternar seu uso com o do azeite de oliva, pois seu sabor é mais suave.

CONTRA INDICAÇÕES: Apesar de seus benefícios, os termogênicos devem ser evitados por quem sofre de hipertireoidismo porque esse grupo já tem o metabolismo elevado, o que levaria à queima de massa muscular ao invés de gordura.

Gestantes, hipertensos, cardiopatas, crianças e pessoas com alergias e úlceras não devem consumi-los em excesso, visto que podem causar nelas hipoglicemia, nervosismo, taquicardia, insônia e aumento de pressão arterial.

Fica a dica, mas é sempre fundamental, procurar um médico ou nutricionista para que este avalie cada caso separadamente e recomende o melhor meio de estimular a queima calórica.