Arquivo para iguais

Transformações

Posted in Curiosidades with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on janeiro 31, 2016 by Psiquê

900x0 (28)

O Espartilho foi criado há bastante tempo… No ano que vem ele fará 10 anos de existência e, ao longo desses anos, muita coisa aconteceu, muita coisa mudou…

Embora sob um olhar mais apressado o nome Espartilho possa remontar uma época em que as mulheres tinham menos liberdade e autonomia sob si próprias e suas vidas, desde sua criação este blog sempre teve compromisso com a liberdade, as angústias, inquietações, alegrias, prazeres e escolhas femininas. Não é à toa que seu subtítulo diz respeito à tentativa de entender o Universo Feminino. Ocorre que ao longo desses anos, ele também amadureceu e introduziu outros temas também importantes e interessantes e hoje, questiono se não deveria abordar a questão feminina sob uma ótima ainda mais ampla e profunda, incluindo temas que dizem respeito às discussões sobre teoria de gênero, liberdade, direitos e respeito, muito respeito.

Como aqui sempre foi um espaço nosso, convido vocês, meus amados leitores, a acompanhar e compartilhar um pouco dessa inquietude que envolve o tema, dado que vivemos em uma sociedade ainda repleta de insegurança e preconceitos em relação ao respeito às identidades que não se enquadram em padrões conservadores pré-estabelecidos e concebidos como “normais”.

Mais do que entender o “universo feminino”, buscamos entender as prisões, anseios e liberdades possíveis às mulheres, em um mundo em constante transformação. Entender os papeis que, muitas vezes, inconscientemente reproduzimos: com muitos “deveres” considerados femininos, que nada mais são do que a expressão de um pensamento explicita ou implicitamente machista. Já passou da hora de nossa luta ser majoritária e barulhenta, não  há mais tempo a perder. Somos iguais – em direitos, deveres, capacidade e habilidades – e toda e qualquer outra afirmação é preconceituosa e machista.

Ser mulher

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , , , , , on agosto 23, 2014 by Psiquê

2987683

 

Apesar de ainda vivermos algumas dificuldades, preconceitos e injustiças sendo mulheres, eu acho que uma das maiores bençãos da minha vida é ter nascido mulher e lutar pela defesa dos direitos iguais seja de vivenciar um talento, uma profissão, a divisão de tarefas domésticas, de direitos, deveres, custos, etc. Claro que há coisas intrínsecas à natureza feminina, que precisamos aceitar e outras de contemplamos e agradecemos…

Ainda assim, ter consciência da divindade de cada um de nós, da benção de poder viver esta vida tão fugaz da melhor maneira possível, buscando a harmonia, o equilíbrio, a paz, o respeito e o amor são fundamentais para viver intensamente cada minuto da melhor maneira possível.

Recentemente adquiri algumas obras interessantes sobre os estudos de gênero, ainda não os li, portanto, deixarei para postar meus comentários específicos sobre cada um depois de fazê-lo.

Um deles foi o premiadíssimo livro organizado pela Mary del Priore – História das Mulheres no Brasil e o outro do Peter N. Stearns, História das Relações de Gênero, ambos da editora Contexto.

O tema é muito interessante e merece ser cada vez mais discutido, vivenciado e naturalizado para que tenhamos cada vez menos espaço para atitudes e discursos sexistas e preconceituosos.

Tenham um lindo final de semana!