Arquivo para livre

Alma livre

Posted in Comportamento, Literatura with tags , , , , , on novembro 11, 2014 by Psiquê

“A alma livre é rara, mas você as reconhece quando vê – basicamente, porque você se sente bem, muito bem, quando está perto ou com eles” – Charles Bukowski

e425ff80e4cc5214d9ad5a0e63f942d8

A frase de Bukowski é muito significativa para esse encontro de almas. Quando almas livres se identificam, elas se sentem muito bem, ainda mais livres  e dispostas a explorar o universo de possibilidades que o momento e a vida oferecem. Às vezes me pergunto, como e por que nos permitimos certas “prisões”, “vícios”, “medos”, “preocupações”. Reconhecer a existência destas “algemas” e se negar a carregá-las é o primeiro passo para a liberdade. E agradeço todos os dias por esta consciência.

Namastê!

Equilíbrio

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , , on fevereiro 24, 2014 by Psiquê

Imagem
“Equilíbrio é a habilidade de olhar para a vida a partir de uma perspectiva clara – fazer a coisa certa no momento certo.
Uma pessoa equilibrada será capaz de apreciar a beleza e o significado de cada situação seja ela adversa ou favorável.
Equilíbrio é a habilidade de aprender com a situação e de prosseguir com sentimentos positivos. É estar sempre alerta, ser totalmente focado, e ter uma visão ampla.
Equilíbrio vem do entendimento, humildade e tolerância. O mais elevado estado de equilíbrio é voar livre de tudo e, ainda assim, manter-se firmemente enraizado na realidade do mundo.”
Brahma Kumaris

Via Respirar Yoga

Mudança

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , on janeiro 1, 2013 by Psiquê

613117_57

Chegou 2013 e com o ano, partilho um texto, que apesar de não ter sido escrito por minha autora predileta (Clarice Lispector), conforme dito equivocadamente na versão anterior, caiu como uma luva…

A informação errada foi retirada da página 6 (Editorial) da Revista UMA, de out de 2011. Peço desculpas ao autor, Edson Marques e o parabenizo pelo lindo texto. Quem quiser mais detalhes sobre o texto na íntegra, acompanhe no comentário que ele postou.

Mudança (Correção, autoria de Edson Marques)

Mude, mas comece devagar, porque a direção é mais importante do que a velocidade.

Sente-se em outra cadeira, no outro lado da mesa. Mais tarde, mude de mesa

(…)

Mude por uns tempos o estilo das roupas. Dê os seus sapatos velhos. Procure andar descalço alguns dias. Tire uma tarde inteira para passear livremente na praia, ou no parque, e ouvir o canto dos passarinhos.

Veja o mundo de outras perspectivas.

(…)

Não faça do hábito um estilo de vida. Ame a novidade. Durma mais tarde. Durma mais cedo. Aprenda uma palavra nova por dia em outra língua.

(…)

Tente de novo todo dia. O novo lado, o novo método, o novo sabor, o novo jeito, o novo prazer, o novo amor.

A nova vida.

Tente.

Busque novos amigos. Tente novos amores. Faça novas relações.

(…)

Ame muito, cada vez mais, de modos diferentes.

(…)

Se você não encontrar razões para ser livre, invente-as. Seja criativo. E aproveite para fazer uma viagem despretensiosa, longa, se possível sem destino.

(…)

Você certamente conhecerá coisas melhores e coisas piores do que as já conhecidas, mas não é isso que importa. O mais importante éa mudança, o movimento, o dinamismo, a energia (…)

Feliz 2013!

Liberdade

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , , , , , , , on janeiro 31, 2012 by Psiquê
Photo by Konstantin Militinskiy

Liberdade é algo que não tem preço. Neste final de semana, durante uma conversa sobre as vantagens e o valor do anonimato e da possibilidade de ser livre para fazer o que se quer, ir aonde quiser, estar com quem bem entende, sem ser julgado, perseguido, vigiado, imitado ou acompanhado o tempo todo.

Há quem goste de viver sendo o centro das atenções, mas creio que todas as pessoas queiram, nem que seja por alguns segundos, a liberdade do anonimato. Esse é um valor que não tem preço.

Outra fator potencializador da liberdade é a independência financeira, acadêmica, profissional. Nem sempre temos independência total, mas viver dentro de suas possibilidades, honestamente, podendo fazer suas escolhas, poder ir ao cinema, ao teatro, aos shows que bem entender, comprar as coisas que quiser, não fazer nada se não quiser, dormir até a hora que quiser, passar os finais de semana à toa ou cheio de coisas para fazer, ao lados dos que ama, sozinho…
Seja a maneira que se sente mais feliz e mais livre, desfrutar dessa liberdade é poder ter o direito de escolha e se sentir à vontade com a possibilidade de decidir. Isso é liberdade e este é o maior dos valores que essa vida pode nos proporcionar.
Beijos a todos.

Liberdade…

Posted in Comportamento, Relacionamento with tags , , , , , , , , , , , , , , , , on junho 12, 2011 by Psiquê

Via Amante das Imagens

Hoje acordei brega rsrs….

Na verdade acordei livre….

Livre para me dar ao direito de escolher a música que quero ouvir, por mais brega que seja, e a minha escolha foi Pássaro de Fogo, na voz da Paula Fernandes. Na verdade pouco importa a melodia da música, o que a letra exatamente expressa… Não importa a opinião dos outros, mas o que queremos escutar naquele momento. Ela é linda, a voz é linda e a letra também.

Andei pensando no quanto o ser humano pode ser cruel um com o outro. Somos seres livres, podemos ser  quem bem entendemos e estar com quem quisermos. A liberdade é uma jóia que precisa ser bem cuidada, mas devemos sempre respeitar a nós mesmos e ao outro. Cada ser humano é único e precisa ser respeitado. Seja livre, seja único, seja especial, brilhe sempre e não deixe ninguém apagar nunca a sua chama. Só nós podemos dar poder ao outro para nos ferir.

“Vai se entregar pra mim,
Como a primeira vez
Vai delirar de amor
Sentir o meu calor
Vai me pertencer

Sou pássaro de fogo
Que canta ao teu ouvido
Vou ganhar esse jogo,te amando feito um louco
Quero teu amor bandido

Minh’alma viajante, coração independente…
Por você corre perigo
To afim de seus segredos de tirar o seu sossego
Ser bem mais que um amigo

Não diga que não
Não negue a você
Um novo amor
Uma nova paixão

Diz pra mim…

Tão longe do chão
Serei os seus pés as asas do sonho rumo ao seu coração

Permita sentir

Se entrega pra mim

Cavalga em meu corpo ô minha eterna paixão…