Arquivo para meditar

Compartilhar

Posted in Comportamento, Conscientização, Saúde with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on novembro 27, 2014 by Psiquê

belly

Quando escolho uma prática que me faz bem, sinto um ímpeto por compartilhar com aqueles que gosto. Muitas vezes eu só o faço se houver algum estímulo ou interesse daqueles que me cercam, no intuito de não parecer inconveniente ou pedante…

Estava pensando em um tema para uma apresentação que preciso fazer para um curso e fui orientada a escolher um tema que goste bastante. Pensei em escrever sobre o yoga, mas como no meu dia a dia, em uma conversa ou outra acabo compartilhando os benefícios que esta prática trouxe para minha vida, fiquei com receio de ser repetitiva ou invasiva…

Compartilhar ideias, práticas e interesses que nos fazem bem, pode trazer ajudar a quem ouve, mas pode também parecer inapropriado se a pessoa não quer ou não acredita naquela prática. Por isso, que dentro de certos limites, podemos e devemos compartilhar sempre, respeitando o interesse do outro em ouvir – ou seja, sem imposições – e também o seu próprio tempo. Pode ser que plantemos a semente e o outro, naquele momento, não acredite ou não queira adotar aquela prática.

Mas o simples compartilhar já pode representar uma sementinha…

Eu quero compartilhar minha gratidão, por conseguir hoje, fazer escolhas mais saudáveis, mais tranquilas, mais energizantes. Eu quero agradecer pela oportunidade de me alimentar bem, de respeitar meu corpo, meus limites, meus gostos. Quero fugir de discursos que me aprisionem na ideia de que tenho que seguir padrões de comportamento e de beleza que não condizem com o meu bem-estar. Quero, ainda, refutar qualquer possibilidade de adotar hábitos que me firam e que possam ir contra aquilo que acredito ser o melhor para mim. Quero manter a fé na vida e a gratidão por tudo o que tenho e vivo, desejar sempre mais da vida, saber que meu corpo é meu templo e que tenho que amá-lo e respeitar meus limites, alimentar-me saudavelmente, ingerindo alimentos que me fazem bem, exercitar-me todos os dias – ou sempre que possível -, praticar yoga pelo menos 3 vezes por semana, beber muita água, hidratar o meu corpo, meditar, dormir bem, sorrir, amar…

Estas são algumas das minhas resoluções para este ano que finda e para os próximos…

Compartilho aqui com vocês a gratidão por estas práticas e descobertas.

2014 foi um excelente ano de mudanças.

Namastê!

Tranquilidade

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , , , , , , on fevereiro 3, 2013 by Psiquê

333477547377793674_DyUVwPMZ_c

No mês passado tirei 4 curtos, porém deliciosos, dias de férias, ocasião em que fiquei hospedada em um Hotel Fazenda, com direito a massagem relaxante, sauna e piscina. Aparentemente, ‘luxos’ bem modestos e simples, mas que fizeram uma enorme diferença em minha vida…

Venho de jornadas muito tensas e pesadas de trabalho e parar um pouquinho para não pensar em nada e relaxar, por mais que tenha sido por apenas alguns dias, levam à reflexão sobre a necessidade de simplesmente se dar um tempo.

Resolvi, desde então a cada 15 dias dar um upgrade nas minhas massagens estéticas, incluindo uma sessão de massagem relaxante, cuidando da coluna, dos pés, do relaxamento…

Chego agora a cogitar a possibilidade de também incluir minutinhos de relaxamento diários para tentar diminuir a tensão geral do dia a dia.

Esses pequenos momentos dedicados ao nosso próprio bem estar não têm preço e trazem uma mudança profunda nas prioridades do nosso cotidiano.

Se você conhece técnicas simples de relaxamento e descanso, partilhe conosco.

Um beijo e boa semana!

Março: o ano realmente começou

Posted in Comportamento, Geral with tags , , , , , , , , , , , , , , , , on março 13, 2011 by Psiquê

 

Alisa Verner

Via Amante das Imagens

Findo o período de reflexões, pensamentos, planejamento: lá se foi o Carnaval e  como muitos costumam dizer em nosso país, AGORA COMEÇOU O ANO. E parece que não deu tempo de planejar tudo, mas isso, porque nem tudo é passível de planejamento. O mais importante é agradecermos cada dia vivido e cada pequena conquista realizada.

O tempo parece ser muito curto para dar conta de todos os meus planos e de tudo o que queria fazer, mas às vezes somos obrigados a sacrificar alguns, a priorizar outros e mesmo assim, no final das contas, somos pessoas realizadas. Eu bato muito nessa tecla: acho que a nossa vida deve ser celebrada todos os dias, a despeito dos problemas cotidianos que todos temos que enfrentar. Sou contra entregar a riqueza de nossas vidas a períodos de depressão, de vícios, de angústias… Ansiedade é algo comum no nosso mundo moderno, repleto de cobranças, pressões e medos, mas se olharmos para a essência da vida: temos muito a celebrar!!

Vamos pessoal, sem perder as esperanças, lutar por um mundo mais justo, mais alegre, mais feliz!

2011 apenas começou e agora o negócio é arregaçar as mangas e pôr em prática tudo aquilo que se quer concretizar:

  1. Começar a dieta;
  2. Voltar a malhar;
  3. Mergulhar nos estudos;
  4. Dividir o tempo entre trabalho e lazer;
  5. Reservar um momento para curtir aqueles que amamos;
  6. Reservar um momento para meditar, refletir, pensar na vida, orar, o que quer que se encaixe na sua realidade.