Arquivo para pensamento

A química do desejo

Posted in Poesia Erótica, Relacionamento, Sexo, Sexualidade with tags , , , , , , , , , , , , , , on junho 5, 2016 by Psiquê

Tomasz Dziubinsk 6

A química do desejo não tem uma fórmula certa. Muitas vezes o desejo é despertado dentro de nós a partir dos estímulos mais inusitados: um beijo, um toque, uma cena de sexo, um romance, um cheiro, uma taça de vinho, uma música, um ritmo, um gosto, um olhar, um pensamento, uma proibição

Não há como prever o que e quando nosso desejo pode ser despertado e as experiências são individuais. Algumas pessoas são mais sensíveis e suscetíveis à eferverscência do desejo, outras menos, mas ele sempre existe em algum lugar dento de cada um de nós.

O importante é deixá-lo se manifestar com cuidado e desfrute, sem se censurar demais, mas ao mesmo tempo sabendo vivê-lo da melhor forma. O desejo nos nutre e sabendo fazer um bom proveito dele, a vida ganha um colorido gostoso e importante.

Aproveite, observe-se e vivencie.

Boa semana!

 

Boas dicas!

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on janeiro 31, 2014 by Psiquê

O projeto Yoga na Laje foi criado em julho de 2012 e tem por objetivo levar a prática do yoga às comunidades pacificadas da cidade do Rio de Janeiro. A primeira unidade está em funcionamento na Rocinha, São Conrado – Rio de Janeiro. Ontem, conheci o projeto pelo facebook e gostei muito da ideia. Espero que ela seja ampliada para outras áreas.

13290249bed65a3e14d0e804af37da0e

Resolvi compartilhar, aqui, algumas boas dicas, escritas no perfil do projeto no facebook. Vejam a seguir:

Saúde:

1. Pratique Yoga;
2. Durma 8 horas por dia;
3. Coma o que nasce em árvores e plantas, e menos comida produzida em fábricas;
4. Viva com os 3 E’s: Energia, Entusiasmo e Empatia;
5. Ande mais a pé e de bicicleta;
6. Brinque com seus irmãos, filhos e netos;
7. Leia mais livros do que leu em 2013;
8. Sente-se em silêncio pelo menos 15 minutos por dia;
9. Arranje tempo para orar;
10. Beba muita água, menos açúcar, menos sal.

Personalidade:

11. Não compare a sua vida a dos outros. Ninguém faz ideia de como é a caminhada dos outros;
12. Não tenha pensamentos negativos ou coisas de que não tem controle;
13. Não exceda. Mantenha-se nos seus limites;
14. Não se torne demasiadamente sério;
15. Não desperdice a sua energia preciosa em fofocas;
16. Sonhe mais e faça planos;
17. Inveja é uma perda de tempo;
18. Esqueça questões do passado. Não lembre seu parceiro dos seus erros do passado. Isso destruirá a sua felicidade presente;
19. Não odeie;
20. Faça as pazes com o seu passado para não estragar o seu presente;
21. Ninguém comanda a sua felicidade a não ser você;
22. Tenha consciência que a vida é uma escola e que está nela para aprender. Problemas são apenas parte do curriculum, que aparecem e se desvanecem como uma aula de álgebra, mas as lições que aprende, perduram uma vida inteira;
23. Sorria e gargalhe mais;
24. Não necessite ganhar todas as discussões. Aceite também a discordância;

Sociedade:

25. Entre mais em contato com sua família e amigos;
26. Dê algo de bom aos outros diariamente;
27. Perdoe a todos por tudo;
28. Passe tempo com pessoas acima de 70 anos e abaixo de 6;
29. Tente fazer sorrir pelo menos três pessoas por dia; até os seus colegas de trabalho;
30. Não te diz respeito o que os outros pensam de você;
31. O seu trabalho é UMA parte da sua vida;

A Vida:

32. Faça o que é correto;
33. Desfaça-se do que não é útil, bonito ou alegre;
34. Agradeça sempre;
35. Por muito boa ou má que a situação seja…. Ela mudará;
36. Olhe-se nos espelho e diga: – Eu posso !!!!
37. O melhor ainda está para vir;
38. Assim que acordar espreguice, estique o corpo e tenha um pensamento positivo;
39. Mantenha seu coração sempre feliz.

Achei as dicas excelentes, compartilhe. E se tiverem outras, estamos abertos a ouvi-los.

Abundância…

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on março 24, 2013 by Psiquê

Michaelb Burke 30

Estou em uma madrugada inspirada…são 3h55 e ainda estou aqui escrevendo para meus amados leitores do Espartilho, talvez porque algo dentro de mim esteja gritando neste momento…

Certa vez li que felicidade partilhada é felicidade multiplicada. Seja qual for a sua crença religiosa, eu tenho uma religiosidade e uma fé tão abundante dentro de mim, de que a vida é muito maior, ampla e tão repleta de possibilidades, caminhos, ideias, oportunidades, que muitas vezes, não caibo dentro de mim.

Acredito, com uma força interior que não sei onde vem, que todos somos capazes de construir e viver momentos de felicidade plena, de grandes conquistas e realizações. Obviamente que ao longo do caminho, algumas ou até várias intempéries podem surgir, mas a certeza de que somos pessoas abençoadas e protegidas alimenta a minha crença de que cada segundo de nossas vidas é um motivo de celebração.

Devemos sempre buscar dentro de nós, seja por intermédio da fé, de alguma religião ou até mesmo da busca por pensamentos positivos, acreditar e lutar por uma superação diária de nossos limites, sempre pelo bem e para o bem.

Há momentos em que essa sensação de abundância, de força, de vontade de lutar transborda minha finitude humana e quer gritar dentro de mim, na certeza de que dias cada vez melhores virão…

Nossas vidas trazem possibilidades e oportunidades de prosperidade, de partilha, de superação  tão fortes que podem e devem ultrapassar nossas limitações humanas. Para isso, creio que o caminho de maior plenitude seja partilhar com os outros as chances de acreditar que todos somos plenamente capazes de fazer o bem e vencer.
Graças a Deus algo me fez dotada de uma vontade tão grande de ser feliz, de vencer e de partilhar esta felicidade, que à medida que tento mostrar ao outro esta felicidade ela parece aumentar ainda mais.
Sejamos capazes de entender que juntos somos melhores, que no mundo há espaço para todos sermos fortes, felizes, prósperos e vencedores. Não há necessidade de querer tirar nada de ninguém, pois há espaço para todos, cada um a seu modo, cada um com suas particularidades, seus defeitos, seus medos e suas falhas.
Desejo a todos os meus queridos leitores, que compartilhem comigo aqui no Espartilho, desejos de enriquecimento, conforto, confiança, luta, sabedoria, persistência, fé e empenho para fazer com que seus sonhos se tornem realidade. Podemos até não saber, de imeditado, qual o caminho, pois nossa vida é um eterno aprendizado e uma eterna escola para o autoconhecimento. Mas a certeza de que nossos sonhos, nossas lutas, se perpetradas com amor, confiança e garra serão conquistados, deve ser constante.
Abram-se ao novo, ao conhecimento, à expansão, à liberdade, à falta de preconceitos tolos e imobilizantes…
Apreciem  a beleza de cada ser humano com quem convivem e tenham piedade e paciência com suas falhas ao invés de desejar o mal…
Acima de tudo amem e respeitem uns aos outros…a abundância deste sentimento começa a transbordar em nosso peito e com certeza contagia os demais e nos traz ainda mais felicidades.
Sejam muito felizes…

Beijo

Posted in Erotismo, Poesia Erótica with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , on janeiro 13, 2013 by Psiquê

670672_30

O melhor beijo é o beijo desejado,
o beijo que me completa,
o beijo da minha forma adequada,
o beijo com o sabor do desejo
na flor da minha pele,
o beijo da minha vontade,
o beijo que faz o meu pensamento,
o beijo que faz a minha boca e
meu corpo querer um novo beijo
outra vez e mais outra vez.
O melhor beijo é o beijo sem tempo,
o beijo de longa duração ou de pouca duração,
um beijo de vinte segundos
ou de vinte minutos, isto não importa.
O tempo não conta, enquanto se beija o tempo para, o tempo freia.
E nesta inércia do tempo
só sinto a louca vontade do outro.
Sinto a outra língua que de encontro
com a minha faz um passeio suave e
excitante umedecendo minha alma.
Sinto a língua que viaja dos
dentes ao céu da boca.
Sinto a língua que acarinha os
meus lábios. A língua e a língua…
A língua que me roça, que me percorre,
que me navega e que me lambe…
O melhor beijo é o beijo em que a língua
faz o beijo e o beijo faz o sexo.

Autoria: Cigana

Mapa Astral

Posted in Curiosidades with tags , , , , , , , , , , , on maio 6, 2011 by Psiquê

Não resisti e fiz o meu Mapa Astral através do site Personare. Várias coisas me pareceram bastante coerentes, embora, eu tenha vontade de consultar um profissional para ler e interpretar o meu mapa, pois acho a Internet  um tanto quanto impessoal.

Para o Personare, o Mapa Astral é um mergulho em você. Com base na sua data, hora e local de nascimento, a Astrologia analisa suas principais características. Compreenda o seu jeito de amar, se expressar, lidar com emoções, pessoas e com os desafios da profissão. Aprenda a explorar suas qualidades no dia-a-dia.

Algumas coisas do meu mapa me deixaram bastante feliz! Claro que eu preferia fazer uma interpretação com alguém ao vivo, mas há vários comentários interessantes:

  • “…é um ser orientado para o autoconhecimento e não descansa enquanto não puder mergulhar no mais profundo de si mesmo. E é esta “dimensão mais profunda” que pode lhe tornar eventualmente uma pessoa mais densa e difícil de entender, neste mundo que cultiva sobremaneira a superficialidade e o dito “comportamento light”.
  • “…o Ar é um elemento extremamente forte em sua natureza. O Ar é o elemento da civilização. Representa as funções racionais e o mecanismo do pensamento, que distingue o homem dos demais produtos da natureza. Ar é o elemento que aborda tudo em termos de teorias, de análises, elucubrações e reconhecimentos de padrões. É o elemento da inteligência e da capacidade de fazer analogias. “
  • “…você tem uma boa manifestação de elemento Terra em seu mapa. A pessoa da Terra é também muitíssimo sensual, uma vez que este elemento corresponde à função da sensação de que nos fala Jung: os cinco sentidos encontram aqui sua exaltação, e se mobilizam para a satisfação plena. Texturas, odores, sabores, tudo isso é importante para os indivíduos terrestres. E as coisas só valem a pena se puderem ser realizadas – ou seja, tornadas reais, num sentido tridimensional.”
  • “os elementos Ar e Terra se coadunam, sugerindo uma personalidade muito afeita à pesquisa, com grande inteligência prática, uma vez que une a qualidade racional do Ar à qualidade pragmática da Terra. Esta é a combinação típica dos cientistas, dos livres pensadores, dos bons projetistas, das pessoas que, através de idéias e invenções, tornam o mundo um lugar mais aperfeiçoado e melhor para se viver. “
  • “…você tende a ser uma pessoa notavelmente eficaz, do tipo que não perde muito tempo e ataca direto no ponto. Possui também um impressionante senso de estratégia e um gosto por vencer que sugere perfeccionismo e determinação, tudo fruto de uma força de vontade inquebrantável. Em geral, recomendo a pessoas que possuem Marte em Escorpião que aprendam xadrez ou que lutem alguma arte marcial.”
  • Vênus em Leão é uma das posições mais magnéticas do Zodíaco…Na verdade, eu costumo dizer que as pessoas de Vênus em Leão amam amar. O outro é tão simplesmente um canal para onde o amor leonino pode se dirigir. E o alvo desse amor se sente tão preenchido de luz que é praticamente impossível não gostar de você, quando você ama alguém. Mesmo que a paixão não seja correspondida, o outro não consegue deixar de lhe notar e, de algum modo, pensar em você.

Quem quiser testar e fazer o seu próprio mapa, depois passe aqui para contar.

Bjs.

Você pode ser feliz!

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , , , , , on abril 18, 2009 by Psiquê

penelope-cruz

Penélope Cruz – Lindíssima – Via Amante das Imagens

É tão bom, e ao mesmo tempo um pouco difícil, quando encontramos amigos verdadeiros. Que vibram com nossas conquistas, ao invés de invejá-las. Que sabem que todos nós temos direito e possibilidade de sermos felizes, basta acreditarmos nisso e procurar agir em prol de nossa felicidade e satisfação.

Acredite: você pode ser feliz e pode vibrar com as conquistas dos seus amigos, pois isso não diminui suas chances de também conquistar seus sonhos, seu sucesso e sua felicidade.

Estou lendo no momento um livro muito bom. Não é novo, na verdade inspirou vários dos livros, desta mesma linha, que li nos últimos anos. Trata-se do livro: O poder do subconsciente, que já está em sua 51ª edição. O autor é Joseph Murphy.

Recomendo a leitura, para que possa mudar seu padrão de pensamento e passar a crer nas coisas que efetivamente almeja. O ideal é ler várias vezes o livro. Ler e reler até passar a adotar novas crenças e novos padrões de pensamento.

” O subconsciente aceita o que nele é gravado ou aquilo em que você conscientemente acredita. Não submete as coisas ao crivo do raciocínio, como a mente consciente, nem discute com você. É como uma camada de solo que aceita todos os tipos de sementes, boas ou más. Os pensamentos são ativos, são os sementes. Os pensamentos negativos, destrutivos, continuam a agir negativamente na mente subconsciente. Mais cedo ou mais tarde, eles emergirão e tomarão forma como experiência externa correspondente a seu conteúdo.” Trecho do livro de Joseph Murphy.

Você merece e pode ter:

Sucesso!!!

Prosperidade!!!

Paz!!!

Saúde!!!

Felicidade!!!

Luz!!!

Alegrias!!!

Amor!!!

Energia e vibração no trabalho

Posted in Comportamento, Profissão with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on abril 2, 2009 by Psiquê

14926619

Photo Klaus Kraiger

Navegando pelo Portal Personare, esbarrei com a seguinte matéria que veio muito a calhar:  Aumente a disposição para o trabalho!

Nela, destacava-se o fato de que nós passamos grande parte de nosso tempo no ambiente de trabalho e,  muitas vezes, chegamos ao final do dia com um sentimento de peso e cansaço.  O trabalho intelectual, às vezes cansa tanto quanto um trabalho braçal ou mais.

Se isso acontece com você, a matéria diz:  Saiba que, ainda que se trabalhe bastante, é possível terminar o expediente com mais vitalidade e leveza. Através do cuidado com a qualidade das nossas energias no local em que costumamos trabalhar.

“Sentimentos como vitalidade, paz, disposição e segurança denotam energias equilibradas e saudáveis. Sentimentos negativos como medo, ansiedade, angústia e mesmo a euforia e empolgação exageradas denotam desequilíbrios em seu padrão vibracional.

Na atribulada rotina profissional, nem nos damos conta do quanto estamos permanentemente interagindo energeticamente com o ambiente físico e sutil do nosso local de trabalho. Aparelhos eletrônicos, luz artificial, ambientes fechados com ar condicionado, mesa cheia de papéis, gavetas abarrotadas, móveis dispostos de maneira confusa. Não é difícil encontrar tudo isso em um escritório típico”.

No trabalho moderno, muitas vezes, não conseguimos escapar  do uso de computadores, celulares ou outros aparelhos. O que não significa que não  possamos fazer um uso mais consciente destes:

  • Desligar o monitor quando sairmos para uma reunião ou ficarmos um tempinho sem utilizar o computador.
  • Celulares não precisam ficar grudados no seu corpo, e carregadores podem ser retirados da tomada quando não estiverem em uso.
  • Utilizar luz e ar natural quando possível pode diminuir a necessidade de lâmpadas e ar-condicionado.

Organização e fluidez contribuem para manter a energia do ambiente saudável. Portanto, mantenha sua mesa e suas gavetas organizadas, além de móveis dispostos de maneira funcional. Olhe para a sua sala. Como você se sente?

  • Perceba se o ambiente lhe passa sensação de leveza.
  • Existe excesso de objetos e materiais? Não é hora de jogar fora o que não serve mais?
  • Se a cor das paredes não é agradável pode pintá-las de outra cor ou enfeitá-las com quadros.
  • Se você vive esbarrando nos móveis ou desviando deles, pode dispô-los de outra maneira ou escolher móveis mais apropriados ao espaço.

O tema me chamou tanto atenção em função do ambiente de trabalho em que estou vivendo – e até dos que já vivi anteriormente, que não para por aqui e deu origem a outro artigo que resumirei aqui.

Para os que ainda não admitiram, as  emoções também podem afetar as vibrações no ambiente de trabalho.

As pequenas atitudes do dia-a-dia, um inocente conversa no “cafezinho” ,  uma ligação telefônica, um e-mail, um olhar podem interferir na vibração que carrega para aquele dia. Como estamos  interagindo com outras pessoas  todo o tempo, nosso perfil vibracional é dinâmico. Uma pessoa que reclama e se lamenta ao seu lado gera uma vibração não harmônica.

É a maneira como você recebe essas energias que determina como ela vai ou não lhe atingir. São seus próprios pensamentos e sentimentos, também constituídos de vibrações, que afetam nosso perfil energético.

Segundo Jill Bolte Taylor, neurocientista autora de “A cientista que curou seu próprio cérebro“, entre um pensamento e seus efeitos fisiológicos decorrem 90 segundos. Durante este minuto e meio você tem a opção de escolher interromper o estímulo do pensamento, antes dele manisfestar-se no seu corpo físico e tornar-se aquele sentimento que toma conta de você. Portanto, a “contaminação” por pensamentos e sentimentos, próprios e alheios pode ser evitada com a sua atenção e consciência. Se ainda assim estiver sentindo muito cansaço no fim do expediente, experimente fazer respirações conscientes acompanhadas de uma visualização no início e ao final do dia. Acompanhe o passo-a-passo:

  • Coloque-se em um ambiente mais tranquilo que puder. Se quiser, pode colocar algo que lhe ajuda a relaxar como uma música calma, um incenso, uma essência aromática.
  • De olhos fechados, inspire visualizando o ar como uma luz líquida que entra em seu corpo iluminando, purificando e enchendo seu corpo de vitalidade, e expire visualizando uma fumaça escura, eliminando todo o cansaço, angústia e negatividade. Veja todos os espaços agora limpos sendo preenchidos pela luz líquida.
  • Quando se sentir plenamente revigorado, abra os seus olhos lentamente, trazendo sua atenção e o sentimento de relaxamento para o momento presente. Afirme para você mesmo que é nesse sentimento que você escolhe viver o seu dia-a-dia.

Nós precisamos nos fortalecer diariamente de vibrações desarmônicas que as pessoas insistem em carregar e, consciente ou inconscientemente, nos contaminar. O equilíbrio e os bons pensamentos são a chave para a proteção contra essas energias negativas. Vibrem positivamente.

Meme

Posted in Selos, Memes, Mimos e Prêmios with tags , , , , , , , , , , , , on novembro 16, 2008 by Psiquê

amante-das-imagens-53

Via Amante das Imagens

A ÚLTIMA PESSOA COM QUEM FALOU HOJE: Meu pai.

A ÚLTIMA COISA QUE FALOU: Não é bem assim.

O ÚLTIMO PENSAMENTO: Estou cansada.

A ÚLTIMA PESSOA QUE SE RECONCILIOU: Não lembro.

A ÚLTIMA PESSOA COM QUEM BRIGOU: …

A ÚLTIMA PESSOA QUE FALOU DE DEUS PRA VOCÊ: Padre Fábio de Melo

O ÚLTIMO LUGAR QUE VOCÊ GOSTARIA DE ESTAR: No trabalho.

O ÚLTIMO FILME QUE ASSISTIU: Não lembro

O ÚLTIMO LIVRO QUE VOCÊ LEU OU ESTÁ LENDO: Casais inteligentes enriquecem juntos.

O ÚLTIMO PRESENTE QUE GANHOU: Um jogo de panelas inox

A ÚLTIMA COISA QUE GOSTARIA DE ESTAR FAZENDO: Sei lá…

O ÚLTIMO TELEFONEMA FEITO OU ATENDIDO NO SEU CELULAR OU TELEFONE: Meu namorado

O ÚLTIMO CONSELHO QUE DEU E PRA QUEM DEU: Esqueça isso, é um capítulo passado.

A ÚLTIMA VEZ QUE CHOROU E PQ: Hoje, porque as pessoas são egoístas.

O QUE FARIA HOJE SE FOSSE SEU ÚLTIMO DIA DE VIDA? Andaria descalço na areia da praia no final da tarde, vendo o pôr do sol, não teria nada para fazer e estaria do lado daqueles que realmente me amam.

Regrinhas para não fugir

Passar para 5 pessoas

– Assim que responder me envie um comentário avisando

– Não esquecer que é um MEME feito pelo ASSUNTOS ASSIM direitos totalmente reservados

Ganhei esse MEME do Sexo e Rosas

E vou repassar para

Patrícia Gomes, do Estado de Lítio

Jean Carlo (mas ele deve colocar em outro blog), Amante das Imagens

Sônia, do Compartilhando as Letras

Alec, do INFACES

Isabella, do Mente Inquieta

Soneto de Fidelidade

Posted in Comportamento, Poesia Erótica, Relacionamento with tags , , , , , , , , , , , on setembro 11, 2008 by Psiquê

De tudo ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento

E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama

Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.

(Vinícius de Moraes)