Arquivo para perfume

Memória olfativa

Posted in Comportamento, Curiosidades with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on agosto 10, 2014 by Psiquê

2662337

Não sei se você também já parou para lembrar de uma situação passada ou de um sentimento adormecido, esquecido, vivido ou até sepultado quando sentiu um cheiro…seja de um perfume, de uma comida, de um incenso, de um tecido, ou qualquer que seja.

Isso acontece muito comigo com o desodorante e o perfume. No outro dia me  peguei comprando o mesmo desodorante que usei durante 10 dias em uma viagem e cada lembrança daquela viagem veio à tona na minha memória, uma delícia. Como em um livro estava revivendo aquela época. E interessante é que como já usei desodorantes diferentes em diversas viagens, eles estimulam a lembrança de momentos distintos.

O perfume também evoca este tipo de reação. Ao arrumar meu armário, encontrei um perfume que estava no fim e resolvi usá-lo novamente…desde a primeira borrifada, minha memória resgatou momentos vividos anos atrás quando costuma usar aquele perfume.

Fiquei encantada com o poder da memória olfativa..

Um pesquisa publicada pelo caderno Ciência do jornal Estadão falou sobre os poderes do olfato nas emoções: “…o córtex olfativo está envolvido com o sistema límbico do cérebro e com a amígdala, onde as emoções nascem e as memórias emotivas são registradas. É por isso que cheiros, sentimentos e memórias ficam tão próximos…”

O portal Neurociências em benefício da Educação, também traz um texto sobre memória olfativa bem interessante. A psicóloga e escritora Angelita Corrêa Scardua, escreve em seu blog Os Sentidos da Felicidade, um texto muito interessante sobre olfato e afeto, do qual compartilho o seguinte trecho:

“O interessante dessa relação entre cheiro, emoção e memória é que: como cada um de nós tem um cheiro próprio, e como cada interação com um outra pessoa nos provoca emoções, tendemos a associar à lembrança que temos de alguém a um odor específico. Assim, quando sentimos o cheiro que remete à emoção provocada por àquela pessoa, sentimos as mesmas emoções que tínhamos, ou temos, quando estamos com ela. Ou seja, é quase impossível dissociar cheiro de afeto!”

Às vezes pode parecer ruim e um tanto quanto saudosista retornar sentimentos e emoções do passado, mas o que venho compartilhar com vocês é a magia de perceber o quão complexos e interessantes, nós somos! Fiquei encantada em perceber essas reações na memória e no corpo, ao sentir o cheiro de um perfume.

Tenham um excelente domingo!

Anúncios

Dedos do silêncio

Posted in Poesia Erótica with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on junho 6, 2013 by Psiquê

ddd3adffd84d40bf2071597feb595730

 

 

Dedos do silêncio

Vem…
Me toma à beira da noite,
caminha por mim
com seus passos molhados,
despeja seu rio no meu cálice
– pois minha emoção é só água.

Vem…
Que eu lhe dou um trago
deste meu vinho guardado,
destas minhas uvas
frescas de inverno…
Que eu derramo em gotas meu perfume
pelos quatro cantos do seu corpo,
vestindo sua pele com a camurça
da nudez e do silêncio.

Vem…
Deita e me canta,
sente meu desejo
se esgueirando pelos seus dedos,
veleja sem bússola
pelos meus sentidos,
me olha como quem pede lua…

Deixa eu sussurrar minhas folhas,
soprar minhas pétalas
pelo seu peito de relva,
pelo seu solo macio.
Vem… Não volta,
esquece a hora morta
do cotidiano de sempre.
Me toca feito música
e deixa eu cantar meu bolero
pelas suas curvas de carne…

Sinto-me inocência
passeando por suas alturas,
por seus andares cheios
da mais noturna noite densa.

Desvenda essa face molhada
e me mostra a sua vertente original
de emoção-fêmea pura…
Que eu o espero na branca paz
do meu ventre adormecido,
dos meus braços plenos
de fogueiras e cantigas.

Vem…
Que eu desfolho
toda essa sua vontade nua,
que eu desperto
todo esse seu lado cigano…
pois o meu leite é morno
e é rosa franca meu sorriso.
Deixa seu barco
navegar pelo meu leito,
que eu carrego no peito a ânsia
de hastear a bandeira do infinito…

Vem…
Deita… Me namora…
Me afoga no espelho de luz
dessa madrugada afora,
me diz que no nosso tempo
não há tempo nem hora,
que eu não agüento
a flor do sexo que arde
nas entranhas de mim…

Deixa que eu amanheça
na espuma dessa sua onda quente,
deixa sua emoção fluir
da garganta num repente…
Que eu carrego nos olhos de relento
a voz que lhe pede a terra
e que lhe entrega o mar.

Autoria de Rosy Feros

Do teu cheiro

Posted in Erotismo, Poesia Erótica with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , on janeiro 6, 2013 by Psiquê

668589_11

Do teu cheiro

(Autoria de Ademir Antonio Bacca)

O gosto da tua pele sal impregnado em meus lábios que me mata de sede à beira da fonte dos teus prazeres.
O teu gosto na minha boca mel que sacia meus desejos na hora derradeira do medo de te perder em meio aos lençóis.
O teu cheiro impregnado no meu corpo perfume raro que nem a chuva leva de mim…

 

Ciranda de Blogs – Escapar do Mundo

Posted in Estética e Beleza with tags , , , , , , , , , , , , , , on setembro 23, 2008 by Psiquê

Via Decoração & Design

Topei o de desafio do Ciranda de Blogs, mas ao mesmo tempo senti a enorme responsabilidade.

Afinal de contas, falar sobre o universo feminino, no Blog Espartilho, é no mínimo desafiador.

Então, pensei, porque não escrever sobre algo que renovasse a energia da alma feminina?

Você sempre entra e sai do chuveiro em cinco minutos? Do you always jump in and out of the shower in five minutes?

If so, you’re missing out on one of life’s most wonderful, yet most simple, pleasures– soaking in a bathSe assim for, estão perdendo uma das mais divinas coisas da vida, ainda mais simples, prazeres – em um banho de imersão.

  • Plan an hour of pure indulgence. Plano de uma hora de pura indulgência. But plan ahead ! Mas planeje com antecedência!

  1. Encha a banheira de água morna. Quando estiver cheia,coloque um punhado de ervas aromáticas(hortelão, cidreira, camomila, entre outras. Pronto, é só entrar e aproveitar por 30 minutos.
  2. Não é preciso um caminhão de dinheiro e um dia inteiro para ter alguns momentos de prazer e tranqüilidade. Se você não tem uma banheira,não fique triste.
  3. Na ducha: pendure no chuveiro sachês com ervas aromáticas(encontradas em lojas especializadas em massagens). É só ligar o chuveiro e desfrutar de um banho gostoso.
  4. To set a relaxing and comforting mood, pay special attention to the lighting in your bathroom . Para definir um relaxante e confortante tempo para você, dedique especial atenção à iluminação em banheiro.
  5. If you have space for a chandelier overhead, the shimmer and glitter of small bulbs will create a special atmosphere. Nas luminárias coloque pequenas lâmpadas e irá criar um ambiente especial.
  6. Be sure that you have a radio or stereo close by so that you can lounge with the sound of beautiful music in the background. Tenha certeza que ter por perto um rádio estéreo com o som de uma bela música de fundo. Nothing loud and distracting, but rather soothing and sensuous. Nada de voz alta, mas algo calmante, sensual e inspirador.
  7. It’s wonderful to set the mood for a decadent bath with candles arranged around the tub , on the counters, or even in cans on the floor. É maravilhoso um banho com velas dispostas à volta da banheira, ou até mesmo em recipientes no chão.
  8. If you use scented candles , be sure not to mix too many fragrances. Se você usar velas perfumadas, certifique-se de não misturar muitas fragrâncias. Find one you like and concentrate your efforts on one scent. Encontre uma que você gosta e concentre seus esforços em um perfume.
  9. Have a luxurious bubble bath or bath oil ready to pour into the water. Be sure to invest in some wonderful, thirsty, thick, and large towels . Invistam em algumas maravilhosas, felpudas, grossas e grandes toalhas.
  10. When you get out, you’ll be able to wrap yourself up and hold the warmth inside. Quando você sair, será capaz de embrulhar-se e manter o calor. You might also want to get a luxurious terry or satin bathrobe .E não esqueça de um luxuoso roupão.

If your bathroom is large enough, consider putting a lounge chair, bench, or comfortable chair in the room.

 

 

 

Tango

Posted in Poesia Erótica with tags , , , , , , , , , , , , , on maio 16, 2008 by Psiquê

Photo by Dimitri Baranov

Tango

Chorava um bandoneon
Num canto de bar.
Meu vestido vermelho
O cabelo preso numa flor,
E o tango falando de amor,
Contrastavam com a luz neon.
Nossos corpos em uníssono,
Um balé tão sensual…
Movimentos em compasso,
Acompanhavam cada passo
Deste tango figurado,
Como um estranho ritual.
Batia o coração descompassado!
Teus lábios sensuais me enfetiçavam,
Tuas mãos macias brincavam em mim
Como o vento brinca, namorando
As flores de um jardim.
Teus olhos escuros, meio ciganos,
Insinuavam promessas,
Dessas, que misturam
Amor, desejo, paixão e mais, muito mais…
Um perfume no ar
E abraçado ao violino
Solitário bailarino,
O bandoneon a chorar
Um velho tango de amor,
Naquele canto de bar!

( C. Almeida Stella)