Arquivo para sódio

Tapioca na dieta!

Posted in Comportamento, Estética e Beleza, Saúde with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on fevereiro 6, 2014 by Psiquê

48041e907df134f205e9595f711afd06

Eu estou amando comer tapioca e dizem que ela é a nova joia das dietas…

…típica das regiões norte e nordeste e uma delícia, ela substitui o pão no café da manhã ou no lanche da tarde. E pasmem ela é muito fácil de fazer e fica muito saborosa. Os recheios podem ser variados: nos meus lanches costumo comer com tomate, manjericão e queijo branco ou com peito de peru e queijo branco, mas também fica maravilhoso com queijo coalho, banana com canela, etc…

Veja esta matéria que fala um pouco dos motivos que levam os amantes da malhação a adotarem este novo ‘coringa’ nas dietas.

“Entre sucos verdes, shakes de proteína e omeletes, um elemento tem sobressaído na mesa do desjejum dos cariocas. Antes restrita às barracas típicas da Feira de São Cristóvão e aos cardápios de cafés e lanchonetes da cidade, a tapioca ganhou lugar cativo na frigideira daqueles que prezam pela boa forma. Ocupa o espaço do pão integral, com a vantagem de ser mais leve e saudável por um motivo principal: não contém glúten. “A tapioca não possui a gliadina, uma proteína que colabora para o aumento da inflamação do organismo e da gordura abdominal. E ainda tem menos sódio do que os pães“, explica a nutricionista funcional Andrea Santa Rosa, membro do Centro Brasileiro de Nutrição Funcional. As calorias se igualam: 90 kcal tanto para a tapioca quanto para uma fatia de pão integral.

Típica das regiões Norte e Nordeste, a tapioca é feita à base de mandioca. Sua massa é extraída da fécula – também é conhecida como goma ou polvilho doce. “É uma espécie de farinha equivalente ao amido, um açúcar simples, comum na mandioca, na batata e em diversos cereais. É uma ótima alternativa para saciar a fome, por ser rica em carboidratos“, justifica Alfredo Cury, endocrinologista e proprietário do Spa Posse do Corpo. No entanto, apesar de garantir mais energia para os treinos, a guloseima também é mais pobre em proteínas e vitaminas. “A solução pode vir dos recheios: ovos mexidos, atum, queijos brancos, carnes magras como peito de peru e frango desfiado, por exemplo”, sugere ele.

A praticidade do prato é mais um motivo para os marombeiros adotarem a tapioca no menu diário: para preparar, basta um fio de azeite antes de passar a goma na peneira (para que ela não grude) [eu fiz na frigideira anti-aderente e não grudou, mesmos em azeite], espalhando -a pelo fundo da frigideira . A nutricionista Andrea Santa Rosa recomenda a adição de uma colher de chá de chia na massa, “que ajuda ainda mais a reduzir o índice glicêmico e ainda enriquece a refeição com ômega 3”. Depois, é só tostar um pouco e virar o disco, como uma panqueca – faça com o auxílio de uma espátula, para não quebrar. Adicione o recheio, dobre e toste mais um pouco.

1a5e69cc50226dd31593c860efd553e1

ESQUEÇA

Os recheios conhecidos da culinária nordestina – com carne seca ou queijo coalho, por exemplo – e os muito gordurosos, à base de catupiry ou calabresa.

APOSTE
Nas misturas saudáveis para rechear. Além de proteínas magras, frutas como banana e morango são ótimas opções. Se quiser misturar doce com salgado, vá de combinações como cottage com mel ou ricota com geleia de frutas natural, sem açúcar.

Como fazer e opções de recheios

Receitas

Tapioca: a aliada da dieta

A revista Boa Forma trouxe umas dicas desta deliciosa aliada das dietas, abaixo, segue um modo de preparo.

Como fazer a tapioca perfeita 

Os experts contam todos os segredos para você fazer um “beiju” crocante, delicioso e com poucas calorias:

O caminho mais fácil é comprar a goma de tapioca já hidratada, passar a farinha por uma peneira e armazenar na geladeira. “Ela também pode ser congelada”, garante a alagoana Simone Brandão, que faz a melhor tapioca de Salvador, segundo o guia Comer & Beber da revista VEJA. Abaixo, ela ensina o passo a passo.

1. Se a massa já estiver armazenada há algum tempo ou contiver alguns caroços, passe mais uma vez pela peneira no dia do preparo. Separe todos os ingredientes que for usar: a fécula já peneirada e cada componente do recheio já ralado ou cortado. Há quem goste de acrescentar uma pitada de sal na fécula antes de colocar na frigideira

2. Coloque uma frigideira antiaderente pequena (de 10 a 12 centímetros de diâmetro) no fogo, mas não deixe esquentar demais ou o beiju ficará borrachudo. A textura ideal é crocante. Importante: não precisa colocar um pingo de gordura na frigideira para fazer.

3. Espalhe 2 colheres de sopa da farinha na frigideira, de modo a formar um disco fino uniforme, sem buracos. Ou use uma peneirinha para espalhar a farinha na frigideira, contando com a ajuda de uma colher para desmanchar eventuais carocinhos.

4. Quando a massa estiver coagulada, grudada, coloque recheio, não precisa virar, apenas espalhe os ingredientes e feche, dobrando a massa ao meio, como uma meia-lua. Ela não demora mais do que três ou quatro minutos para ficar pronta.

5. Se for fazer a tapioca simples, pura, ou apenas com manteiga, vire, passe a manteiga (ou margarina ou azeite) e deixe alguns minutos, até o outro lado também ficar crocante.

6. Passe sempre um papel-toalha na frigideira entre o preparo de um beiju e outro.

Recheios levinhos 
Doce ou salgado? Você escolhe! Veja as sugestões de Eneida Bomfim

Queijo de minas com ervas 
1 fatia média de queijo de minas picada ou ralada em ralo grosso , 1 pitada de manjericão seco ou algumas folhas de manjericão fresco. Rende: 1 porção (123 calorias)

Ricota, tomate e orégano 
1 fatia média de ricota passada no ralo grosso, 5 tomates-cereja cortado em rodelas, 1 pitada de orégano. Rende: 1 porção (188 calorias)

Frango grelhado, tomate, azeitona e alface 
2 col. (sopa) de de frango grelhado, cortado em cubos, 3 tomates -cereja cortados em rodelas, 4 azeitonas pretas picadas, 1 folha de alface picado Rende: 1 porção (214 calorias)

Damasco, ameixa, morango e cereja 
1 damasco seco picado, 1 ameixa seca picada, 3 morangos frescos picados, 3 cerejas picadas. Rende: 1 porção (120 calorias)

Morango e chocolate 
4 morangos pequenos picados, 25 gramas de chocolate amargo derretido. Rende: 1 porção (216 calorias)

OITO razões para comer tapioca, leia mais aqui.

1 – Prática – Basta apenas hidratar o polvilho e a massa, quando aquecida, já está pronta.
2 – Versátil – Permite diversos tipos de recheios e sabores. É possível transformá-la em panquecas e até em pizzas.
3Substitui o pão – Fonte de carboidratos, ela pode ser uma aliada no café da manhã em substituição ao pão. Basta escolher o recheio mais adequado ao seu plano alimentar e necessidades nutricionais.
4 – Não contém glúten – Por ser feita a partir da mandioca, favorece na redução dos efeitos colaterais presentes no glúten a quem tem doença celíaca.
5 – Tem pouca caloria – 50g de tapioca corresponde a metade das calorias de duas fatias de pão.
6Alternativa de refeição pré-treino e pós-treino – Por ser digerida mais rápido, fornece energias mais rapidamente para o corpo, ideal durante a prática do exercício físico. E também como recuperação rápida de energia no pós-treino.
7Baixo teor de sódio – Tem menos teor de sódio do que alimentos industrializados, como pães, biscoitos.
8 – Livre de gorduras e açúcar – Como sua preparação é feita a partir de farinha e água, não possui, açúcar e nem gorduras.

Ricota versus Cottage

Posted in Estética e Beleza, Saúde with tags , , , , , , , , , on maio 9, 2009 by Psiquê
Photo by Thomas Doering

Photo by Thomas Doering

A revista Saúde é vital, nº 310, de abril de 2009, trouxe uma reportagem bastante interessante comparando os benefícios da ricota e cottage.

Índices  comparativos para 50 g = 2 colheres de sopa de cottage e 1 e 1/2 colher de sopa de ricota.

RICOTA e do COTTAGE:

1. Para o benefícios dos ossos (cálcio):

94,2 mg (Ricota) / 44,4 mg (Cottage)

2. Para quem quer manter a forma (calorias):

88 calorias (Ricota) /47 calorias (Cottage)

3. Para quem busca pique e disposição (carboidratos):

0g (Ricota)/1g (Cottage)

4. Para quem precisa controlar a pressão (Sódio):

16,6 mg (Ricota)/151 mg (Cottage)

5. Para quem busca proteínas para os músculos:

7g (Ricota)/ 7,8g (Cottage)

6. Para quem precisa evitar gorduras:

6,8g (Ricota)/1,3g (Cottage, feito com leite desnatado)

7. Para quem quer combater o colesterol:

63 mg (Ricota)/0mg (Cottage)

PLACAR: 5 (Cottage) X 2 (Ricota)

Cuidado com o SÓDIO

Posted in Estética e Beleza, Saúde with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on maio 10, 2008 by Psiquê

Photo A. Brito

Esse mês a revista Nova publicou uma matéria sobre a “Ameaça Oculta do Sódio”. Fiquei tão perplexa com os índices que resolvi partilhar com vocês esse delicado tema.

Sabemos que nossos dias são tão corridos e atribulados que dificilmente conseguimos prestar atenção cuidadosa nos alimentos que escolhemos. Muitas vezes, nesse corre-corre acabamos comento embutidos, enlatados, fast foods, congelados. Até aí, nada demais, uma vez ou outra que mal há nisso, não é mesmo? Sem pensar apenas nas calorias a mais que esses alimentos carregam, a quantidade de sódio que ingerimos junto com eles é impressionante. O sódio demais pode ser tão prejudicial à saúde quanto as gorduras e os açúcares em excesso.

BENEFÍCIOS: Antes de mais nada é necessário que saibamos que o sódio é fundamental no organismo para regular as funções básicas do organismo como o ritmo cardíaco, pressão arterial, a absorção da glicose, transporte de várias substâncias ao organismo e o volume do sangue no corpo, além de participar do equilíbrio ácido-básico do organismo, auxiliar na transmissão de impulsos nervosos, contração e relaxamento dos músculos. Mas a quantidade diária de sódio recomendada é de 2.4g (2.400 mg) segundo a American Heart Association, mas a média de ingestão diária do brasileiro é bem superior a isso: entre 4 e 6g/dia, segundo a reportagem.

MALEFÍCIOS: E o que há de mal em comermos sódio demais? Sódio em excesso pode aumentar o risco de hipertensão, acidente vascular cerebral, catarata, pedra nos rins (cálculo renal), câncer de estômago. Você sabia, por exemplo que 8 nuggets (fritos ou assados) carregam 5,7g de sódio?

O perigo maior que o grau de tolerância ao sódio varia de pessoa para pessoa. Segundo a médica ortomolecular Heloísa Rocha, os negros são geneticamente mais sensíveis ao sódio e as mulheres mais poupadas até a menopausa.

Se o nível de sódio fica alto no organismo, também pode liberar hormônios que causam a retenção de líquido e inchaço, o que esteticamente é um desastre. Heloísa ainda complementa, “como essa retenção de água é intravascular, e não na pele, não influi no aumento da celulite, mas pode sobrecarregar o coração, elevando o risco de acidente vascular cerebral e enfarte”. Os rins também tem capacidade limitada de filtrar e excretar o sódio e o consumo elevado de sódio sobrecarrega suas funções e compromete seu desempenho.

Cuidado: sódio e sal não são sinônimos, por isso outros componentes podem ter muito sódio e serem prejudiciais à saúde (6 g de sal equivalem a 2,4 g de sódio, além de magnésio, selênio, potássio, cálcio, zinco e iodo). Alguns produtos dietéticos, por exemplo, contém o ciclamato de sódio (um adoçante) que acabam por também comprometer os níveis de sódio ingeridos.

Dicas importantes para evitar a ingestão de muito sódio na rotina corrida do dia-a-dia:

  1. Evite colocar o saleiro sobre a mesa ou atacar envelopes de sal;
  2. Cuidado para não viciar o paladar com delícias muito condimentadas;
  3. Invista em temperos alternativos como: orégano, hortelã, salsinha, cebolinha, limão, alho, cebola ou azeite;
  4. Cuidado na escolha das compras, pois o sal é um conservante natural, por isso vários alimentos recebem o mineral como conservante. Segundo Heloísa, “estima-se que 75% do sódio consumido diariamente venha de itens processados industrialmente, como conservas, embutidos, alimentos em salmoura (picles, azeitonas), mostardas, ketchup, shoyu, molhos e temperos prontos, consomê, enlatados, sucos e sopas em pó”. Viram só como o perigo mora ao lado?
  5. Pizzas em caixinha têm mais sódio do que as feitas artesanalmente na hora;
  6. Produtos diet ou light normalmente têm concentrações maiores de sódio. Fique de olhos nas informações nutricionais presentes nas embalagens;
  7. Ande com uma garrafinha de água SEM gás para manter a hidratação e consequentemente reter menos sódio. Atenção a versão com gás também tem sódio.

Saiba mais sobre a necessidade de ingestão e reposição de sódio em água em:

Requerimentos de água e sódio diários

Sódio em excesso pode ser tão prejudicial quanto gordura