Arquivo para treino

Suplementação proteica

Posted in Estética e Beleza, Saúde with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on outubro 30, 2014 by Psiquê

4f854ef6326095a06e021a285871e9d4 Já escrevi aqui no Espartilho sobre os rituais diários de saúde e de beleza. Algumas decisões que tomamos diariamente, para, no longo prazo, ‘ou no conjunto da obra’, conseguirmos resultado.

Há anos tenho procurado optar por uma vida saudável, com alimentação balanceada, prática frequente de exercícios físicos, etc. Meus treinos têm sido mais frequentes, pelo menos desde 2011, quando iniciei trabalho com personal trainer na academia em que frequentava. Hoje sou adepta do treinamento funcional, mais eficaz, mais dinâmico e eficiente. Também sob orientação de um personal trainer [quem quiser uma boa dica, confira Alex Avelino]  meu treino funcional é feito em média 4 vezes por semana [quando consigo treino 6 vezes], fora de academia [eu detesto o ambiente de academia, acho que já deu para notar, né?], mas num ritmo muito intenso e prazeroso. Há profissionais que usam seus estúdios abertos ou fechados, treinam na praia, parque, etc. Eu, por exemplo, adoro treino ao ar livre!

Tenho adotado uma série de procedimentos para viver uma vida mais saudável:

  1. Alimentação vegetariana/vegana sem radicalismos, mas com boas escolhas alimentares de segunda à sexta, na medida do possível.
  2. Ingestão de suco verde 1 vez ao dia;
  3. Treino de segunda a sexta ou de segunda a sábado quando dá;
  4. Yoga –  2 a 3 vezes por semana.
  5. E agora estou em busca de um bom nutricionista para organizar minhas escolhas alimentares nos horários ideais.

Novidade: Uma das novas minhas medidas diárias é a ingestão de uma barrinha de proteína após o meu treino [comecei hoje] , pois reconheço que minha alimentação está aquém do meu gasto energético e minha busca por definição com os treinos físicos. Confesso que não busco um shape muito exagerado, e sim magro e definido, mas até isso requer muita disciplina e boas escolhas.

Encontrei uma matéria que saiu na página Minha vida em 2009, mas que parece interessante no que diz respeito aos benefícios das barrinhas proteicas. Barrinhas de proteínas melhoram até treino aeróbico – veja quando consumir e descubra a quantidade ideal na sua dieta.

“Pensando em obter mais resultados no treino, você pensa logo nas barrinhas de proteína como reforço na dieta. O nutriente, indispensável para o funcionamento do organismo e especialmente necessário no metabolismo de quem deseja aumentar os músculos, está presente nas carnes (brancas e vermelhas), nos peixes, nos ovos e no leite.

[como minha alimentação tem sido mais deficitária destes ingredientes proteicos, a ingestão de barras e complementação proteica tem sido importante. Como ainda tenho resistência aos shakes e esperarei uma consulta ao profissional de nutrição, iniciei a complementação com a barrinha pós-treino] Mas, como a recomendação diária é alta (um grama de proteína por quilo de peso nos indivíduos sedentários), nem sempre as refeições conseguem dar conta deste total. “Nesses casos, a suplementação é indicada e não apresenta contra-indicações“, afirma a nutricionista Ana Paula Mendonça, [que na época em que o artigo foi escrito, trabalhava na Clínica Gênesis]. A seguir, ela dá dicas para você tirar proveito máximo das barrinhas de proteína (não confunda com as de carboidratos, usadas para reposição energética) e diferencia o produto da versão em pó, também bastante popular entre quem pratica exercícios. Elas são para todo mundo. As barras de proteínas, assim como outros suplementos alimentares, devem ser vir de apoio para a sua dieta (não importa se você faz exercícios ou não). No entanto, não deixe de conferir os rótulos e ver se a quantidade de calorias de cada unidade está dentro das suas necessidades diárias. Vale lembrar que a composição das barrinhas também apresenta carboidratos e gorduras e que o valor calórico médio chega a 200kcal. Treino aeróbio também queima proteína. A prática de exercícios aeróbios, mesmo que em menor proporção do que a musculação, também contribui para um catabolismo proteico. Portanto, o consumo adequado de proteínas ajuda o organismo a poupar as reservas deste nutriente, estimulando a perda de gordura corporal. Isso mesmo: consumidas dentro das proporções diárias recomendadas, as barras de proteína podem ser utilizadas para quem faz apenas exercícios aeróbicos. Consuma após o treino. O momento da oferta do nutriente ao músculo é de extrema importância no resultado do treino. Durante todo o dia o músculo é submetido a diferentes fases de um ciclo de crescimento muscular. Existe a fase energética, a fase de recuperação e a fase de crescimento. Se as barrinhas forem pensadas como recurso para o aumento da massa, o ideal é comer logo após o treino de musculação (quando o organismo precisa do nutriente para se refazer das microlesões causadas pelas séries). No dia de folga também pode. As barras de proteína podem ser consumidas em dias que não há treino, porque oferecem nutrientes de que nosso corpo precisa para funcionar adequadamente. Pense em uma unidade como substituição do lanche da manhã ou da tarde e não deixe de observar a quantidade de calorias que ela acrescenta na sua dieta. A proporção ideal entre carboidratos, proteínas e gorduras. As relações de gordura, carboidrato e proteína variam muito de uma marca para outra, facilitando adequação às suas necessidades. Para substituição de um lanche da tarde, sem comprometer a ingestão calórica diária, as melhores opções seriam as barras que têm, em média, 10-20g de proteína, 15-30g de carboidrato e 5-7g de gordura.

d893ede2cb948eaa77fa9befd2131a02Barrinhas ou proteína em pó? As pesquisas mostram que ambas auxiliam na hipertrofia muscular, mas só devem ser usadas quando as recomendações dietéticas não são alcançadas. Dentre as proteínas em pó, podemos destacar a albumina, o proteinato de cálcio e a whey protein:

  • Albumina: é a proteína da clara do ovo. Indicada para os iniciantes na musculação.
  • Proteinato de Cálcio: proteína da soja. Indicada para os atletas e praticantes de atividade física que não comem a proteína de origem animal.
  • Whey Protein: é a proteína de soro do leite, tem ótima digestibilidade. Encontramos whey protein em três diferentes formas: isolada, concentrada e hidrolisada. Quanto mais rápida a proteína é digerida, maior o poder de síntese e absorção da proteína, proporcionando a recuperação muscular e o ganho de massa magra com maior rapidez e eficiência.
  • Whey Protein isolada: pura, não tem mistura de outro tipo de proteína.
  • Whey Protein concentrada: maior quantidade de proteína por porção.
  • Whey Protein hidrolisada: de mais fácil absorção em relação às demais, pois é pré-digerida.

As proteínas concentradas em barra são práticas de fácil transporte e consumo, uma opção para quem não tem como bater os shakes de proteína em pó. A diferença básica é que as barras contêm um pouco mais de carboidrato e levam mais tempo para serem absorvidas.

Batendo a proteína em póPara facilitar a digestão e absorção o ideal é bater as proteínas em pó com água. A adição de uma fruta ajuda na recuperação muscular pós-treino, porque oferece carboidratos.

Proteínas para vegetarianosAs barrinhas de proteína levam em sua composição leite, ou proteína do soro do leite. Algumas marcas também associam leite de soja. Indivíduos ovolactovegetarianos devem dar preferência aos suplementos que possuem apenas proteínas da soja na composição, como o proteinato de cálcio. [comprei uma que é feita do leite de soja]

Resultados mais rápidosA hipertrofia muscular ocorre quando as taxas de síntese proteica são maiores que as taxas de degradação proteica corporal. O aumento da síntese proteica depende de um treinamento adequado, em volume e frequência, de períodos de descanso, de perfil hormonal favorável (maior liberação de hormônios anabólicos e menor liberação de hormônios catabólicos) e, principalmente, de uma oferta adequada de nutrientes que estejam envolvidos na hipertrofia muscular (como as proteínas).

O consumo das barrinhas pode auxiliar nos resultados e na performance do praticante de atividade física, porém associada a outros componentes da dieta e um programa de treinamento adequado que inclua séries de exercícios suficientemente intensos e períodos de descanso. Calcule a quantidade diária que você deve consumir.

O consumo proteico recomendado para pessoas sedentárias saudáveis varia de 0,8 a 1,0g de proteína/kg de peso corporal. Praticantes de musculação e atletas devem ter um consumo médio de 1,2 a 1,8g de proteína/kg de peso corporal. A quantidade proteica necessária para o atleta deve ser oferecida durante todo o dia dentro de um percentual que varia de 15-20% do valor calórico total da dieta, ou seja, uma pessoa sedentária pesando 70kg deve consumir diariamente de 56 a 70g de proteína por dia. Já em um atleta ou praticante de atividade física, esta quantidade pode variar e 84 a 126g por dia. O excesso no consumo de proteínas pode causar sobrecarga hepática e renal, órgãos envolvidos no metabolismo deste nutriente.”

Reeducação…

Posted in Estética e Beleza, Saúde with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on março 13, 2014 by Psiquê

2949615

Você já deve ter ouvido a seguinte provocação: há pessoas que vivem de dieta e nunca emagrecem…

Isso me soa um pouco recalque à primeira vista, mas muitas vezes tem coerência. Talvez  porque o segredo esteja em se reeducar, no contexto geral. Não adianta se privar de alimentos que podem ser consumidos de maneira moderada e controlada, mas que não precisam ser banidos.

Associar uma alimentação balanceada e equilibrada (tendo consciência e controle sobre tudo o que consome), com exercícios físicos, ingestão de bastante água e líquidos saudáveis, pode provocar uma verdadeira transformação em nossa vida. Encontrar o seu próprio caminho é o verdadeiro segredo para ter persistência e continuidade no alcance dos objetivos.

Proibições, culpas e sacrifícios não levam a nada. É preciso construir, aos poucos, uma mudança de hábitos e necessidades. Nosso corpo se adapta a tudo, basta termos como foco o objetivo final.

Não vou dizer que é fácil, pois cada um sabe sua limitação, mas é possível e requer comprometimento com o objetivo traçado. Aos poucos o organismo já não aceita bem certos alimentos pesados, gordurosos e danosos e o corpo passa a sentir falta de exercícios.

Experimente…

Procure se conhecer e descobrir o que te satisfaz neste quesito…

Se tiver alguma dica que queira compartilhar conosco, entre e fique à vontade!

Para acelerar o metabolismo…

Posted in Estética e Beleza, Saúde with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on fevereiro 13, 2014 by Psiquê

9ecd7dfb32735252e710f2c104fcdf7f

Para emagrecer rápido é preciso além de manter uma alimentação saudável conseguir acelerar o metabolismo para que o corpo queime a gordura acumulada. Muitas pessoas tem o metabolismo lento e mesmo seguindo a dieta corretamente não alcança bons resultados na perda de peso, nesses casos acelerar o metabolismo é necessário para conseguir perder peso. Leia o texto abaixo, retirado do site Dieta e Receitas (com adaptações), para descobrir como acelerar o seu metabolismo.

Acelerar o metabolismo com alimentos termogênicos…

Os alimentos termogênicos aumentam a temperatura interna corporal e estimulam o corpo a queimar calorias o que resulta em um emagrecimento rápido.

O gengibre, pimenta, chá verde, chá de hibisco, canela, cravo, salmão, e água gelada são exemplos de termogênicos que se consumidos diariamente se tornam grandes aliados da dieta e traz resultados rápidos na perda de peso.

Mas além do uso de alimentos e chás termogênicos outras práticas também pode acelerar o metabolismo. (já falei sobre Termogênicos naturais aqui no Espartilho, leia mais)

Coma sempre e bem…

(Essa é a grande dica, quando comecei a ir na nutricionista, apenas reorganizar os horários de alimentação, me fez perder 1kg)

Comer de 3 em 3 horas como sabemos é um excelente meio de acelerar o metabolismo já que além de manter o corpo na ativa para digerir os alimentos estará fornecendo os nutrientes necessários ao organismo a cada 3 horas, com isso irá acelerar o metabolismo e evitar que o corpo estoque gordura para períodos críticos de longo jejum.

Procure sempre dar preferência a alimentos saudáveis e ricos em fibras, fique longe das farinhas brancas e doces (um alimento que tenho gostado muito, além de uma delícia, não contém glúten e substitui muito bem o carboidrato do pão ou de biscoitos, é a tapioca).

Nos intervalos das refeições coma frutas, beba vitaminas e chás termogênicos.

Beba Água…

 A água tem um papel muito importante no organismo, precisamos da água para hidratar nosso corpo, para a digestão e para manter todos os órgãos funcionando corretamente.

Beba no mínimo 2 litros de água por dia e aproveite para beber ela bem gelada assim o corpo precisa trabalhar mais para deixá-la na temperatura adequada ao corpo isso acelera o metabolismo e queima mais gordura. (Dica muito boa e útil essa!)

Exercite-se para acelerar o metabolismo…

Os exercícios físicos trazem grandes benefícios à saúde como melhora do sistema circulatório, força e resistência física, diminui os níveis de estresse, fortalece o coração contra diversas doenças e melhora a respiração, oxigena o sangue, etc. (Para mim servem como uma espécie de terapia, saio bem melhor depois de praticá-los!)

Quem se exercita acelera o metabolismo. Os exercícios aeróbicos como caminhar, correr, dançar, pedalar contribuem para a queima de gordura e os anaeróbicos que são os exercícios de musculação estimulam o crescimento e fortalecimento dos músculos a massa muscular queima muita caloria. (No meu treino funcional, combinamos os exercícios aeróbicos com anaeróbicos o tempo todo e a queima é muito eficiente, fora o suadouro que dá, parece que as gordurinhas e as energias ruins estão sendo todas expelidas pelos poros, muito boa a sensação, adooooro!)

Durma bem e desestresse…

Nada como uma boa noite de sono para recuperar nosso corpo das atividades diárias, o sono não é apenas importante para o descanso do corpo. Uma noite de sono tranquilo pode acelerar o metabolismo porque o corpo vai trabalhar melhor, mas se estiver cansado e mal disposto o metabolismo será lento.

Uma boa noite de sono também te deixa menos estressado e o estresse nos deixa também ansiosos o que na maioria dos casos significa comer mais. Isso porque durante os períodos de estresse o corpo libera uma substância chamada cortisol que faz com que sinta muita fome e deseje comer sempre os alimentos mais calóricos. Isso é um comportamento primitivo do organismo sobre o qual não vamos entrar em detalhes agora. Mas o fato é que o estresse te põe em estado de alerta e assim o corpo se prepara para enfrentar situações extremas acreditando que tem a necessidade de comer muito para conseguir energias suficientes para uma fuga ou enfrentamento de situação drástica.

Outras dicas para acelerar seu metabolismo…

Mastigue bem os alimentos, coma devagar. (Este é o meu grande desafio. Como muito rápido e às vezes sem mastigar o suficiente, portanto, eis uma dica que deve ser exercitada diariamente)

  • Coma doces somente na sobremesa para não aumentar o índice glicêmico e aumentar a sensação de fome. (A gelatina é uma boa substituição para a sobremesa, na versão diet, tem baixa caloria e sacia a vontade imediata de doce. Se mesmo assim, mais tarde, quiser muito um doce, um chocolatinho ao leite ou amargo, vai bem, mas apenas 1 e pequeno)
  • Comece a refeição pelos alimentos fibrosos como saladas e legumes. Eles aumentam a saciedade e você comerá menor quantidade dos outros alimentos.
  • Nunca coma somente saladas nas refeições. Esses alimentos não fornecem energia suficiente para queima calórica, sempre acrescente proteína magra e carboidratos complexos em suas refeições, bem como gorduras boas como o ômega 3.

Siga essas dicas para acelerar seu metabolismo e emagrecer mais rápido. Você tem mais alguma dica para compartilhar?

Crossfit

Posted in Comportamento, Estética e Beleza, Saúde with tags , , , , , , , , , , , on outubro 23, 2013 by Psiquê

964bf27d5845f8d7a4c60305db5ce853

Há cerca de 7 meses eu estou fazendo um treinamento funcional que segue os conceitos do Crossfit. E estou amando!!!

Recentemente comecei a seguir a dieta Dukan, coletivamente no trabalho, e no início, confesso que senti um pouco de dificuldade de segui-la dada a excessiva restrição de carboidratos na fase inicial de ataque e do intenso e maravilhoso treino que pratico.

Hoje ao ler o blog Dieta Dukan, que já venho acompanhando desde o início de outubro,  vi que algumas fases podem, sim, ser combinadas com o treinamento funcional de crossfit. Sou a favor, entretanto, de aos poucos ir voltando para minha alimentação saudável anterior, reduzindo a ingestão de laticínios, que não me fazem bem. Assim que atingir minha meta de peso, voltarei à minha dieta normal.

O mais interessante do treinamento Crossfit é o conceito de superação dos nossos próprios limites.

Veja a matéria do blog:

SUPERE OS SEUS LIMITES COM O CROSSFIT

Desde 2012 o Crossfit virou febre – essa modalidade começou como tantas outras: lançada por celebridades que viraram adeptas da prática, depois em academias de luxo e agora totalmente difundida. E o mais importante, com resultados!

MAS AFINAL, O QUE É O CROSSFIT?

Antes de mais nada, não é uma novidade: o treinamento foi criado na década de 90 nos Estados Unidos, com o objetivo de juntar em uma única modalidade exercícios que combinem benefícios de vários esportes, como musculação, levantamento de peso e ginástica olímpica.

A carga de treinamento é exaustiva, com o objetivo de melhorar o condicionamento físico e com isso, a queima de gordura é uma consequência. O treinamento inclui atividades de alta intensidade, pausas curtas, trabalho de vários grupos musculares ao mesmo tempo – mas tudo isso em um treino curto.

Vale dizer que essa é a regra básica do programa, e o que muda de acordo com o praticante é a carga e a intensidade, mas não o treinamento. Com isso, o esporte se torna bastante democrático para todos, desde atletas profissionais, militares e até idosos ou cardiopatas. Em todo o treinamento há um instrutor, ou “coach”, em inglês, orientando o processo.

COMO O CORPO REAGE À PRÁTICA DO CROSSFIT?

O corpo, exigido ao máximo, gera uma maior resposta neuroendócrina, que basicamente quer dizer uma resposta do nosso corpo frente ao exercício intenso. Essa resposta pode ser queima de gordura, aumento da densidade óssea, aumento da massa muscular, potência, força e equilíbrio, entre outros. E por gerar esse resultado em um espaço curto de tempo, o Crossfit está sendo bem recebido e se tornando bastante popular.

O clima de treinamento também é bem diferente – e há quem diga, para melhor – do que as academias convencionais. Um quadro na parede aponta os resultados de cada participante, de modo que cada um encare si mesmo como um desafio, e dessa forma seja estimulado a ultrapassar sua própria marca.

CROSSFIT X DIETA DUKAN:

Quem tem interesse em testar os seus limites não vai se arrepender – o que não faltam são provas de quem já tem resultados visíveis em pouco tempo. Mas fica o aviso: mesmo que a Dieta Dukan tenha como um dos principais pilares a prática de exercício, procure fazer o Crossfit a partir da fase cruzeiro e apenas nos dias PL, ou a partir da fase de consolidação e estabilização, já que o treinamento é muito intenso e o corpo precisa de uma carga de carboidratos para suportar a demanda de energia. Uma consulta ao médico antes de se aventurar nos halteres é bastante recomendada, também!

Você que já praticou crossfit recomenda? Quais foram os seus resultados?

Fonte da matéria: Crossfit, a moda que chegou para ficar, clique aqui.

Mudança de hábitos

Posted in Comportamento, Estética e Beleza, Saúde with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on outubro 22, 2013 by Psiquê

a822d81d96e2d126025b5516f86e0503

Tendo iniciado recentemente uma nova dieta e levando em conta que eu vivo um processo de reeducação alimentar há muitos anos, mais precisamente desde meus 11 anos, confesso que aos poucos hábitos saudáveis passam a ser parte indispensável e até inconsciente de nossa rotina.

Há 2 anos e 10 meses eu tenho acompanhamento personalizado nas minhas atividades físicas e  há exatos 7 meses faço um treinamento funcional que para mim tem sido maravilhoso, não apenas por ser um treino mais curto e focado, mas por ser muito mais direcionado aos meus objetivos. E o mais importante, o fato de não ser realizado em uma academia – detesto academias – e ao ar livre, tem sido ainda mais prazeroso.

A dieta é a Dukan, confesso que eu prefiro adotar hábitos saudáveis como já venho fazendo há muito tempo, do que seguir à dieta. Mas minha meta é segui-la até alcançar o peso que estipulei para mim mesma.

Nesta busca por dicas de hábitos saudáveis, fui apresentada a vários blogs, perfis, sites, etc. O meu personal, vem insistindo na perda de percentual de gordura, inclusive com a ideia de montar um desafio entre seus alunos, e eu fiquei impressionada com os avanços que a Gabriela Pugliesi,  blogueira do Tips4life apresentou ao diminuir a ingestão de gorduras.

Dentre meus hábitos saudáveis para o corpo e para a mente estão:

  1. Alimentação balanceada;
  2. Treino funcional ao menos 3 vezes por semana;
  3. Drenagem com massagem relaxante ao menos 1 vez por semana;
  4. 1h30 de yoga ao menos 1 vez por semana!

Tudo isso me ajuda a reencontrar meu equilíbrio e levar minha pesada jornada de trabalho!

Beijos a todos os seguidores do Espartilho!

Confira abaixo a entrevista da Pugliese à Cristina Arcangeli, na qual ela compartilha sua experiência:

O que te motivou a cuidar do corpo?

“A princípio foi estética mesmo. Tinha uns 14 anos quando decidi emagrecer, pois fui gordinha na infância e nessa idade a gente quer cuidar do corpo por estética. A maturidade para pensar na saúde e nos benefícios que a alimentação te traz veio depois e é por esse motivo que me mantive saudável até hoje! O corpo é só resultado de uma vida saudável e de uma saúde plena.”

O que gerou uma maior transformação na sua forma física?

“Dieta e treino é a combinação perfeita, um não funciona sem o outro. Mas ainda acho que a alimentação tem mais participação em toda a mudança do corpo. Quando tiro gordura ( fritura, açúcar, farinha branca..) fico com o corpo que quero – magra e com os músculos aparecendo mais, nem tanto pelo treino mas porque a gordura sai, então o músculo “cola”, rss.”

Quando começou a mudar seus hábitos alimentares? Foi difícil?

“Na verdade eu não mudei do dia pra noite. Eu fui mudando, bem aos poucos, por isso não foi muito difícil. Mas eu sou acostumada a viver em dieta há muitos anos, então meu cérebro é automático. Eu sei que preciso sempre me controlar, se não engordo, pois eu tenho tendência e o corpo tem memória – por mais que eu seja magra hoje.

Não da pra falar que nunca penso em comer besteiras e que nunca sofri. Várias vezes tinha vontade de comer besteira, mas sou muito focada. Quando quero uma coisa sou disciplinada, mas a maturidade ajuda muito, tanto é que por muitos anos vivi o efeito sanfona, ficava magra mas às vezes “desistia”.

Hoje  consegui encontrar um equilíbrio e opto por ser saudável pela qualidade de vida que tenho, para a pele ficar mais bonita, para eu ter mais energia, por tudo… então é muito mais fácil negar uma coxinha quando penso em tantos benefícios. Graças a Deus eu amo viver assim. Prefiro comer alimentos saudáveis e dar uma escorregada de vez em quando – mas totalmente consciente, e sempre com equilíbrio.”

Muitas pessoas começam essa mudança e não dão continuidade. Em sua opinião porque isso é tão comum?

“Acho que o problema é a falta de paciência, pois ninguém muda da noite para o dia. É difícil esperar que os resultados apareçam, fazer com que a dieta deixe de ser uma fase para virar um estilo de vida… Isso só o tempo faz. Te falo que só de 1 ano pra cá eu AMO ser saudável e não sofro nada, mas por muitos anos ainda doía um pouco negar as besteiras que me rodeavam, rsss.”

O valor das coisas…

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on maio 8, 2013 by Psiquê

Michaelb Burke 7

Tenho andado, como devem imaginar, tão cheia de trabalho que quase não tenho tido tempo de fazer uma das coisas que mais gosto…

…atualizar meu querido blog Espartilho. Os dias de trabalho tem sido bastante intensos, com jornadas diárias superiores a 11 horas, porém as atividades envolvem também treinos funcionais às 6h da manhã, curso, yoga, encontro com amigos, shows, ou seja…algumas coisas muito boas, outras nem tanto assim, mas todas extremamente importantes para a minha vida, para a minha formação, meu crescimento…

Confesso que inverteria um pouco a ordem das horas de dedicação às várias atividades às quais me dedico atualmente para poder incluir um pouco mais de lazer, cinema, teatro, arte, dança, viagensssssssssssssssss, mas tudo tem seu tempo, nada é por acaso, e  tudo faz parte de nossa evolução…

Enfim…tenho muito a agradecer por tudo o que vivo e experimento e peço ao universo que continue conspirando a meu favor para que eu tenha sempre mais a agradecer.

Obrigada por me acompanharem nesta caminhada. Continuem sempre visitando, seguindo, comentando no Espartilho e expondo suas opiniões ao que coloco aqui, afinal, como sempre digo: o Espartilho também é seu.

O prazer de cuidar de si…

Posted in Comportamento, Estética e Beleza, Saúde with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on abril 10, 2013 by Psiquê

Lingerie

Hoje acordei, cansada às 5h30 e fui em uma espécie de piloto automático para o meu treino matinal. Não sei se comentei com vocês, mas estou prestes a completar 1 mês de treino funcional e estou amando. Confesso que é muito cedo, que minha rotina é pesada, que a vontade de dormir mais um pouquinho às vezes fala mais alto, mas não me impede de ir, pois a sensação depois do treino é de vitória. Me sinto muito realizada e feliz.

Em 1 mês, já percebo as roupas caindo melhor, o corpo mais tonificado, as pessoas comentam que estou mais magra e mais bonita e, pasmem, não há rotinas. O treino é sempre diferente, não ficamos entediados.

Eu recomendo fortemente!!! Está sendo uma maravilha e faz bem ao meu corpo, ao meu espírito e a minha mente!

Como sabemos, o treinamento funcional não é uma novidade, afinal a funcionalidade do ser humano já foi uma questão de sobrevivência. Seguindo a linha histórica, na mitologia grega é observada a importância de uma plena funcionalidade para sucesso de desafios propostos, como Os doze trabalhos de Hércules. Na Grécia Antiga encontramos os Jogos Olímpicos. Para melhoria da performance os atletas gregos desenvolveram equipamentos e métodos de treinamento específicos para superação de resultados. Esta prática, também foi aplicada na Roma Antiga, entre os gladiadores.

Na atualidade o treinamento funcional, mantém a sua essência como um método de treinamento físico, com a premissa básica de melhoria da aptidão física relacionada à saúde ou melhoria da aptidão física relacionada a performance e prevenção de lesões músculo-esqueléticas. O treino funcional, tem como característica realizar a convergência das habilidades biomotoras fundamentais do ser humano, para produção de movimentos mais eficientes. A vantagem deste método de treinamento é a de atender tanto o indivíduo mais condicionado como o menos condicionado, criando um ambiente dinâmico de treino.

Se tiver a oportunidade de experimentar, eu recomendo. Mas o mais importante é buscar a metodologia e a modalidade que mais de completa e te faz feliz.

Dicas para passar em concursos

Posted in Comportamento, Profissão with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on março 22, 2009 by Psiquê

12894686Photo Klaus Kraiger

Acreditem, hoje no supermercado resolvi comprar uma dessas revistinhas expostas no caixa, de R$1,99 (Revista Ana Maria, nº 649). Algumas das matérias da capa me atraíram…. Ao folheá-la cheguei à matéria: 29 dicas para passar em concursos e resolvi falar sobre isso aqui.

Obviamente não há fórmulas prontas para isso, mas como disse aqui, há alguns posts: estou refletindo sobre minha vida e  achei que isso poderia entrar no contexto e ajudar algumas pessoas.

1. Descubra sua vocação – antes de se inscrever nas provas, procure saber em que área você se daria melhor. Para escolher, pesquise, converse com quem já trabalha na área, assista palestras, etc.

2. Considere as opções – Se for prestar concurso para uma vaga em outro estado, reflita. Será que você topa mudar de cidade? Pense bem.

3. Concorra a várias vagas ao mesmo tempo – preste todos os concursos que quiser, mesmo se não for o emprego dos seus sonhos. Além de ser um ótimo treino, você pode ser aprovada!Assim, dá para continuar estudando para a carreira desejada – com mais tranqüilidade e dinheiro no bolso.

4. Confie em você – Ninguém confia mais em você do que…você mesma! Acredite: passar no concurso depende mais do seu esforço pessoal do que de sorte. Ser aprovada é fruto de estudo e dedicação.

5. Mantenha o foco – Lembre-se dos motivos que levaram você a escolher uma carreira pública. Se foi por causa da remuneração e da estabilidade, cole um cartaz com o salário e a palavra “estabilidade” próximo ao seu canto de estudos. isso a estimulará a ir em frente!

6. Prepare-se com antecedência – Normalmente o edital é publicado de 45 a 90 dias antes das provas. Então, o ideal é iniciar os estudos logo cedo. Reveja as matérias básicas, comuns à maior parte dos concursos pelos quais se interessa. Evite assuntos muito específicos.

7. Organize seu tempo – Faça um planejamento do quanto estudará por dia ou semana, sem deixar de lado o tempo para o descanso e o lazer. Dê prioridade ao que você acha mais difícil. Acompanhe seu progresso: o que falta estudar?

8. Estude conforme o edital – Mantenha o foco no que será exigido na prova. Dedique-se mais a conteúdos que têm peso maior na nota: uma matéria com peso 2 merece o dobro de atenção de uma com peso 1.

9. Você pode aprender qualquer matéria – às vezes, parece impossível estudar algumas disciplinas. Mas não se desespere, com esforço e paciência dá para ter sucesso! Se puder, peça ajuda a um amigo que seja bom na área.

10. Resolva provas anteriores – Ao fazer isso, você conhece vários estilos de prova e percebe o que os examinadores exigem – entender o significado de uma lei ou decorá-la, por exemplo. E você ganha a velocidade necessária para resolver as questões.

11. Não se assuste com a concorrência – è melhor não ficar pensando em quantos candidatos disputam a mesma vaga que você. Isso dá desânimo. pense que muita gente não se preparou para a prova – pelo menos não como você!