História do Espartilho – curiosidade

a770632ade0cfd4be2b18c5f1aa3030c

Aproveitando a matéria de Dani Moreira no portal da Madame Sher, resolvi postar aqui a história do Espartilho, apenas a título de curiosidade.

Apesar da imediata associação com as minúsculas cinturas vitorianas, o corset data de muito antes. Desde que apareceu na história da moda, no século XVI, esta vestimenta tem sido usada como suporte e controle para as formas naturais do corpo.

Entre a Antiguidade e a Idade Média, o suporte ao busto e à cintura era geralmente feito com faixas de tecido, quando era feito. Nos séculos XIII e XIV, amarrações e materiais mais rígidos incorporados às próprias vestes ajudavam a moldar o corpo numa forma esguia. Essa ideia evoluiria para o kirtle, um tipo de colete engomado e/ou reforçado com cordas (como barbatanas), amarrado na frente. Eventualmente, o kirtle se mudaria para dentro das roupas. Mais tarde, a ideia de “vestido” seria enfim separada em corpete e saia, permitindo que o corpete fosse justo e retilíneo, enquanto a saia poderia ser absurdamente volumosa com a ajuda de anáguas engomadas e crinolinas.

De um ponto de vista prático, ter uma peça única feita exclusivamente para moldar o corpo seria muito mais racional do que reforçar todas as outras peças do guarda-roupa, e colocar a tensão do suporte nessa peça ajudaria também a estender a vida útil do vestido.

Para manter a forma esguia e cônica sob o corpete é que seria introduzido o que se chamaria, dependendo da época ou região, payre of bodies, corps, ou vasquina, entre outros nomes; um corpete reforçado e rígido usado como roupa de baixo, que hoje chamamos de espartilho ou corset. A rigidez era o principal atributo do corset. A redução da cintura era mínima, mas o busto era erguido e pressionado, e as costas mantidas numa postura reta e distinta, como era de se esperar de uma dama. Tal rigidez era alcançada com tecido pesadamente engomado, couro, juncos ou cordas engomadas inseridas em canais costurados entre as camadas de tecido. Para manter as formas ainda mais retas, o busk, uma estreita placa de madeira ou marfim, era introduzido na frente, e poderia ser removido (alguns poderiam ser até esculpidos no formato de adagas, para ajudar a dama a se proteger de admiradores indesejados). Existe inclusive um corset sobrevivente feito em metal, como uma armadura, mas não se sabe se isto era comum ou se era um modelo ortopédico.

Ao contrário do que se pode pensar, os primeiros corsets não deviam ser de todo desconfortáveis. Modelos recriados com fidelidade histórica são usados como figurino para teatro, cinema e feiras renascentistas, e há quem afirme que são mais confortáveis do que um sutiã moderno com aro. Não há muita pressão na cintura, como num espartilho vitoriano, nem tensão sobre os ombros (mesmo nos modelos com alça), como num sutiã, e algumas mulheres com problemas nas costas afirmam que o suporte é ainda melhor do que o de uma cinta ortopédica.

O corset não mudou tanto entre a renascença e o rococó; a cintura veio um pouco mais abaixo, com incisões de alguns centímetros permitindo que acompanhasse a curva do quadril e dando maior conforto; as alças foram ficando mais comuns e o busto mais baixo, delineando formas mais arredondadas. No século XVIII, as formas começaram a mudar. Leia mais

Os modelos da Madame Sher são deslumbrantes, impossível não querer TODOS!

Veja entrevista com fundadora da grife, Sher.

21 Respostas to “História do Espartilho – curiosidade”

  1. Que interessante, né!

    Só acho difícil vesti-lo, já que é amarrado nas costas. Você sabe se existe algum modelo onde o laço possa ser dado na parte da frente do abdomen?

    Um jeito legal para garantir uma cinturinha de pilão, como dizia a minha vó!

    Parabéns pela criação deste blog. Está sempre com matérias para lá de essenciais.

    Renata

  2. Renata, vc já olhou no site da Madame Sher que está linkado na matéria acima? Há modelos em que os colchetes são presos pela frente. Aliás, logo que vc entra no site, o que aparece é preso pela frente. E parece que eles entregam no país inteiro. Dê uma olhadinha. Obrigada pela visita e pelo comentário, volte sempre. O Espartilho tbm é seu. Bjos!!!

  3. Há alguns anos, comprei um com os laços na frente, vermelho e preto, com a calcinha junta, para minha esposa… ficou uma delícia… bom, trouxe de Paris… Aqui não faço ideia de onde se encontram essas maravilhas… Os sex-shops são de uma pobreza afligente, e na maioria das lojas de roupas sexy, todo vem da china… e definitivamente o corset não tem nada de chinês… risos.

    Beijos,
    Matt.

  4. Olá gostaria que vc´s me indicasem alguma loja virtual que trabalhe só com espartilhos a venda. pois ñ acho para comprar em lojas comum.

    Obrigada fico no aguardo.

    • se moras no Porto em Portugal vai a Gaia ao centro comercial dos Aviadores lá consegues encontrar uma loja que faz espartilhos por medida e a teu gosto. Rua Pádua correia junto ao Colégio de Gaia. bjns

  5. Ha varias comunidades no orkut dedicadas à amantes de corsets, uma delas é a Corset-br lá tem listas de varios fabricantes nacionais.
    Para quem se interessa em encomendar um acho que vale apena dar uma pesquisada!

  6. manuela oliveira Says:

    obrigado por ler minha mensagem eu gostaria muito de comprar um espartilho pois nao tenho cintura e melhoraria muito a minha postura pois tenho uma leve curvatura na coluna moro em fortaleza-ce e nao consigo achar lugar que venda ficaria grata pela sua ajuda….. beijos

  7. Oi

    Existe um site português que faz entregas no Brasil e tem corpetes e espartilhos maravilhos!
    Eu comprei 3 e tem preços bem acessiveis comparado com outros que já comprei na França.
    O site é http://www.borboleta-online.com

    Para quem está interessado, dá uma pesquisada lá
    Beijos

  8. Bem, parece que ainda há grandes dúvidas em relação ao espartilho.
    Eu estava lendo os comentários aqui e vi um de uma moça que quer um espartilho com o laço na frente, a outra disse que no site da Madame Sher (maravilhoso, por sinal) tem uns modelos que fecham pela frente. Realmente, todos os espartilhos Têm feichos frontais, mas o ajuste é sempre feito nas costas (com o laço), se o laço fosse na frente não daria certo. Há quem tenha prática para fechar o espartilho sozinha, outras precisam de ajuda… No site da Madame Sher tem uma página que ensina a ajustar o espartilho sozinha, quem tem ou quer ter um espratilho e não sabe fechá-lo sozinha deve dar uma olhadinha lá.
    Outra coisa muito comum é as pessoas confundirem o ESPARTILHO com os CORPETES vendidos em lojas de lingerie e sex shop. As peças vendidas em lojas comuns tem como o objetivo apenas “enfeitar” e não dar forma, como um espartilho de verdade.

  9. quero comprar espartilho como faço? existe nesse site como comprar pela net? desejo resposta no meu email.

  10. achei bem interessante bem legal a metéria sobre espartilho valeu

    thau

  11. Que pena que não existe tantos espartilhos como antigamente…
    Eles desenham a cintura…e com um jeans e um salto bem alto ficam lindo!!
    Parabéns, Adorei a matéria!

  12. meninas ESTOU VENDENDO UM ESPARTILHO DE COR PRETA COM BOLONHAS BEM PQUENININHAS BRANCAS
    linduu lindu mesmu
    eu moro em joao pesoa na paraiba se alguem quizer compra o entre em contato comigo pelo meu email
    rosy_dayanny@hotmail.com

    eu comprei ele no site da madame sher,o preco dele foi 540 mais 30 do protetor das costas mais frete de 46 reais
    tudo deu 616 reais
    mu espartilho esta perfeito sem rasgos manhas ,lavado apenas uma vez para vendelo
    para quem quiser compra estou vendeno
    por:300 reais
    quem mora aqui em joao pesoa ou por perto posso entregar em maos e vc nao pagara frete quem mora em looutras localidades o frete fica por conta do comprador
    as medidas para quem quer compra o espartilho tem que se as mais proximas possivel do espartilho
    quem quises compra,as medidas tem que ser estas:
    de 59 a 63 de cintura e de 69 a 73 de barriga e de 1.59 a 163 no maximo de altura qualquer coisa entrem em contato comigo ok bjinhus meninas

  13. One of my friends already told me about this place and I do not regret that I found this article.

  14. Oi gente, olhá só, eu postei no youtube um vídeo ensinando a fechar o corset, baseado no tutorial do site da madame sher… no começo pode ser um pouco difícil, mas ai vc pede ajuda a alguem, e depois, com o tempo, vc pega a prática! =] http://www.youtube.com/watch?v=91OvOYJ6M-o

  15. Olá pessoal,

    Não poderia deixar de postar meu comentário. Conheço uma marca de espartilhos do sul do país: Yang Modeladores. Os produtos são demais. Todos são confeccionados baseados nas tendências, com sobreposições, rendas, cetim, mas o tecido interno do produto, reduz medidas e gorduras localizadas, pois massageia a pele. Afinam a silhueta no momento em que são vestidos e o tamanho é super específico, para cada pessoa. são lindos e tem alta compressão.
    Seguem os link para darem uma espiadinha, além dos espartilhos a empresa trabalha com modeladores.
    http://www.yangmodeladores.com.br

  16. Eu estou apaixonada por espartilhos,eu quero um,acho tão lindo.

  17. Débora Oliveira de Jesus Says:

    ADOREIIIIIIIIII,sou louca por espartilhos,essas roupas de antigamente são maravilhosas,queria ter nascido em 186alguma coisa kkkk,Quero um.

  18. valnice lima Moura Says:

    Acho lindo, gostaria de ver outros modelo ok!

  19. Preciso de um espartilho que aperte bem a barriga queria saber o modelo certo p deixar a cintura bem fina. Obrigada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: