Arquivo para abril, 2012

Just think about it!

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , on abril 23, 2012 by Psiquê

Anúncios

L’Apollonide

Posted in Comportamento, Erotismo with tags , , , , , , , , , , , , , , , , on abril 9, 2012 by Psiquê

Eu estava há semanas na expectativa de ver L’Apollonide no cinema, mas uma série de desencontros quase me fez perder tal oportunidade… Ontem, quando já sem esperanças saía do Estação Sesc Rio, onde a sessão das 18h45 não existia mais, fui, apenas como por insistência, ao Estação Sesc Botafogo, e, eis que me deparo com ele lá, em cartaz às 19h40. Confesso que fiquei muito feliz e me dispus a esperar mais de 1 hora pela sessão.

Como amante da estética do final do século XIX e início dos anos XX, não podia deixar de assistir ao filme. As cenas são lindas, os espartilhos e roupas deslumbrantes, uma sensualidade a flor da pele. E aqui estou eu, admirada. Confesso que o filme me surpreendeu, não esperava que fosse uma análise social da prostituição e que além de encantar com suas imagens, faz uma crítica e uma abordagem fantástica. A começar pelo padrão com que as prostitutas se referem ao seu trabalho ao chamar os clientes: “Vamos fazer comércio?”.  Trata-se de uma relação econômica, com análise social sobre as perdas e ganhos de cada uma, bem como a visão delas sobre seus clientes e dos mesmos sobre elas. Recomendo!

Quem mais já falou sobre o filme:

Às Moscas

Festival Cannes

Trailer

Metas e estratégias com liberdade e compromisso

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , on abril 3, 2012 by Psiquê

 

Imagem

A disciplina é algo fundamental para alcançarmos metas que nos são importantes. Ocorre que, muitas vezes, queremos algo, mas não estamos tão dispostos a radicalizar, ou não precisamos fazê-lo. É claro, que quando as metas estão envoltas em necessidades urgentes do tipo: preciso perder 10 quilos por motivo de saúde, ou reduzir as taxas de glicose ou colesterol, por recomendação médica, tudo isso ganha outra conotação.

Estou me referindo, entretanto, às metas que estipulamos em nossas vidas, por livre e espontânea vontade, sem urgências pontuais. Exemplo: manter o peso abaixo dos 60 quilos, deixar o cabelo crescer 30 cm com saúde e beleza, ficar bronzeada, manter a pele hidratada e viçosa, etc. Essas pequenas metas, podem ser perseguidas, sem grandes sofrimentos.

Temos várias dessas pequenas metas em nossas vidas, mas muitas vezes nos sabotamos, por cairmos em tentações imediatas. Nem sempre é fácil vencer tais tentações, e vou confessar uma coisa, nem sempre é preciso. A melhor maneira de manter o foco e pensar firmemente no objetivo final. Um exemplo muito comum desses deslizes é a dieta. Se queremos emagrecer e nos empenhamos em fazer atividades físicas, comer alimentos mais saudáveis, fazer massagens e tratamentos estéticos, precisamos pensar com uma certa frequência no objetivo final: estar magra, bem e linda. 

O negócio é buscarmos sempre força no objetivo final, sem sofrer com isso, comendo um chocolatinho quando não for possível resistir, dormindo mais um pouquinho quando a preguiça falar mais alto, mas sem fazer desses pequenos ‘boicotes’, algo frequente.

Sucesso a todas com suas metas!