Arquivo de coração

A mulher no amor depois dos 40

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on dezembro 26, 2016 by Psiquê

Este belo texto, publicado originalmente no A Mente é Maravilhosa, apesar de ainda não ter chegado aos 40, essa é uma reflexão importante para todas nós.

3023325

A mulher no amor depois dos 40

“Quando uma mulher toma a decisão de abandonar o sofrimento, a mentira e a submissão. Quando uma mulher diz do fundo de seu coração: ‘Basta, cheguei até aqui ’. Nem mil exércitos de ego e nem todas as armadilhas da ilusão poderão detê-la na busca de sua própria verdade.

Aí se abrem as portas de sua própria alma e começa o processo de cura. O processo que a devolverá pouco a pouco a si mesma, a sua verdadeira vida. E ninguém disse que esse caminho seria fácil, mas é ‘o Caminho’. Essa decisão em si abre uma linha direta com sua natureza selvagem, e é aí onde começa o verdadeiro milagre”.

– Mulheres que Correm com os Lobos. Clarissa Pinkola-Estés. –

16984_512250992284240_4190352820169626992_n

A mente e a alma têm seus próprios ciclos e estações que percorrem diferentes estados de atividade e de solidão, de procurar e encontrar, de descansar, de pertencer e, inclusive, de desaparecer.

Quando uma mulher amadurece, as relações com ela são diferentes. Inclusive a relação que ela tem consigo mesma vai um passo mais à frente.

Digamos que é perto dos 40 que a mulher sente uma necessidade que não pode deixar de atender: a de retornar a si mesma. Este é o ponto emocional no qual aprendemos a saudar nossas lembranças no momento oportuno, a dançar e a nos acalmar com elas.

É o momento no qual se ama a alma além de nossos erros e do terreno. A partir dessa idade, amando os nossos semelhantes, descobrimos um coração sereno com sangue ardente que nos ajuda a compreender que tipo de pessoa somos, com nossas forças e nossas fraquezas. Porque todos temos ambas e isso não é ruim, mas é precisamente o contrário.

A volta à casa da alma significa nos fazermos conscientes de tudo o que aconteceu em nossa vida anterior, e resolver aqueles conflitos criados nos ciclos prévios à maturidade.

O amor maduro

O amor maduro significa a união à condição de preservar a própria integridade, a própria individualidade.– Erich Fromm –

Não é fácil amadurecer no amor, mas quando conseguimos, nasce um grande amor por nós mesmos que se apoia na dignidade e no respeito. Esses valores, a partir de certa idade e certas vivências, costumam articular o restante dos afetos com os quais nutrimos nosso coração.

Uma mulher madura está mais à frente na sua capacidade de amor quando compreende que a verdadeira transcendência do sentir alheio se resume em como contempla a si mesma e as suas mudanças.

Com o passar do tempo, o mundo feminino irradia uma pureza que se vê ameaçada por uma sociedade corrupta que faz com que as mulheres corram para procurar um refúgio em si mesmas, não para fugir quando algo fica difícil, mas sim para enfrentar a dificuldade.

Então, elas percebem que sua verdadeira casa não está em nenhum lugar afastado do mundo, mas sim dentro delas mesmas. De alguma forma, o amor maduro é consequência de um processo de individualização que pode ser muito doloroso.

Pode ser que ele chegue antes ou depois, mas para todas nós é precedido de alguns anos de distração e falta de foco na nossa identidade emocional. Ou seja, esse “não saber onde estamos e qual é o nosso lugar no mundo” que todas conhecemos.

Seja por ingenuidade, por não prestar atenção ou por ignorância, o processo de maturidade nos faz perder uma pele que nos cobria, à qual nos aferrávamos com força.

Esse sofrimento pela perda de sua pele fez a mulher conviver durante um tempo com uma parte incompleta dela mesma, o que a ajuda a fortalecer a sua verdadeira cobertura emocional.

Quer dizer, este roubo se eleva em cada caso como a oportunidade de recuperar alguns tesouros tão únicos e próprios como são os dois pilares da liberação emocional: a determinação e o amor próprio.

Como resultado, a mulher alcança uma grande sabedoria que lhe faz viver e amar de maneira diferente, única e transcendente. De alguma forma, é capaz de se hidratar e de reconstruir a si mesma, se sentindo inteiramente completa no seu interior.

Como dizem, toda mulher respira uma vida secreta e uma força poderosa cheia de bons instintos, criatividade e sabedoria que encerra o grande poder de um território ainda sem explorar: o fantástico mundo da psicologia feminina.

 

Façamos um trato esta noite…

Posted in Poesia Erótica with tags , , , , , , , , , , , , , , on agosto 22, 2012 by Psiquê


Façamos um trato esta noite… não sejamos tão realistas.
Você geme e suspira, eu ouço
enquanto minha boca te explora como louco
flutuando em luas surrealistas.
Façamos um trato esta noite… efêmera é esta carne que nos lacra.
O tempo pára enquanto te despes.
O mundo desaba quando te vestes.
Ama-me antes que o pudor te rasgue como faca.
Façamos um trato esta noite… as lágrimas são cristais do coração.
Eu sinto o fel em teus lábios maculados.
Vejo o abismo de teus olhos mascarados
que se escondem atrás de tormentos vãos…
Façamos um trato esta noite… não adianta fugir da própria vida !
Ainda temes a flor pelos espinhos.
Ainda crês que terminaremos sozinhos.
E o amor é não mais que uma mentira.
Façamos um trato esta noite… prometo te convencer na quietude
que o amor ideal é ao desfolhar dos dias
a felicidade nublando nosso ódio
e ter consigo sempre esta virtude.

Autor: Angel Hazel

Alimentos para a alma

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , on maio 18, 2012 by Psiquê

Imagem

Uma amiga partilhou comigo uma série de pequenas mensagens hoje, que considerei verdadeiros alimentos para a alma. A que mais me chamou atenção é a que destaco abaixo. Ela caiu como uma luva e foi proclamada por ela antes mesmo do envio das frases, diante de uma situação vivida hoje.

Se nossas atitudes são reflexo de um coração puro e verdadeiro, ainda que sejamos alvo de críticas e condenações, nossa consciência de que fizemos o melhor nos dá a tranquilidade de seguir em frente.

A autoria é atribuída a Eleanor Roosevelt, US diplomat and refomer (1884-1962), apresento abaixo a frase que mais me tocou.

  •  Do what you feel in your heart to be right – for you’ll be criticized anyway. You’ll be damned if you do, and damned if you don’t./Faça o que sente, em seu coração, que é certo. Você será criticado de qualquer maneira. Você será condenado se fizer e será condenado se não o fizer.

Muito obrigada Adriana! São pessoas como você e outras queridas que nos fazem acreditar que vale a pena continuar neste caminho.

Um grande beijo a todos os meus queridos amigos e leitores.

Liberdade…

Posted in Comportamento, Relacionamento with tags , , , , , , , , , , , , , , , , on junho 12, 2011 by Psiquê

Via Amante das Imagens

Hoje acordei brega rsrs….

Na verdade acordei livre….

Livre para me dar ao direito de escolher a música que quero ouvir, por mais brega que seja, e a minha escolha foi Pássaro de Fogo, na voz da Paula Fernandes. Na verdade pouco importa a melodia da música, o que a letra exatamente expressa… Não importa a opinião dos outros, mas o que queremos escutar naquele momento. Ela é linda, a voz é linda e a letra também.

Andei pensando no quanto o ser humano pode ser cruel um com o outro. Somos seres livres, podemos ser  quem bem entendemos e estar com quem quisermos. A liberdade é uma jóia que precisa ser bem cuidada, mas devemos sempre respeitar a nós mesmos e ao outro. Cada ser humano é único e precisa ser respeitado. Seja livre, seja único, seja especial, brilhe sempre e não deixe ninguém apagar nunca a sua chama. Só nós podemos dar poder ao outro para nos ferir.

“Vai se entregar pra mim,
Como a primeira vez
Vai delirar de amor
Sentir o meu calor
Vai me pertencer

Sou pássaro de fogo
Que canta ao teu ouvido
Vou ganhar esse jogo,te amando feito um louco
Quero teu amor bandido

Minh’alma viajante, coração independente…
Por você corre perigo
To afim de seus segredos de tirar o seu sossego
Ser bem mais que um amigo

Não diga que não
Não negue a você
Um novo amor
Uma nova paixão

Diz pra mim…

Tão longe do chão
Serei os seus pés as asas do sonho rumo ao seu coração

Permita sentir

Se entrega pra mim

Cavalga em meu corpo ô minha eterna paixão…

Eduardo e Mônica

Posted in Comportamento, Relacionamento, Romance with tags , , , , , , , , , on junho 11, 2011 by Psiquê

Hoje fui apresentada ao vídeo da campanha da Vivo para o Dia dos Namorados. E eis que, apesar de um pouco cética em relação ao empenho do comércio em promover a data como algo mega importante e único, ao invés de lembrar que todos os dias deveriam ser dias de celebração entre os namorados…achei uma gracinha!

O vídeo é uma ótima sacada, não apenas por recuperar uma história que há 25 anos, Renato Russo nos apresentou, mas porque ilustra uma história de amor construída como a de muitos de nós.

E quem um dia irá dizer que não existe razão nas coisas feitas pelo coração…

Feliz Dia dos Namorados!

Não se esqueça o quanto vale

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on junho 2, 2010 by Psiquê

Hoje recebi uma mensagem muito bonitinha por email. Achei tão legal que resolvi até partilhar com vocês. Como estou em clima de descanso, já que vou passar 4 dias fora do ar, deixo aqui um recadinho para todas as mulheres desse mundo.

UM DEFEITO NA MULHER

Quando Deus fez a mulher já estava em seu sexto dia de trabalho fazendo horas extras.

Um anjo apareceu e Lhe disse: ‘Por quê leva tanto tempo nisto?’

E o Senhor respondeu: ‘Já viu a minha ficha de especificações para ela?’

Deve ser completamente lavável, mas sem  ser de plástico, ter mais de 200 peças móveis e ser capaz de funcionar com uma dieta de qualquer coisa, até sobras, ter um colo que possa acomodar quatro crianças ao mesmo tempo, ter um beijo que possa curar desde um joelho arranhado até um coração partido e fará tudo isto somente com duas mãos.’

O anjo se maravilhou com as especificações:  ‘somente duas mãos….Impossível!’ E este é somente o modelo básico?

É muito trabalho  para um dia…Espere até amanhã para terminá-la.’

Isso não, protestou o Senhor. Estou tão perto de terminar esta criação que é favorita de Meu próprio coração.

Ela se cura sozinha quando está doente e pode trabalhar jornadas de 18 horas.’ O anjo se aproximou mais e tocou a mulher.

‘mas o Senhor a fez tão suave…’

‘É suave’, disse Deus, mas a fiz também forte. Você não tem idéia do que pode agüentar ou conseguir.

‘Será capaz de pensar?’ perguntou o  anjo.

Deus respondeu: ‘Não somente será capaz  de pensar, mas também que raciocinar e de negociar’

O anjo então notou algo e estendendo a mão tocou a bochecha da  mulher….

‘Senhor, parece que este modelo tem um vazamento…

Eu Lhe disse que estava colocando muita coisa nela…’

‘Isso não é nenhum vazamento… é uma lágrima’ corrigindo-o  o Senhor..

‘Para que serve a lágrima,’ perguntou o anjo.

e Deus disse: ‘As lágrimas são sua maneira de expressar seu destino, sua pena, seu desengano, seu amor, sua solidão, seu sofrimento, e seu orgulho.’

Isto impressionou muito ao anjo ‘O Senhor é um gênio, pensou em tudo. A mulher é  verdadeiramente maravilhosa’

Sim é!

A mulher tem forças que maravilham aos homens.

Agüentam dificuldades, levam  grandes cargas, mas têm felicidade,  amor e  alegria.

Sorriem quando querem gritar.

Cantam  quando querem chorar, choram quando estão  felizes e riem quando estão nervosas.

Lutam pelo que crêem.

Enfrentam à  injustiça.

Não aceitam ‘não’ como resposta quando elas crêem que há uma solução melhor.

Privam-se para que a sua família possa ter.

Vão ao médico com uma amiga que tem medo de ir.

Amam incondicionalmente.

Choram quando seus filhos triunfam e se alegram quando seus amigos ganham prêmios.

Ficam  felizes quando ouvem sobre um nascimento ou um casamento.

Seu coração se parte quando morre uma amiga.

Sofrem com a perda de um ente querido, entretanto são fortes quando pensam que já não há mais forças.

Sabem que um beijo e um abraço podem ajudar a curar um coração partido.

Entretanto, há um defeito na mulher: É que ela, as vezes, se esquece o quanto vale.

Hoje eu me autorizo a…

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on maio 11, 2010 by Psiquê

Terminei de ler o livro Cinderela de Saia Justa, de Chris Linnares, publicado pela editora Gente e recomendo a leitura. É supergostosa, rápida e hiperanimadora! Quem quiser fique à vontade, está disponível em diversas livrarias e também pode ser comprado em sebos, através do site Estante Virtual, onde comprei.

E o livro apresenta algumas dicas que valem a pena serem colocadas em prática. Uma delas e repetir para si mesma em voz alta ou não as seguintes afirmações:

A PARTIR DE HOJE EU ME AUTORIZO…

  • … a me sentir valorizada , mesmo quando os outros não reconhecem meu valor;
  •  … a dar uma oportunidade para o amor, mesmo quando meu coração insistir em manter as portas fechadas;
  • … a sentir prazer, mesmo quando a culpa e o medo tentarem roubá-lo de mim;
  • … a confiar nas minhas capacidades, mesmo tendo me acostumado a menosprezá-las;
  • … a superar minhas limitações, mesmo tendo desistido de enfrentá-las;
  • … à felicidade;
  • … às grandes oportunidades;
  • … a acreditar no melhor da vida, mesmo estando acostumada a acreditar que isso não passa de utopia.

A PARTIR DE HOJE EU ME AUTORIZO…

  • … a dar o meu melhor sorriso, mesmo que talvez eu não receba outro de volta;
  • … a vestir a roupa mais bonita, mesmo quando eu me sentir feia e caída;
  • … a expressar palavras de alegria, mesmo quando eu me sentir triste e desiludida;
  • … a ser generosa, mesmo não recebendo nada em troca;
  • … a oferecer o melhor de mim todos os dias, com a certeza de receber o melhor da vida;
  • … pois não há dádiva maior que conhecer o melhor que está em mim.

A PARTIR DE HOJE EU ME AUTORIZO…

  • … a aceitar os anseios da minha alma;
  • … a sentir os desejos que pulsam em meu coração;
  • … a conhecer minhas emoções mais profundas;
  • … a despertar meus talentos e potencialidades;
  • … a trabalhar para realizar meus verdadeiros sonhos;
  • … a me libertar para encontrar meu caminho;
  • … a valorizar o que tenho e o que sou;
  • … a ter coragem de reconhecer o que é importante para a minha vida;
  • … a ser vitoriosa na minha vida pessoal e profissional;
  • … a não me comparar nem a me desvalorizar.

Porque onde estou e como estou é a porta de entrada para a realização da minha história. Uma história única e fascinante, na qual a autenticidade é minha maior diretriz.

A PARTIR DE HOJE EU ME AUTORIZO…

  • … a viver o meu presente;
  • … a viver o meu melhor;
  •  … porque estou no lugar certo, com as pessoas certas e na hora certa;
  • … por isso, escolho;
  • … a coragem, em vez do medo;
  • … a fé, em vez da dúvida;
  • … o amor, em vez da mágoa;
  • … a luz, em vez da escuridão;
  • … escolho fazer da confiança a minha bússola,
  • … bússola que me guia para atravessar mares e abrir grandiosos caminhos;
  •  … a partir de hoje confio que o melhor infalivelmente me acontece;
  • … e muitas vezes o melhor não é o que espero;
  • … mas aquilo de que preciso para trilhar meu verdadeiro caminho.