Arquivo para sapatos

Não julgue

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , , on julho 18, 2017 by Psiquê

Clarice, diz tantas coisas que gostaríamos de dizer… e aos poucos vou lembrando aqui um pouco deste dito por ela, que desejo dizer também…

Antes de julgar a minha vida

ou o meu caráter,

calce os meus sapatos

e percorra o caminho que eu percorri,

viva as minhas tristezas,

as minhas dúvidas e

as minhas alegrias.

Percorra os anos que eu percorri,

tropece onde eu tropecei e

levante-se assim como eu fiz“.

(Clarice Lispector)

Anúncios

Moda para parecer mais jovem e moderna

Posted in Moda with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on novembro 7, 2013 by Psiquê

maquiagem1

Eu acredito que estar na moda não é seguir o que a grande mídia ou o mercado de moda diz que está valendo nos tempos atuais… Acho que estar na moda é encontrar seu próprio estilo e brincar com ele e com as diversas opções que temos por aí. Alguns gostam de um look mais vintage, outros mais monocromáticos, outros jogam com cores, com tamanhos, com listas, estampas, etc.

Imagem

O post da Juliana Parisi de hoje me encantou porque apesar de adorar looks monocromáticos e sociais, eu adoro jogar com cores também, mas prefiro trabalhar nos acessórios, nos sapatos e ousar nos detalhes. Ousar fazendo uma maquiagem bem feita, um penteado discreto e maneiro, usando um anel maior ou colorido, etc. Nem precisa falar que a Juliana sempre traz dicas bem legais, mas o post que destaquei aqui, está bem legal.

Na proposta acima, eu por exemplo teria “medo” de ousar com a mistura do listrado com o coral, mas ficou muito lindo. Recentemente eu combinei uma calça preta, com uma blusa canoa preta e branca e o colar com os sapatos e a bolsa vermelhos. Ficou o máximo e todo mundo gostou!

Imagem

Então fica a dica minha e da Juliana para ousarmos nas combinações e sair por aí feliz da vida e arrasando.

Um ótimo dia a todos.

Sapatos, uma questão de estilo…

Posted in Moda with tags , , , , , , , , , , , , , on outubro 30, 2013 by Psiquê

Imagem

O blog da Personal Stylist, Juliana Parisi, trouxe um post bem legal sobre sapatos coloridos. E a seleção de fotos de modelos combinando roupas sóbrias e discretas com sapatos coloridos, ficou o máximo, veja só aqui.

Claro que eu, como várias mulheres sou fascinada, por sapatos. E vocês já sabem disso, pois já até escrevi sobre Meu fascínio por sapatos. Mas não basta gostar de sapatos, pois a escolha das demais peças como o jeito certo de combinar, depende de uma pitada de bom gosto e senso de combinação.

Tudo tem que ser coerente com seu estilo e as combinações, a meu ver não podem ser muito exageradas. Claro que existem pessoas que gostam do exagero, eu já sou mais discreta e gosto de um toque sutil de estilo e bom gosto que dê personalidade à combinação, porém sem ser ver over e exagerado.

Mesmo assim, ainda acredito que cada um tem o seu estilo e se combina com você, vá em frente e faça o que quiser!!!

Casamento na Livraria…

Posted in Casamento, Cultura e Arte with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on janeiro 11, 2013 by Psiquê

Bouquet

Hoje descobri o blog Colher de Chá Noivas, escrito pela jornalista Manoela Cesar. Não precisa dizer que gostei tanto do blog dela que linkei antes mesmo de decidir que meu post de hoje seria inspirado nele. De cara me deparei com o post sobre o casamento do casal Laura e Marcos, que ocorreu na Livraria da Cultura de São Paulo. As fotos do bouquet, do estilo vintage dos noivos e do bolo, com vários detalhes preparados com folhas de livro me deslumbrou!!! Eu achei o máximo da criatividade e do bom gosto.

Nas palavras de Manoela: “Apaixonados um pelo outro e pela literatura, uniram estes dois amores em uma noite super charmosa, de um jeito bem descontraído. O romantismo e o lirismo da cerimônia puderam ser sentidos já na lista de presentes. Entre os presentes sugeridos pelos noivos, muitos livros para a biblioteca do casal. Tudo aconteceu de uma forma muito intimista, com a cara deles. O making of da noiva foi feito no próprio apartamento do casal e reuniu mãe, amigas e madrinhas, que ganharam de Laura um mimo para marcar a data: um colar e uma carta. O noivo, que se casou de chapéu, também fez questão de prestigiar os amigos e deu a cada padrinho um soldadinho que ganhou de seus avós na infância e uma carta de agradecimento. Em seguida, brindaram o grande dia com o pai de Laura.”

Para completar meu deslumbre, a noiva é fã da minha predileta, Clarice Lispector e trechos de suas obras foram lidos na cerimônia. Ai, ai…

Tenho certeza que a ideia também vai cair no gosto da minha amiga Mariana, cujo bouquet de broches e as madrinhas de negro com casquetes coloridas também foi o máximo!

Bolo

Vejam alguns detalhes que a Manoela Cesar amou e eu também:

  • A ideia de casar entre os livros, claro, a irreverência e a intimidade que este ambiente trouxe para a celebração.
  • O bouquet da Laura e a lapela do Marcos, em papel, feitos com páginas de livros (Amei!!!);
  • Todos os acessórios da noiva, especialmente o sapato, vermelho de corações, ousado e irreverente, e o voillete.
  • O noivo relendo a dedicatória do livro que a então amiga Laura lhe deu, em 2006!
  • Os soldadinhos que eram os tesouros da infância de Marcos sendo entregues aos padrinhos;
  • Os noivos terem entrado juntos;
  • O bolo e o topo do bolo, que seguiram a ideia das páginas de livros como destaque (Também amei!!!);
  • Ter uma banda de Jazz (tive no meu casamento e super recomendo ter uma banda instrumental dançante em sua festa, agrada a todos!)

Sapato

Segue a lista de fornecedores do casal Laura e Marcos:  Fotografia e Video: Mario Lima Fotografia | Flores: Open House | Celebrante: Amigos da noiva | Cartola do noivo: Plas | Cabelo e make: Keyla Issobe | Buffet: Banqueting | Bolo: Maria Bolo | Buquê: Etsy – Charlene Rucker | Música de entrada: Amigo dos noivos (marcha nupcial para os padrinhos e Wave do Tom Jobim para os noivos) | Identidade visual: Convite Draft FCB (presente da Cultura) | Vestido de Noiva: Comprado On Linear :)| Sapato: Sarah Chofakian | Acessórios: Scarpelli e Família da noiva | Assessoria: Open House | Produtor musical: Fernando Montanha | DJ: Daniel Cohen  | Banda: Frigazz

Parabéns Manoela pelo blog lindo e aos noivos pela ideia genial e criativa!

Maquiagem e boas ideias

Posted in Estética e Beleza with tags , , , , , , , , , , , , , on fevereiro 27, 2012 by Psiquê

Na semana passada tive uma tarde deliciosa, com direito a compra de vários itens do meu kit de maquiagem: pincéis, sombras, brilos, pó, prime, blush, demaquilante de marcas deliciosas como Sephora, Bourjois, MAC…além de um bate papo superdez, com trocas de ideias e planos para 2012. Em breve teremos um bazar ‘supertransado’ com direito a maquiagem, roupas, sapatos, bolsas, acessórios, etc. Tudo de primeira e segunda mão, mas com muito bom gosto e criatividade. Fiquem atentas que  anunciaremos aqui no Espartilho. A data já está prevista: 01 de abril.

Eu que sou apaixonada por uma maquiagem bem feita, busquei alguns tutoriais, ensinando a maquiar. Minha preferência é por olhos bem maquiados, que espero um dia saber fazer direitinho.

Vejam algumas ideias:

Makeupatelier Tutoriais

Makeup Geek Tutorials

O truque dos cílios volumosos – Juliana Góes

Outros tutoriais com Juliana Góes

Makeup Tutorial – The Classic Pin-up Girl

Unhas Louboutin

Posted in Curiosidades, Estética e Beleza with tags , , , , , , , , , , , , on agosto 4, 2010 by Psiquê

 

UNHAS LOUBOUTIN

Ainda não experimentei, mas achei lindas!!! A inspiração surgiu dos sapatos do estilista Christian Louboutin cujas solas são vermelho sangue. Quem inventou foi a manicure Zoe Pocock, do salão Charles Worthington, em Londres, criou o ‘Louboutin Manicure’.

A unha tem uma cor por cima e outra por baixo. As mais bonitas que já vi até agora são pintadas de preto com vermelho. Há quem tenha postado até um passo a passo, como o blog Unha Bonita. Um observação importante para esse tipo de pintura, é que elas só ficam bonitas realmente quando a unha está bastante comprida. Há versões em unhas mais curtas, mas que não ficaram tão belas.

Quem mais já falou o assunto:

Quero ficar bonita

Marie Madame

Esmaltes da Kika

GNT Estilo

Plugadas

Coco Chanel

Posted in Comportamento, Moda with tags , , , , , , , , , , , , , , , , on julho 27, 2010 by Psiquê

Pode parecer contraditório, mas tenho verdadeira paixão pelas tendências da década de 20. As roupas elegantes, sensuais e confortáveis, os chapéus, os sapatos, os cortes curtos e chanel, ai, ai!

Apesar de se chamar Espartilho, o nosso espaço aqui, é voltado para o universo feminino em geral, prezando por seu conforto, bem estar e elegância.

E… como não poderia deixar de ser… o Espartilho quer dar destaque hoje à Coco Chanel, uma mulher que resumiu o espírito de luta que nós mulheres profissionais desejamos e que construiu – sem medo da ralação – uma carreira brilhante e de sucesso, a despeito daqueles que a criticavam por não entender os novos tempos que começavam.

“Eu criei um estilo para um mundo inteiro.
Vê-se em todas as lojas “estilo Chanel”. Não há nada que se assemelhe. Sou escrava do meu estilo. Um estilo não sai da moda; Chanel não sai da moda.”
Coco Chanel

Na semana passada comprei o filme Coco antes de Chanel, com Audrey Tautou e a mini série da GNT Coco Chanel com  Shirley MacLaine. O primeiro dirigido por Anne Fontaine, é muito romântico e um tanto quanto raso, o que culminou no desperdício da história de personagem tão fascinante. “Ela optou por mostrar, na tela, apenas o lado heroico da estilista, ignorando a complexidade da mulher que revolucionou a moda”.  Já a mini série é mais completa e além da infância pobre e sofrida e dos amores de Chanel, conta com mais detalhes parte de sua trajetória profissional.

Coco Chanel não estava apenas à frente de seu tempo. Ela estava à frente de si mesma. Se olharmos para o trabalho de estilistas contemporâneos, veremos que muitas de suas estratégias ecoam o que Chanel já fez. Há 75 anos ela fez uma mistura do vocabulário de roupas femininas e masculinas e criou uma moda que deu ao usuário um sentimento de luxo íntimo, em lugar da ostentação.” Definiu, a jornalista Ingrid Sischy, o trabalho de Coco Chanel para a revista norte-americana “Time”.

Um pouco da sua história:

Gabrielle Bonheur Chanel nasceu numa família pobre. Sua mãe morreu quando ela tinha seis anos, deixando-a com seus irmãos aos cuidados do pai. No período entre 1905 e 1908 adotou o nome de Coco, durante uma breve carreira de cantora de café-concerto.

Envolvendo-se primeiro com um rico militar, Etienne Balsan, e depois com um industrial inglês Arthur Boy Capel, Coco Chanel conseguiu recursos para abrir uma pequena chapelaria, em 1910. Depois abriu mais duas filiais, em Biarritz e em Deauville. Seus dois protetores também a ajudaram a conseguir clientes, homens e mulheres, que passaram a freqüentar sua loja. Suas criações logo caíram no gosto do público e seus negócios se expandiram para o ramo da moda.

Nos anos 1920, Chanel já era uma designer influente. Começou a desenhar roupas confortáveis, com tecidos fluidos, peças emprestadas do guarda-roupa masculino e saias mais curtas, em contraste com a silhueta feminina rígida da época. Em 1922 criou o famoso perfume Chanel n° 5, que alavancou seus negócios e se tornou legendário.

Exilada depois da Segunda Guerra Mundial, em 1954, Chanel voltou a Paris e retomou seus negócios na alta costura.

Sua carreira teve um renascimento nos anos 1950. O cárdigã, o vestido preto, as pérolas tornaram-se marca registrada do estilo Chanel. A marca Chanel acabou tornando-se um grande império, que inclui bolsas, sapatos, jóias, acessórios e perfumes. Em 1971, ano de sua morte, aos 87 anos, Coco Chanel ainda trabalhava ativamente, desenhando uma nova coleção.  (Veja mais)

Para saber mais sobre a marca Chanel, clique aqui

Quem mais falou sobre o tema:

Revista Bravo

Feminism Gender

Mademoiselle Chanel

Cor de Cravo

Biografia

Luxury & Lust

Fe Ronconi